Até 2008!


Pessoal, estou parando por aqui.

Quero agradecer, muito mesmo, pelo ibope deste ano, pelos recordes que o blog recebeu, pelo reconhecimento e pelas criticas, desde que educadas e construtivas.

Eu deveria escrever até dia 28, mas eu não consigo mais. Sinceramente, os textos não saem, eu não consigo mais fazer porque meu limite tá apitando. Preciso de férias, coisa que não tenho há alguns anos, e vou aproveitar este natal pra trabalhar da praia e o ano novo pra descansar 5 dias. Pra fazer mal feito, prefiro parar uns dias antes.

Enfim, obrigado a nação tricolor pelo reconhecimento e a nação rubro-negra pelo carinho. Aos demais torcedores que visitam o blog e entendem que falo mais destes times por questões de dia-a-dia, muito obrigado também. Vocês sabem o quanto eu respeito e brigo para que respeitem todos os clubes do país.

Foi um grande ano pra mim, tenho certeza que 2008 será ainda melhor. O Blog terá novidades, a ET idem, assim como um novo site que vou lançar em janeiro, também sobre futebol.

O F1 na WEB continuará sem minha dedicação por questão de escolha. Eu não consigo cuidar de tudo, e vou continuar com ele lá, mas... sem minha presença no dia-a-dia.

Enfim, pra encurtar a história, um feliz natal, um puta ano de 2008 pra todos vocês, muito obrigado por tudo, pelo carinho, pelos emails, pelos comentários (leio todos), pelos presentes que cheguei a receber este ano, enfim... por tudo mesmo.

Valeu galera! Em janeiro eu volto, cheio de novidades!

Vou deixar aqui o orkut que fiz pra vocês, assim eu consigo avisa-los quando voltar o blog. Quem não tiver orkut, pode voltar lá pro dia 7 que estaremos por aqui.
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=5824389099498839841

Em especial, um alô pra os leitores da ET, pra galera da comunidade do Flamengo no orkut que vive comentanto meus posts por lá e, claro, pros leitores diários do blog.

Um grande 2008 pra todos!

Especialmente pra vocês... SPFC, Flamengo e Mocidade de Padre Miguel.

abs,
RicaPerrone

Aos grupos
 

Grupo 1
San Lorenzo (ARG)
Real Potosí (BOL)
Caracas (VEN)
Cruzeiro (BRA) ou Cerro Porteño (PAR)

O San Lorenzo e o Cruzeiro devem passar sem problemas. Quero ver se a FIFA vai deixar o Potosí jogar naquele estádio sem ar deles em 2008.

Grupo 2
Estudiantes (ARG)
Danubio (URU)
Deportivo Cuenca (EQU)
Lanús (ARG) ou Olmedo (EQU)

Lanús e Estudiantes são favoritos. Mas o grupo é até equilibrado. 

Grupo 3
Boca Juniors (ARG)
Colo Colo (CHI)
Unión Maracaibo (VEN)
México 3 ou Bolívia 3

O México 3 pode complicar, já que o Colo Colo, por tradição, complicará o Boca. Mas o Boca passa, fácil.

Grupo 4
Flamengo (BRA)
Nacional (URU)
Coronel Bolognesi (PER)
Cienciano (PER) ou Montevideo Wanderers (URU)

Tá em casa, né Mengão? Só o Nacional lá que deve complicar, o resto passa tranquilo.

Grupo 5
River Plate (ARG)
Chile 2
San Martín (PER)
México 2

Comentário do Rica 3 (assim que tiver grupo)rs

Grupo 6
Santos (BRA)
San José (BOL)
Colombia 2
Chivas (MEX)

Nada mole, hein? Altitude, Chivas... um colombiano.... sei não.

Grupo 7
São Paulo (BRA)
Sportivo Luqueño (PAR)
Atlético Nacional (COL)
Audax Italiano (CHI) ou Colômbia 3

Moleza! Pode jogar com o time B se quiser.

Grupo 8
Fluminense
Libertad (PAR)
LDU (EQU)
Arsenal (ARG) ou Mineros (VEN)

Vai Unimed. Contrata mesmo! Vai precisar.

abs,
RicaPerrone

Dentre os grandes, és o primeiro


Adriano, jogador da seleção brasileira de futebol, titular na última copa, ídolo na Italia, um dos maiores salários do futebol e dono de um futebol acima da média internacional jogará no São Paulo por 6 meses.

Não é um anuncio de uma contratação, mas sim de um empréstimo. Mas é, sem dúvida alguma, a maior notícia do mercado da bola dos últimos meses. O que falarão hj na europa toda? Do São Paulo. E a cada gol do cara, quem vira manchete e que patrocinador aparece na Itália? O do SPFC.

A contratação deste jogador, baseado em sua estrutura e seriedade, dá ao SPFC um certificado de grandeza muito valioso. O mapa do futebol no mundo passa por São Paulo, e a culpa disso hoje é 90% do Tricolor.

Dizem que ele fica ate o primeiro jogo da final, mas eu duvido. Não seriamos tão tolos de assinar isso por causa de 2 dias de diferença.

O maior clube das Américas agora terá, sem dúvida, o maior jogador das Américas. Pelo menos o mais caro e mais famoso.

Se o SPFC pensou que 2008 seria um ano complicado, deu "sorte" de arrumar tudo com essa contratação. Virou favorito, sem dúvida.

Sorte? Claro que não. O Reffis, Cotia, a estrutura, a base e o planejamento não são sorte. Sorte é do futebol brasileiro de ter um SPFC no meio deste monte de porcaria que dirige o nosso futebol.

Sorte de vocês, palmeirenses, corintianos, rubro-negros, colorados... pois o nosso futebol valerá muito mais por 6 meses em virtude da competencia e do planejamento do SPFC.

Tem que se render, pois o SPFC não trouxe um jogador deste nível por grana, nem parceria. Trouxe por COMPETENCIA ADMINISTRATIVA.

Será que deu pra a maioria aprender ou amanhã vao continuar "Euricando" regras ao invés de construir um CT e uma base?

Viva o Imperador! Viva o SPFC! E viva o favorito a tudo em 2008!

abs,
RicaPerrone

Notinhas de hoje


- To falando que esse negócio do Acosta tá estranho ainda...
http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/0,,MUL229688-4274,00.html

- O Cruzeiro, campeão da Copinha, é agora campeão Brasileiro sub-20.  To começando a entender porque o Cruzeiro não está correndo muito pra contratar...

- Não é possível.... O Marques está voltando pro Galo. Só falta o Valdir e amanhã a Lusa anunciar o Candinho. Aí sim, tudo em casa.

- Estive lendo por aí... assim como disse outro dia, mudou rapido a opinião dos palmeirenses sobre o Luxa ne? Os que odiavam pela queda sumiram, e todos os amam. Será assim quando ele for pro SPFC um dia. O cara é bão demais... tem que comemorar mesmo. Esse ano, eu que moro do lado, vou até aproveitar pra ver lá alguns joguinhos do Verdão. Afinal, o time do Luxa dá gosto ver jogar, normalmente.

- Hoje tem sorteio da Libertadores. Quem será que fica no "grupo da morte"? Perrone de Ogum? Então lá vai... quem "se ferra" é o ... deixa eu pensar.... Santos!

- Denilson disse que gostaria de encerrar a carreira no SPFC. Eu também gostaria, viu Denilson? Mas... pelo que ouvi ontem, tu só joga lá se mudar a diretoria.

- Tadeu é do Grêmio! Boa sorte, irmão! E aprende a jogar winning eleven também, porque você foge do pau há 2 anos. rs

- Sabe onde o Timão vai jogar a série B e o Paulistão? No Morumbi... 

- Cuenca, goleiro do Arsenal-ARG, está pertinho do Bota. Deve fechar hoje.

- Enfim, semana bem agitada né?  Até porque, de sábado em diante, ninguém mais tem notícia, porque até dirigente entra em férias. rs

abs,
RicaPerrone

Notícias Tricolores


Atenção, segue listinha de notícias levantas há instantes com fontes extremamente confiáveis e da diretoria do clube, algumas delas vindas do Jesus Lopes diretamente comigo no telefone, sem terceiros e sem diz que me diz.

- Adriano negocia, o SPFC não paga mais do que o teto e ponto final. Se quiser vir, a Inter que o libere e o jogador que se entenda dentro dos salários que o SPFC pode pagar. Ou seja, aqueola coisa de pagar os 500 paus pelo cara, está praticamente descartada, graças a Deus. Mas existe, e é boa, a chance dele vir.

- Roger, ex-Corinthians, Flu e Fla, interessou, chegou a ter tudo certo ha 2 anos, e agora não interessa mais.

- Jadson, Rivaldo, Gallardo e Giovanni, sem chances.

- Acosta (que foi pro Corinthians hoje), Diego Souza, Leonardo lateral da Lusa, Fabio Santos sim, tem (tinham no caso do Acosta) chances e negociam.

- Tardelli deve ser vendido muito em breve, e pra fora do país.

- Jesus Lopes me disse que não sabe do Fabinho, mas que ele pode estar negociando com o Leco ou outro, ou seja, não confirma, nem desmente.

- Valdivia, foi mentira e das grossas.

- Betão, não jogará no SPFC, segundo Jesus Lopes.

- Denilson não voltará ao Morumbi por ter tido problemas de comportamento quando lá treinou há 2 anos.

-França interessou e quase fechou há cerca de 1 ano, informação que eu cansei de dar na rádio. Mas, por irresponsabilidades e detalhes, não veio. Agora, não vem mais.

- Aislan deve subir pro profissional mesmo após a Copinha.

- A manchete do Lance! de hoje irritou gente no SPFC, pois o Adriano não fechou, e se não fechar, que leu cobrará o clube esperando algo que na cabeça deles é real, e não é ainda.

- O SPFC contratará jogadores, novamente, com o campeonato em andamento. Fica mais barato e sem concorrencia.

- Existe um meia a caminho do Morumbi, que a imprensa não sabe e nem saberá até que feche. Jesus Lopes não me contou nem com a tortura que eu fiz com ele no telefone pra soltar. rs

- Cicinho quer voltar, mas não voltará se ele mesmo não resolver como fazer isso com o Real Madrid. O SPFC disse que não se meterá.  (Respondendo ao comentario do amigo, ele é do Real, e está emprestado ao Roma, segundo me informou o SPFC)

Enfim, reforçando: Algumas das informações são do Jesus Lopes, outras de outros dirigentes, mas está tudo ai.

Abs,
RicaPerrone

Um dos possíveis nomes do SPFC


Eis um dos possíveis nomes que o SPFC negocia para 2008.

Fabinho, ex-Corinthians e Santos.

Ele está no Tolouse da França e pode voltar ao Brasil exatamente para o Tricolor.

Não sei como ele está, nem a que pé anda a negociação, mas há o interesse e quem me contou é da família do jogador, não alguém da imprensa, nem do SPFC.

Pela riqueza dos detalhes, me pareceu bem real o contato.

abs,
RicaPerrone

Rapido e seco

- Está sem luz aqui hoje, logo, serei breve.

-  O Palmeiras contratou Luxemburgo e, no meu entender, fechando com a parceira que oferece 40 milhões em investimentos, sendo orientados pelo Luxa, a chance do Verdão voltar a ser um bicho papão em 2 anos é grande. E faço votos para que consiga.

- Acosta no Corinthians, é um belo reforço. Tem cara de série B, porque briga, joga em 2 posições e vai cair nas graças da Fiel.

- O Flu quer Fred, e eu juro que não sei de onde tá saindo tanto dinheiro.

- Adriano está mesmo perto de vir. O SPFC só vai optar entre pagar por ele ou pagar por vários.

- Há uma conversa entre SPFC e Edmilson, do Barça. Mas, salários e também outros detalhes deixam a coisa meio distante ainda.

- O Flu quer Felipe, que fala por empresários, e que me convence ser um baita goleiro e um cidadão bem complicado a cada dia. Se os caras o representam, quem diz é o Felipe, não os empresários.

- Ouvi hoje que o Palmeiras contratará um grande jogador que atua no Santos, com Luxa. Maldonado ou Kleber me vieram a cabeça.

abs,
RicaPerrone

Endende a diferença?


Sabe quando eu brigo com leitor aqui e digo que voces, torcedores, generalizam e não sabem diferenciar comentarista, reporter e apresentador?

Que a maioria de vocês confunde informação de negociação com acerto? Que tem que separar quem da imprensa diz "fechou" e quem diz "está fechando"?

Então, aqui um exemplo claro do que me refiro: http://www.lancenet.com.br/noticias/07-12-18/208836.stm

Manchete MENTIROSA, e notícia correta. Mas, que amanhã cabe uma critica do torcedor se não vier, pois a manchete mente.

Pena que a maioria dos torcedores não consegue notar que alguns dizem que há negociação e que, apenas alguns, dizem que fechou quando ainda se negocia.

E todos os fatos dessa história, que incluem salários principalmente, foram colocados neste blog ontem de forma bem transparente, e sem confirmação de acerto.

Tudo isso é feito para se correr o risco de ter o prazer de dizer que, antes de confirmarem oficialmente, o jornal tal já havia confirmado. Como se mudasse em algo na credibilidade de quem informa dizer "está perto de fechar" e "está fechado".

E pensar que um dia, semanas depois da capa do Lance! ser "Que time é teu?" com o Richarlyson na capa, alguem de lá veio me dizer que a forma de cobrir o SPFC da ET, ou seja, segurando algumas coisas que possam prejudicar o clube, não é jornalistica. Pois jornalismo sério é feito só com verdades e fatos bem apurados...  Prefiro o nosso, sorry.

abs,
RicaPerrone

Cariocas na frente


Por enquanto, Flamengo e Fluminense sairam na frente nas contratações para 2008.

O Mengão contratou Rodrigo, zagueirão ex-SPFC, e Marcinho, ex-Atletico (foto). Jonatas está bem perto também, e Kleberson ja havia fechado em novembro. 

O Flu anuncia Washington e Leandro Amaral.  Além destes, Léo e Falcão, do River, são esperados.

O Bota, que perdeu muitos jogadores, já começa a repor com laterais e zagueiros sem grande barulho. Mas vai ter que correr pra arrumar gente pra substituir os que sairam.

O Vasco já tem alguns jogadores, nenhum grande nome. Talvez seja o carioca mais atrasado dos 4.

Enfim, enquanto Santos, Palmeiras disputam treinador, o Corinthians contrata alguns jogadores razoáveis e o SPFC espera Adriano, os cariocas preparam um ano de 2008, no mínimo, cheio de esperanças.

Ah, e diga-se: Tão sugerindo o Diogo da Lusa pra todo lado. Eu vi muitos jogos da Portuguesa esse ano e posso dizer que, apesar de ser bom, o Diogo não é o craque do time. O craque se chama Leonardo, e joga na lateral esquerda, conforme até comentei neste blog quando fui ao Canindé ver Lusa 3x1 Coxa. E não deve ser caro.

abs,
RicaPerrone

O imperador ou ...


O Tricolor tem um problema. A vinda de Adriano está atrasando sua negociação com reforços em virtude do óbvio: Salários.

Se vier, talvez o SPFC tenha que desembolsar algo em torno de 400 ou 500 mil por mes até julho.  Isso acontecendo, não haverá investimento em outros jogadores de alto nível, como era planejado.

Continha basica: Era pra comprar um atacante de 200, um meia de 200 e mais dois reforços de uns 70 paus. Se o Adriano realmente comer essa fatia do bolo, segundo conselheiros, fica complicado investir nos outros.

Ou seja, dependendo do acordo com a Inter, o SPFC contrata bem ou não. E existe, mesmo que sem ser grande, a chance de Adriano vir com a Inter bancando o salário quase todo. Aí sim.

E agora? Torce pra ele vir ou seca?

abs,
RicaPerrone

Se fosse eu?



Vários e-mails (e agora comentários) me perguntam o que eu contrataria pro SPFC em 2008.

Simples, acho que a zaga é forte. Acho que falta um volante pro banco, que seria o Renan. Acho que um lateral direito a mais, que pode ser reserva do Joilson, ou dependendo da copinha, o Jackson mesmo.

E "pra resolver", eu faria o simples: Renato, ex-Flamengo, na meia, e Fernandão na frente/meia.

Ou alguém duvida que Rogério, Joilson, Alex, Miranda, André Dias, J. Wagner, Hernanes, Renato, Fernandao, Dagoberto e Aloísio dariam trabalho pra qualquer time?

Ah, mas cade o Richarlyson? Se tiver que colocar o Renato, eu tiraria ele. E o Fernandão, que no Inter atua na função que o Raí fazia no SPFC, um meia quase atacante bem centralizado, que recebe as bolas do goleiro pra dividir e já volta pra área pra concluir, jogaria como o meia ofensivo.

Sonhar é de graça, e os jogadores citados não são irreais.

Agora, se o Adriano ficar, acho que o Renato basta. Mas considero ele o "meia" ideal pro time. Chuta, marca, corre, se dedica, bate falta, marca gols de longe, tem bom passe. Não é driblador, mas... tem tamanho, tem perfil de Libertadores. Eu investiria.

E voce?

abs,
RicaPerrone

Qual o critério II?

 

A FIFA divulgou o Ranking hoje.  Justo, bem claro, igualzinho o Mundial de 2000, que ela insiste em colocar acima dos campeões anteriores, que tem 3x mais méritos do que o de 2000.

O que a Argentina fez pra ser líder? E a Espanha?
Santo Deus, alguém me diga: O que é a Rep. Tcheca?

Definitivamente, a FIFA vê futebol por uma emissora de Tv que não tem na minha tv a cabo...

   Argentina  1.523 pontos
   Brasil  1.502 pontos
 3º  Itália  1.498 pontos
 4º  Espanha  1.349 pontos
 5º  Alemanha  1.298 pontos
 6º  República Tcheca  1.290 pontos
 7º  França  1.243 pontos
 8º  Portugal  1.241 pontos
 9º  Holanda  1.170 pontos
 10º  Croácia  1.129 pontos
 11º  Grécia  1.114 pontos
 12º  Inglaterra  1.113 pontos
 13º  Romênia  1.088 pontos
 14º  Escócia  990 pontos
 15º  México  982 pontos
 16º  Turquia  924 pontos
 17º  Colômbia  907 pontos
 18º  Bulgária  881 pontos
 19º  Estados Unidos  876 pontos
 20º  Nigéria  875 pontos
Qual o critério?


O Santos perde Luxemburgo e contrata Leão.

O treinador que está por ai em times grandes há 20 anos, conquistou poucos titulos, arrumou problemas em todos os lugares, contratou perebas e deixou nos times, ganha um absurdo, fala mais do que a boca, péssimo pro mkt do clube, péssimo de relacionamento com a mídia e odiado por 80% dos jogadores.

Deu certo no Santos em 2002, porque time de moleque não costuma derrubar treinador famoso. Mas, em 2008, o Santos não tem 11 meninos.

Leão é o último treinador que eu contrataria na minha vida se fosse presidente de um clube.

Ele não é ruim, pelo contrário, entende de futebol. Mas faz tão mal feito o processo que acaba se perdendo em meio a brigas com arbitros, dirigentes, imprensa, jogadores, etc.

Um cara dificil, que chega com moral, porque é o Santos. Se fosse outro clube não chegaria.

Não era mais fácil buscar um cara menos problematico já que gastaram tanto? Ou tentar num dos novatos, enfim?

Leão, de novo?

A imprensa tá adorando, porque com ele em time grande tem polemica e briga toda semana pra discutir. O show começa hoje, onde na coletiva ele deve cutucar alguém e também menosprezar mais alguma coisa. Afinal, é o Leão.

abs,
RicaPerrone

Adriano mais perto


Talvez por influencia do médico, talvez por ver o jogador feliz aqui. Fato é que a diretoria da Inter está titubiando na decisão de ter Adriano de volta em janeiro.

Gilmar Rinaldi corre, liga, tenta de tudo pra que ele fique. Ele, claro, quer ficar. O SPFC, nem se fala.

O que ouvi hoje me animou: "Cara, a Inter dizia não. Desta vez disseram 'sei la'".

Será? Acho que até sexta tem o presentão de natal pra torcida Tricolor. E diria que não é só o Adriano, porque tem meia chegando também, mas esse eu não sei mesmo o nome. Ouço, mas não sei se acredito: JAdson, Rivaldo, Giovanni (ex-santos), Danilo e Gallardo.

Acho que o nome não tá nessa lista, mas... vai saber?

Abs,
RicaPerrone

Comentários abertos, para esclarecer


Em virtude do enorme número de novos leitores do blog, minha caixa de e-mail vive cheia com gente perguntando porque no meu blog não tem comentários.

Então, abri, sem censura. 
Em 5 dias eles entenderão. rs

abs,
RicaPerrone

FIFA prepara o terreno


A Fifa disse ontem que não vale o Mundial de 51 do Palmeiras. E aproveitou pra dizer que o primeiro campeão mundial foi o Corinthians, em 2000.

Depois dela mesma questionar aquele titulo, agora ela confirma. Os motivos? Simples.

- Todo corintiano lúcido sabe que aquele titulo não vale metade do que os demais.
- A FIFA quer colocar convidados no Mundial, logo, não tem porque invalidar o "Convitão 2000"
- Se ela fez, ela tem que assinar...
- O Corinthians campeão do mundo é de interesse da CBF, claro.
- Preparam-se: Em breve o Mundial será disputado entre 3 europeus, 3 sulamericanos e o resto. Vai ter vaga pra campeão da Sulamericana, Uefa, Recopa, etc. Aí, vai ficar mais dificil ganhar, e menos justo pra quem levou o continental pra estar lá.

Como sempre digo, meu maior prazer não é ver meu time campeão, mas sim merecedor dos títulos que conquista.

Mas, cada um cada um né....

abs,
RicaPerrone

Camisa comemorativa do Flu

Bem legal! Vou comprar pra guardar.

abs,
RicaPerrone

O primeiro tetra

O Milan não deu nem chance pro pobrezinho do Boca, que sem Riquelme, como venho dizendo desde julho, não é muita coisa.

Goleada, sem contestação, com show de Kaká.  O melhor do mundo em 2007, indiscutível. Aquela velha discussão de quem é craque, quem não é craque vai continuar, porque cada um ve o termo craque de uma forma. Mas, o jogador mais importante e produtivo de 2007, sem dúvida, foi o Kaká.

Importante que em 2007 ele jogou bem nas duas finais que disputou, afundando sua imagem de pipoqueiro que alguns, inclusive eu, ainda tinham dele. Já que lá na frente ele resolveu em 2 finais, talvez na seleção fosse o caso adianta-lo.

Claro, na seleção ele e o Ronaldinho devem ainda, principalmente ele, porque o Gaúcho ainda jogou alguma coisa em 2002. Mas, aguardemos. Ele tem mais 2 ou 3 Copas pra apagar 2006.

Sobre o jogo, o simples: O Boca corre, toca bem a bola e bate pra cacete. Adoro quando argentino diz: "É cultural", assim como eles justificam o racismo. Pena, né? Cultural aqui é jogar bola e ganhar títulos, e como tinha muito brasileiro do outro lado, nabo neles!

Um time que tem Kaká e Seedorf tende a ser, no mínimo, objetivo. Os dois sao modernos ao extremo, jogam o futebol atual. Correm, chutam, passam, pensam e são aplicados. Não precisa mais do que isso hoje em dia.

Enfim, o Milan é o primeiro tetra do mundo. Tirando a patacoada de 2000, o Brasil tem 8 titulos.

Amanhã Kaká será o melhor do mundo, e merece. Em julho de 2008 ele vira Deus, ou... volta a ser pipoqueiro, se não voar nas Olimpiadas.

É o futebol, injusto e apaixonante. E em alguns casos, como hoje, ainda fazendo com que vença o melhor.

abs,
RicaPerrone

Contundido

 
Pessoal, o blog não será atualizado hoje e provavelmente amanhã também não.

Eu passei por uma pequena cirurgia hoje cedo e não to muito em condições de fazer isso.

Valeu?!?

Domingo eu to de volta, espero. rs

abs,
RicaPerrone

Luxemburgo - Herói e bandido

Luxemburgo chega, e todos comemoram.
Luxemburgo ganha, e todos o endeusam.
Luxemburgo causa polemica, e todos o rotulam de empresário e mau caráter.
Luxemburgo fica, é um amante do clube.
Luxemburgo sai, é um canalha.

Luxemburgo é a figura mais notável e importante do futebol brasileiro. Seria quase que um "Edmundo em boa fase" fora do campo, pois todo mundo queria ter, e quem não tem, diz que odeia.

Mas diz que odeia até ele chegar, pois quando chega e trabalha, em 90% dos casos, cala a boca de quem critica.

Dizem que ele vende jogador, e eu não posso me basear nisso pois não sei e nem tenho como saber. Dizem que ele quer mandar no clube, e em alguns casos, o torcedor devia dar graças a Deus.

Dizem que ele não serve pro SPFC. É... talvez. Ele serve pra todos, menos pro SPFC. Repito sempre: Isso acaba quando ele chegar, e um dia, garanto, chegará.

O cidadão é um dos raros treinadores que tenta fazer seu time jogar futebol com a bola nos pés neste país. Dá treino tático ofensivo, não apenas defensivo como a maioria.

É, sem sombra de dúvidas, o treinador que revolucionou tudo e que deu aos demais tudo que eles tem de valorização e salários hoje em dia. Se não fosse ele, talvez o nível ainda seria dos que dizem "pobrema" na TV e não sabem nem dizer o nome de seus jogadores.

Luxemburgo trouxe a tecnologia ao futebol brasileiro, e foi copiado por quase todos. O terno é uma forma de deixar ainda mais profissional o primeiro treinador de futebol PROFISSIONAL que o Brasil teve. E quando digo profissional, talvez a enorme maioria não faça idéia do que seja. Talvez, para muitos, vestir um agasalho e dar treino é ser profissional.

Ele saiu do Santos e será ofendido pelos santistas. Mas os palmeirenses, que outro dia o culpavam pela queda, agora juram amor ao treinador. Porque? Ele não era um traidor?

Me digam uma coisa: Quando vence o contrato dele na Vila? Não é dia 31? Então que trairagem há nele sair se cumpriu até o fim?

Ah, dizem que ele ajudou a reeleição do Teixeira. Sim, mas eu sempre ouvi ele dizer que, SE O TEIXEIRA GANHASSE, ele sentaria pra discutir. Sentou, não deu, Adeus.

Discutir o Luxemburgo como treinador e seus títulos é discutir os gols do Romário. Quem não gosta de resultado vá assistir campeonato de masters, onde o bonito é ver chapéu. Luxa vence, sempre venceu.

Agora ele vai pra Europa, ou talvez pra outro time brasileiro. Amanhã ele faz o time ter mais jogadores, porque os caras adoram trabalhar com ele. Depois ele ganha títulos, e dizem que é por ter time. Depois ele sai, e dizem que foi canalha e que vende jogador.

Mas, depois de amanhã, tenham absoluta certeza, ele chega no seu time, e aí você vai aplaudir loucamente o fato de ter o melhor treinador do país, e quem sabe do mundo, dirigindo seu time.

Herói, bandido... seja o que for. Luxemburgo é sempre centro das atenções.

E continuará sendo, com 500 mil por mes de salários, ganhando titulos, gerando ódio e paixão, indo e voltando, mas sempre como o grande nome.

Eu admiro vencedores, logo, admiro Luxemburgo.

Adoraria ve-lo no SPFC, principalmente por ser a única torcida de SP que não teve este prazer ainda. E quando tiver, aposto o que for, vão mudar muitos conceitos até em relação a ídolos anteriores...

Voces não devem estar entendendo porque a mídia adora tanto o cara, né? Vou tentar explicar:
Procure 5 jogadores de alto nível intelectual e mais 5 cabecas de bagre que rodaram times no mundo e pergunte pra eles: Qual foi o melhor treinador que você trabalhou?

Ouça a resposta, em off, sem microfone, e depois procure entender o que nós, jornalistas, ouvimos todos os dias dos jogadores com os quais ele trabalha.

Só pra vocês terem idéia, eu conheço 6 jogadores que trabalharam com Tele e Luxemburgo. Perguntei pra 4 deles quem era melhor. Ouvi dos 4 que, sem discussão, o Luxemburgo era "muito" mais treinador que o mestre. E nenhum dos 4 é analfabeto...

Se é, não sei. Mas, se eu não acreditar no que dizem os que conhecem, vou acreditar no que?

A gente respeita o Luxemburgo exageradamente porque o que se diz dele por aí é fora do padrão, inclusive de alguns colegas, como Caio Jr, que diz ter que preparar seu time pra 4 surpresas pois nunca sabe o que o homem vai inventar. Enfim, quem faz a fama do Luxemburgo não é a imprensa, mas sim os profissionais que trabalham com ele.

Quem sou eu pra discutir?

Resuminho:
Uma Copa América
Um pré-Olimpico
Cinco Brasileiros
Nove estaduais
Dois inter-estaduais
Uma Copa do Brasil

Pega o dos outros que estão aí nos mesmos 20 anos trabalhando e compara... não dá nem pra brincar.

Abs,
RicaPerrone

Velhos hábitos e novos resultados


Ontem comentei algo sobre jogar botão no blog. Depois fiquei com isso na cabeça, deu saudades. Bom, como eu moro sozinho mesmo, comprei hoje a mesa oficial e peguei meus velhos botões de volta na casa do pai.

Ele não sabia, e eu o chamei aqui pra contar uma coisa. Era surpresa, afinal, quando eu era moleque eu jogava com ele todo dia, e ganhava quase sempre. (juro!)

Ele chegou, riu pra cacete quando viu o campo (foto) e fomos jogar.

Gremio x SPFC, e deixei ele com o nosso tricolor paulista.

Daí ele foi chutando de longe né... e eu ali, tentando lembrar. E foi fazendo gol, e eu ali, errando.

Bom, 10 x 1 pro cara.

Claro, zebras acontecem. Mas também, não precisava humilhar o próprio filho num dia de alegria. rs

Enfim, fui humilhado. Mas em breve vou treinar e jogar uma partidinha com o Murro, e colocarei vídeos desse duelo aqui no blog. Aí verão que meu companheiro de rádio nào guenta comigo, e que meu pai só venceu, claro, porque é meu pai.

abs,
RicaPerrone

Valdívia???


Boatos: Valdívia acertou com o SPFC e deve se apresentar em breve.

Juro, não acredito.

O SPFC não compra jogador, e não compraria um que vive suspenso, custa caro, joga no rival e tem proposta da Europa. Não faz sentido.

Claro que é bom jogador e iria bem.

Mas calma lá! O Muricy e a direção não vivem falando que os contratados tem que ter "cara de Libertadores", ou seja, fortes, altos, que dividem bola, ganham de cabeça, etc? Um time que joga no 352 não poderia, nesta teoria, ter um meia só sendo que ele cai mais do que fica em pé. Não é muito coerente, apesar de ser muito bom jogador.

Enfim, se for pra gastar uma nota e COMPRAR o Valdívia, eu prefiro gastar 500 mil e comprar o Roger. É mais fácil coloca-lo na linha dentro do grupo do que gastar milhões no Valdívia.

Não acredito, pra mim é mentira.

abs,
RicaPerrone

O tal "futebol" japonês


Milan 1x0 Urawa. Grande novidade...

Não me surpreende o Kaká dar um passe, o Pirlo tentar 200 chutes, o Milan vencer e os japoneses perderem.

Nem vai me surpreender se este time ganhar do Sahel e ficar em terceiro.

O que me surpreende é que a cultura japonesa não se adapta ao futebol, ou vice-versa. Os caras continuam certinhos, continuam aplicados ao extremo, deixando a criatividade de lado em virtude de obedecer, obedecer, obedecer...

Puta time chato! Não faz nada diferente. É notável, pois acontecia o tempo todo. A bola com alguém na ponta, dois pra receber sem marcação e o que ele faz? Cruza, porque é assim que mandaram.

Correm, porque só sabem isso. Faz 200 anos que o Zico foi pra lá, e a coisa melhorou muito. Mas está longe demais de ser algo produtivo.

O que espanta é que um time assim segura um Milan, ou seja, hoje o futebol é defensivo e tático ao extremo.

A FIFA está perdida pra fazer o que quer com o Mundial: Chamar atenção.

Aposto: Vao enfiar campeão da Uefa, da Sulamericana e deixar os campeões continentais só pra jogar as semifinais. Discordo, mas... farão algo assim.

Enfim, a final entre o europeu e o sulamericano, mostrando o óbvio.

Daqui pra frente...  óbvio que o Milan tem mais time, mas também é óbvio que o Boca se dedica muito mais e pipoca muito menos em jogos assim. Vai ser um jogão, porque finalmente 2 times que sabem jogar futebol jogarão no Mundial 2007.

abs,
RicaPerrone

Forever


Eu tinha 15 anos. Meus pais haviam se separado há pouco tempo e eu, que morava com meu pai, passava férias na casa da minha mãe. Naquele dia eu me lembro de não ter dormido, pois ninguém aguentava a espera. 

Arrumei meu quarto todo com as cores do time, bandeiras, tudo que era possível. Já rebelde, naquela época eu não obedecia ninguém e fazia as coisas sem perguntar muito se podia. Era madrugada, bem tarde, e eu acordei todas as pessoas do bairro quando Muller fez o gol no final. Eu chorava, mas chorava muito!

Eu juraria que o SPFC não faria de novo o mesmo que em 92, pois só o Pelé tinha conseguido dois. A gente não tinha o Pelé, nem mesmo o Raí em 93. Quando acabou, com aquele gol no final, eu perdi completamente o pouco juizo que tinha e sai correndo pra rua. Só tinha eu, porque minha rua era bem tranquila e o prédio que tinha nele, onde moravam 90% das pessoas do quarteirão, tinha area interna.

Voltei, peguei todo o dinheiro que eu tinha guardado do aniversário (hoje uns 200 reais) e fui pra Paulista. Só deu tempo do meu pai dizer no telefone: Te pego naquele posto da rua tal as, sei la, 4h.

Ok, lá vou eu, alucinado pela rua. Eu morava perto do Morumbi, e até a paulista demorava. Peguei onibus errado, andei a pé, foi um inferno. Mas cheguei! E quando cheguei, todos chegaram! A Paulista ficou tomada, em plena madrugada, e todos comemoravam o caneco!

Não me lembro o que fiz, só sei que apareci na Gazeta em cima do poste com a bandeira, camisa, faixa, cara pintada e berrando: "BI!!! BII!!!!".  Bom, hoje em dia fazer isso na Paulista implica em se assumir bissexual, né? Mas, outros tempos... graças a Deus. rs

As 4h, meu pai foi me buscar. Quando ele chegou no posto ele queria me dar uma bronca, pois pelo número de coisas que eu tinha comprado era óbvio que os 200 mangos tinham virado história. Mas não, ele riu, porque ele também tava feliz pra cacete!

Uma curiosidade: Meu pai tinha me colocado de castigo, porque eu era um menino mau.  Ele tirou meus times de botão, e isso me deixava puto. Quando ele chegou na av. paulista pra me pegar, os botões estavam no banco de trás. Ele me devolveu, sem motivos, pois eu continuava sendo um maloqueiro mirim.

Cheguei em casa já era dia, e eu assisti o jogo de novo, vi todos os programas e só fui dormir lá pelas 18h. Nunca vou me esquecer desse dia.

Mas a melhor parte ainda viria dias depois.

Quando o SPFC chegou ao Brasil, claro que fui ao Morumbi recebe-los.

Eu conhecia aquele estádio muito bem e fui entrando, entrando, até dar de cara com o placar. Se eu pulasse, eu estaria no gramado ainda vazio. O time chegou, a torcida subiu pras arquibancadas e a policia correu pra fora pra receber o time. Eu me pendurei no placar e pulei. Rapaz... foi uma cacetada. Aquela merda é alta, e eu me arrebentei. Mas foda-se, eu queria festa.

Corri pro gramado e no exato momento que cheguei na frente do vestiário subiu o Cerezo com a bandeirinha de plastico que carregou no carro de bombeiros. Eu o abrecei, ele me deu a bandeirinha, e até hoje eu tenho guardada. Corri, corri, corri... comemorei com todos eles.

Cara... você tem noção do que é pra um moleque de 15 anos comemorar com o time campeão do mundo no gramado, enquanto a torcida comemora lá de cima? O Leonardo e o Muller se abraçavam, e eu no meio deles, pulando igual um idiota. Eu sou um cara de muita sorte, não tenho dúvida. Guardo isso e outros pequenos momentos dentro do SPFC como verdadeiros prêmios divinos.

Bom, a policia me tirou dali depois de uns 15 minutos de alegria. Dane-se, eu tinha comemorado o bi de uma forma que jamais imaginei: Com eles!

Fui pra casa, não conseguia nem contar de tão feliz que eu fiquei. Coisa de moleque, sabe? Mas... que a gente guarda pra sempre.

Meses depois eu operei o pé e passei 2 meses fazendo fisioterapia com os jogadores no Morumbi. O Leonardo disse que lembrava de mim na festa, os outros não. Mentira, nem o Leonardo lembra! Mas, enfim... guardo esta final, esta semana e este dia como um dos mais felizes da minha vida.

Como será o dia do tetra?

Esta semana eu vou publicar fotos para que todos entendam porque eu nasci e cresci tão próximo do SPFC e os motivos que fazem minha vida ser, sempre, atrelada ao clube. Aguardem.

abs,
RicaPerrone

Há 15 anos...

... o mundo era, pela segunda vez, preto, branco e vermelho. E eu chorava feito um menino, que de fato eu era na época.

abs,
RicaPerrone

Boa sorte


Joguinho legal da Globo.com, onde voce descobre de quem é o hino por um trecho ou melodia.

Acertei os 20!

Dicas:

- O décimo segundo é o que acho a letra mais bonita.
- O décimo tá sem treinador.
- O terceiro causa risos de rivais.
- O ultimo é um eterno sobe e desce.
- O décimo sétimo é um time que tem 2 hinos.

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/0,,MUL213587-4274,00.html

abs,
RicaPerrone

A lógica

O Boca venceu por 1x0, jogando mal, o tal do Sahel. 

Não foi um futebol de campeão do mundo, mas convenhamos que o Milan também não anda voando.

O Boca, sem Riquelme, é um bom time e ponto. Não assusta muita gente não.

Claro, vai jogar a final com a faca entre os dentes, enquanto o Milan nem se importará muito.

Se o Boca quiser ser campeão, vai ter que usar catimba e dar lá suas cacetadas, que são as armas mais tradicionais argentinas quando o assunto é futebol.

Tem a seu favor que qualquer jogador vai se matar pra ganhar, enquanto o Milan não vai rachar pelo Mundial.

Tem contra o fato de que 80% do time do Milan joga mais bola do que os argentinos, que repito, sem Riquelme formam apenas um bom time.

Amanhã é o Milan, contra um adversário motivado, em casa, e não tão fraco assim. Será que a tal zebra do mundial pinta em 2007?

abs,
RicaPerrone

Será que eu consigo?


Piquet, o filho, é piloto da Renault. Vai andar ao lado do Alonso.

Passei a vida torcendo pro Senna, não me importando muito com a nacionalidade do cara e torcendo na F-1 de acordo com o que acho do sujeito.

Já entrevistei Nelsinho, e tive a mesma impressão que tenho do pai. Um cara chato pra cacete, mas talentoso.

Pela forma que chegou a F-1, cheio de mutretas e vitórias constestadas até pelos colegas, não sou fã do garoto, muito menos do pai, que foi quem o ensinou a chegar lá desta forma. Se é verdade ou não, sei lá. Mas não coloco minha mão no fogo não. O Piquet conta em seu livro que nunca esquentou muito a cabeça ao tentar algo fora da regra pra vencer.

Enfim, torcer por um Piquet é algo que nunca imaginei na vida. Não vou conseguir logo de cara.

Quem gosta muito do Ayrton tem alguma dificuldade em engolir o Piquet em virtude de tudo que ele já disse sobre Senna. Ninguém discute o talento dele, mas... a forma de falar e o que diz, discute-se e muito.

Enfim, nunca torci pelo Rubinho. Gosto do Massa, mas torço pra quem eu acho melhor piloto ou me identifico de alguma forma. Passei a vida torcendo por Senna, Prost e Schumacher.

A chance de eu me identificar com o Piquet é pequena... mas, quem sabe?

Boa sorte pra ele!

abs,
RicaPerrone

Galo forte e vingador


O Galo ganhou um livro lindo sobre sua história.

Chama-se "Galo - uma paixão centenária", custa cerca de 50 reais e já está nas lojas.

Eu li um pedacinho, não deu tempo ainda, o farei nas férias.

Mas, bem feito ele é, sem dúvidas.

abs,
RicaPerrone

Adeus, Breno



Breno está praticamente vendido para o futebol alemão, por cerca de 15 milhões de euros.

O SPFC fica com 60% do valor, o restante é divido entre empresários, jogador, amigo do amigo, etc, etc, etc.

Breno viaja entre hoje e amanhã, faz exames e assina contrato.

Possibilidades de não dar certo?

Sim, se acontecer algo nos exames ou se na hora de pagar não for exatamente como um dos lados esperam.

Mas, por hora, 99% fechado.

abs,
RicaPerrone

Há 24 anos...

... Renato Gaúcho chamava pra bailar e dava o Mundial ao Tricolor gaúcho.

abs,
RicaPerrone

Negócios...


 - O Flamengo quer Rodrigo, ex-SPFC. Ele está machucado desde agosto e só volta a jogar em janeiro. As conversas ainda estão bem no começo.

- O SPFC não revela o nome do seu meia pra 2008. Pode brigar com quem quiser no clube, não soltam. Só o Juvenal, o Milton Cruz e o Muricy sabem.

- O Juvenal gosta do Roger....

- Flamengo e Inter disputam Bolivar, ex-colorado. O Cruzeiro também quer.

- Felipe pode não ficar no Corinthians e, acreditem, voar para o Rio de Janeiro. O Timão não consegue pagar o que ele acha que merece.

- Luxemburgo pode mesmo deixar o Santos. Ele tem propostas de fora, mas tem uma bem agradável do Palmeiras também.

- Dodô deve mesmo fechar com o Flu, apesar de Corinthians e Flamengo estarem na disputa.

- O Habibs também patrocinará o Vasco. Aliás, notem que RBK, Coca Cola e Habibs tem acordos com SP e Vasco.

- O lateral Rafael troca o Flu pelo Inter.

- Jadilson e Tardelli podem ir parar em Minas. O Tricolor, porém, não quer ninguém do Galo. Logo, envolve grana, logo, complica.

- O Cruzeiro não é cabeça de chave e deve ficar em grupo complicado. Pode cair junto com um brasileiro, ou até com Boca ou River logo de cara.

- A FIAT deve patrocinar o Palmeiras. A Sadia e uma marca não revelada também disputam.

- O Flamengo quer Conca para a vaga de Roger.

- Richarlyson pode não ficar no Tricolor.

- Adriano, por enquanto, é sonho mesmo. A Inter não entende que jogar uma Libertadores valorize mais do que ser reserva na Champions League. Enfim, a Inter quer usar, não vender. Logo, o SPFC perde boa parte do que seria util aos italianos.

- Serginho, do Milan, foi sondado por 3 clubes brasileiros e disse que "não quer" voltar agora. Pelo jeito, encerra e fica na Europa.  A não ser que a oferta seja muito boa, o que é dificil competindo com o Milan.

abs,
RicaPerrone

Os melhores momentos da luta
Validando o óbvio


O Pachuca está fora, e quem viu o jogo de abertura não conseguiu dormir com medo de ter pesadelos.

Boca e Milan encaram duas "babas" e devem fazer a final. Pode acontecer de cair antes? Sim, claro... eles jogam este jogo pensando na final, podem errar sim, é futebol.

Mas, depois de 2 mundiais completos e mais este pedaço de 2007, será que não ficou bem claro que os campeões do mundo antes de 2005 são tão campeões quanto estes? Existe um jogo, pois os demais clubes, isso num tempo em que o futebol é mais nivelado, não bola nem pra começar a disputar.

Europa x América do Sul, o que deve acontecer em 98% dos casos daqui pra frente, até que a FIFA enfie times convidados e acabe com o torneio.

Tem servido pra isso o Mundial... pra mostrar que, apesar do resultado não ser garantido, os times que disputam com os grandes não tem nível nem pra jogar campeonato estadual no Brasil. Ou seja, o Mundial sempre foi o que é hoje. Só que agora tem um coletivo de risco antes da final.

Vai acontecer de um deles tirar um grande muito de vez em quando, claro. No futebol existe zebra. Mas... pelo que jogam, fica bem claro que é zebra mesmo, e das boas.

PS - Bem que a zebrinha podia vir já na próxima rodada, com o meu Etoile du Sahel  tirando o Boca!

abs,
RicaPerrone

Mayweather, o monstro

Floyd Mayweather, este é seu nome. O nome que move o Boxe atualmente, que lota ginásios e que vende Pay per View. Invicto, em 39 lutas, com 25 nocautes.

Ontem, as 3h da manhã, Hatton parecia melhor. Aliás, como quase sempre que Floyd luta. O adversário vai pra cima e sai batendo, mas ao final de cada round o número de golpes que entraram mostrava superioridade de Mayweather.

Do quinto round em diante foi um baile. Hatton se atirava pra cima, Floyd saia e só batia quando era possivel e o golpe perfeito. A esquiva do norte-americano é digna de aplausos.

No décimo round, adeus Hatton. Um golpe fantástico, uma tentativa de levantar e outra sequencia pra finalizar e não deixar discussões. Floyd Mayweather é o maior atualmente.

Popó sonhou em lutar contra ele. Ainda bem que não conseguiu.

Em janeiro tem Roy Jones Jr. E viva a Hbo!!!!

abs,
RicaPerrone

Caio também vai

Assim como Roger, Caio Jr. também está trocando de time. O Verdão não renovou e, contra a maré, entendo ter tomado a decisão certa.

Não vejo no trabalho do Caio nem 60% dos méritos que lhe são dados, e entendo que boa parte deles sào dados em virtude da pessoa que é e do ótimo relacionamento que tem com todos.

Bom treinador, sem dúvidas. Bom trabalho, também não discuto.

Mas não considero o terceiro melhor do Brasileirão e acho que o time do Palmeiras não é ruim o suficiente para ficar fora das finais do mediocre estadual, sair da Copa do Brasil pra time pequeno e depois disso ainda ficar fora da Libertadores. Ou seja, no final das contas, o ano foi uma tragédia, e ainda assim há quem tente colocar isso como mérito.  Concordo, ele foi bem em muitos aspectos. Mas... calma lá vai! Cade a coerencia agora?

O Flamengo era um timeco e foi, o Palmeiras era um time razoável e não foi. Agora a mesma imprensa dá o premio pro Caio e fica diminuindo o Joel porque?

Gente, é Palmeiras! Não é o Ipatinga pra se comemorar campanhas razoáveis. O Palmeiras tem que disputar títulos, e mesmo achando o time fraco, entendo que boa parte dos times que estiveram melhores do que o Verdão no ano não são melhores do que ele, logo, o bom trabalho não é "incontestável".

E pro Caio, melhor ainda. Hora de respirar outros ares.

abs,
RicaPerrone

Roger não fica


O meia Roger está fora do Flamengo. Sua renovação não aconteceu em virtude dos preços sugeridos, que o time achou caro. Talvez, pelo tanto que ele joga no ano, até seja.

Confesso, sem saber da metade dos bastidores, que eu gostaria de ve-lo ficar, pois o considero um talento acima da média, pena que não consegue manter isso em campo. Mesmo assim, insistiria, como aliás acho que qualquer clube do país deva insistir com um jogador deste nível tecnico.

No mar de "jogadores que correm", é sempre bom ver alguém que faz a bola correr. Roger nunca conseguiu se firmar, mas também nunca deixou dúvidas do talento que tem com a bola nos pés.

Se não for no Flamengo, será em outro grande clube. Mas ele terá uma nova chance em 2008, e pelo bem do futebol, torço pra que consiga se acertar.

Como disse, não conheco os valores e detalhes do acordo. Mas, se fosse apenas por escolha, eu o manteria.

Juvenal... não? Mesmo? Nem se, por exemplo, ele fizer um contrato de risco? rs

abs,
RicaPerrone

E porque não?


Romário é o novo treinador do Vasco. Depois dos mil gols, das mil polemicas e dos mil boatos, o maior craque em atividade ainda no planeta vira técnico e, talvez, surpreenda como fez seu amigo Renato.

Não tem o perfil de um Luxemburgo, nem de um Felipão. Não vai meter um terno, tenham certeza.

Mas... quem sabe? Acho uma tentativa válida, ainda mais neste mar de "mesmos treinadores de sempre"  que vive o futebol brasileiro.

Boa sorte, Baixinho! Como em tudo que você faz... estarei torcendo muito!

abs,
RicaPerrone

Primeiro chute certo


O primeiro chute no gol para voltar a série A já foi dado. Mano Menezes é o novo treinador do Corinthians e, no meu entender, nào podia ser melhor.

Educado, organizado, ético, coerente e competente. Um profissional moderno, de alto nível, que tem características que encaixam com o Timão.

Haverá novamente aquele tempo de adaptação que Felipão levou, pois o gaúcho vê futebol diferente. Mas, vencerá.

Boa sorte pro Mano! Sou fã deste sujeito.

abs,
RicaPerrone

Hora de parar


Romário foi pego no Anti-dopping. Claro que nem passa pela minha cabeça que ele tenha se dopado pra jogar bola, pois nunca foi disso, nem precisaria, até porque não está jogando. Mas, vai ter julgamento, suspensão, contra-prova, midia, etc.

Enfim, hora de parar.

Não precisa encerrar com isso.  Deixa o processo rolar sozinho, sem que você esteja atuando e dane-se. Se suspender, não muda nada, se não, idem.

Um amistoso entre Fla/Vas x Seleção no Maracanã lotado e pronto. Encerra-se a carreira do maior jogador que vi jogar em 29 anos.

Com 42, ate da pra jogar o carioca. Mas o Brasileiro não dá, não.

abs,
RicaPerrone

Flamengo 2007


Retirado do blog do Mauro Beting. Esclarecedor...

Terceiro colocado, o time de Ney Franco e Joel Santana. Mais de Joel que de Ney.

A BASE: Bruno; Rômulo, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Ibson, Cristian e Juan; Toró; Maxi e Souza.

APROVEITAMENTO: 53%

RODADAS NO G-4: 5
RODADAS NO G MENOS 4: 13

OS 36 DO ELENCO:
GOLEIROS: Bruno (36), Diego (2)
LATERAIS-ALAS-DIREITOS: Léo Moura (36), Luizinho (5)
LATERAIS-ALAS-ESQUERDOS: Juan (34), Egídio (6), Gerson Magrão (2)
ZAGUEIROS: Ronaldo Angelim (34), Fábio Luciano (22), Irineu (10), Rodrigo Arroz (7), Thiago Gosling (7), Thiago Sales (5), Moisés (4), Marlon (1)
VOLANTES: Ibson (22), Cristian (27), Leo Medeiros (26), Rômulo (17), Jaílton (24), Paulinho (9), Claiton
MEIAS: Toró (21), Renato Augusto (23), Roger (15), Leo Lima (7), Renato (6), Colace (2)
ATACANTES: Souza (22), Maxi (17), Obina (24), Paulo Sérgio (18), Leonardo (7), Kayke (3), Bruno Mezenga (1), Roni

(levando em conta os que jogaram ao menos 20 jogos, pelas contas do Footstats):
O ASSISTENTE – Juan (11 passes para gols)
DESARMES – Juan (4,6 por jogo)
DRIBLADOR – Léo Moura (4,3 por partida)
O FALTOSO – Juan (2,4 por jogo)
A VÍTIMA – Ibson (4 faltas sofridas por jogo)
O FINALIZADOR – Souza acerta 44% das conclusões
PASSE CERTO – Fábio Luciano acertou 94,4% dos passes
DONO DA BOLA – Léo Moura a dominou por 2min21s em média, a cada jogo.

MELHOR DO TIME – Ibson
REVELAÇÃO – Maxi
DECEPÇÃO - Roger

EXPECTATIVA PARA O BR-07 – Libertadores-08. Confirmada.

GOLEADORES PRINCIPAIS – Ibson (6 gols; média 0,27; 2 de cabeça, 1 de pênalti); Souza (6 gols; média 0,27), Juan (6 gols; média 0,27; 1 de pênalti); Léo Moura (5 gols); Obina (4 gols)

O outro lado...

 

O lado divertido do futebol, desde que em paz. Tem que rir mesmo, porque amanhã será o seu, e não vão aliviar.

Eu sei que um dia o meu Tricolor ou o Mengão vai cair, demore quanto demorar, mas um dia acontece. Faz parte do futebol viver um ano péssimo. E quando acontecer, vao me gozar. Logo... não há nada de feio na festa dos demais. Pelo contrário, é divertido, como foi pros corintianos em 2002.

abs,
RicaPerrone

Um amigo corintiano


Hoje cedo um amigo de longa data me ligou. Corintiano roxo, chorou ao telefone quando falou da queda. Eu nem ousei brincar, pois sei que pra ele o Corinthians vale mais que sua família. Quase nunca falo com ele, mas hoje ele me ligou.

Ligou pra perguntar o que eu sabia sobre reforços. E eu, com contatos mínimos no Timão, disse saber apenas o que a imprensa fala. Ele se mostrou nervoso, e disse ter feito uma loucura. Quando acabou o jogo, por raiva, disse ter rasgado a camisa e mais 2 agasalhos. Uma bandeira e quebrou 3 peças de decoração da casa com o simbolo do clube. Chorou, foi até medicado pela esposa.

Ao acordar ontem, ele não aceitou o que fez. Foi comprar tudo de novo e deixou mais de mil reais na loja. Se disse envergonhado, porque não foi a Porto Alegre. Se disse um homem sem caráter, porque rasgou tudo quando perdeu. Disse que ele não merece o Corinthians, porque quando o Timão precisou ele rasgou tudo e não foi ao Pacaembu contra o Vasco.

Eu o interrompi. Disse que havia um exagero, porque não era bem assim. Ele é um baita corintiano, nunca deixou o time, sempre apoiou, sempre participou, e que ele tem todo o direito de, num determinado momento, não ter aparecido no estádio ou, com raiva, tido uma reação apaixonada. Ele continuou:

- Lembra, Rica? Lembra na praia, quando eu me vestia com a camisa do Corinthians pra irmos na sorveteria a noite? Lembra? Os santistas queriam me bater, e eu não tirava!
Lembra quando eu fui até o Ceará pra ver um jogo do Timão sem emprego?
Lembra cara? Eu sempre amei esse time! Não é justo ele fazer isso comigo agora!

Eu novamente o interrompi dizendo que não foi com ele. Eles erraram, iam se recuperar e voltar fortes. Não há possibilidade do Corinthians deixar de ser Corinthians, passe o tempo que for. Ele, ainda chorando, me disse uma frase que me deixou pensativo... e estou colocando no blog para que, talvez, algum corintiano tente me explicar:

- Rica, nao adianta irmão. Você nunca vai entender... você torce só pro São Paulo, eu sou Corintiano cara!!!

Deve ter mesmo alguma diferença, aliás, óbvio que existe. Jamais, tenho certeza, metade da torcida do SPFC se incomodaria com uma queda na mesma proporção que a nação corintiana se preocupa, pois é diferente a paixão e a ligação com o time. Mas... será que o Corinthians é tão diferente mesmo? Será que nós, torcedores de outros clubes, não temos como entender em virtude de não termos uma relação tão "doentia" com o time como a maioria deles?

Eu respondi, humildemente:
- Não mesmo, cara... eu posso ser só sãopaulino, mas eu reconheço a força do seu time. Talvez lhe falte entender que o gremista, o botafoguense, o atleticano e o palmeirense sentiram o mesmo que você, só que sem o mesmo direito ao drama, como a imprensa deu a vocês.

Será?

abs,
RicaPerrone

Os melhores do Brasileirão

Ontem, em bonita festa no Rio, os jogadores e treinadores receberam seus prêmios pelo desempenho no Brasileirão 2007. Alguns detalhes devem ser anotados.

- Torcida não devia fazer parte, pois é obvio que seja onde for, o time local leva aplausos e o de fora leva vaias.

- O Acosta pensa que foi aonde? No show do Inimigos da HP?

- Belo terno, Richarlyson.... bem "diferente", bem chamativo, combinando com a joia no pescoço. Bonito mesmo, apareceu bem de novo.

- Rogério Ceni ganhou tudo! Merece, pelo baita jogador que é. Mas... sei lá, eu não achei que ele teve um super ano pra ganhar tudo em 2007. Enfim... como disse o Luxemburgo hoje, a eleição dele novamente mostra que tá feia a coisa lá na frente. Talvez ele pudesse ganhar o melhor jogador, ou craque da torcida. Mas goleiro, craque e torcida, achei meio exagerado, ele nem foi tão exigido, nem fez tantos gols, enfim, não foi seu melhor ano. Mas... não que não mereça, pelo contrário. Eu elegeria o craque do ano um dos zagueiros do SPFC, pra mim, o Miranda.

- Engraçado o Acosta entrar na lista de todos como atacante. Ele jogou meio ano de volante, outra metade de meia chegando na área. Mas ele nunca foi atacante. Acho que agora virou de vez.

- Chato pra cacete a locução dos vídeos da festa... o cara parecia ter sono.

- A CBF, sempre criticada, tem lá seus meritos também. Ultimamente organizou o brasileirão A e B, tem tido algum criterio nas coisas, tem errado menos, a seleção disputa tudo, coisa que ficou 20 anos sem fazer, enfim... hoje merece lá seus aplausos também.

O time eleito foi meio óbvio, até porque não tem muita opção mesmo. Mas, acho que o Dunga podia dar uma chance ai pra alguns deles, como Ibson, Miranda e Kleber.

Breno, Thiago Neves, Hernanes e outros acho que ainda tem que provar algo mais pra isso. Mas, estes três poderiam ser mais observados e chamados mais vezes.

abs,
RicaPerrone

Os três tenores do Palestra

Confira aqui a versão final do hino palmeirense nas vozes dos três tenores Marcos, Valdívia e Edmundo, além da colaboração especial do "Pai do Gol" José Silvério.

Sensacional!!!! Puta idéia legal. Deviam fazer em todo time coisas assim. Dez pro Palmeiras nessa.

Retirado do Blog do Mirtão.

abs,
RicaPerrone

Gol de Lenilson

Aquele, que no Tricolor não jogava muita coisa...

abs,
RicaPerrone

Dia 19


Dia 19 de dezembro o Sportv volta com o melhor programa que já vi na televisão.

"Jogos para sempre", com direito a Penarol x Gremio, entre outros.

Que seja eterno, porque a TV nunca foi tão perfeita quanto nos 60 minutos de exibição deste programa.

Parabens a emissora, disparado a melhor em esportes.

abs,
RicaPerrone

Coluna da ET

Coluna do RicaPerrone
: "Fui entender..."
Fonte: Rica Perrone

Bom, o ano acabou. Ainda tem o mundial e mesmo não gostando do Milan, farei meu dever em torcer contra a Argentina. No Brasileirão, me deliciei com o penta Tricolor, o terceiro do Flamengo e, claro, não nego, mesmo achando ruim pro futebol, a queda do Corinthians.

Passei o ano discutindo futebol, até porque vivo disso. Discuti a qualidade do Muricy no primeiro semestre, e graças a Deus tive que reconhece-la no final do ano. Duvidei do Palmeiras na Libertadores, assim como apostei quase que sozinho que o Flamengo iria.

Em janeiro briguei com deus e o mundo dizendo que os times do Rio haviam se recuperado, e acho que acertei. São 2 na Libertadores, dois entre os 4 primeiros do Brasileiro, campeão da Copa do Brasil, entre recordes de publico e um campeonato estadual que foi fantástico e emocionante. Muito legal, gostem ou não, pois a graça do futebol é essa. Os 12 grandes, sempre, fortes.

Vai entender...

Vi um Botafogo ser ator principal, o que é muito bacana. Dopping, afastamento de jogador, troca de treinador, volta de treinador, enfim... totalmente atípico, mas no mínimo interessante.

O campeão Brasileiro com 200 pontos de vantagem não foi a final do Paulista, nem passou das oitavas na Libertadores, cujo sétimo no Brasileirão chegou na final. Vai entender...

O campeão do mundo de 2006 passou o ano não disputando nada. O rival, que veio da série B outro dia, brigou em tudo.

De Minas veio um Galo em recuperação e um Cruzeiro que chegou, mesmo que por momentos, a brilhar. O Cruzeiro que fez um papel ridículo na final do estadual, vai pra Libertadores. O São Caetano, vice do paulistão, quase caiu pra série C.

Vai entender...

Depois de tudo isso, resolvi tentar entender. Semana passada fiz o curso de treinador de futebol, do sindicato dos treinadores de São Paulo. Foram 5 dias de palestras e aulas, que tiveram Muricy, Caio Jr, Nelsinho, Marco Aurelio Cunha, Godói, Calçade, Neto, entre outros professores.

Entre tudo que aprendi, e não foi pouco, cheguei a conclusão que futebol não tem como ser controlado. O treinador pode fazer um bom trabalho, se a sorte não ajudar, já era. Odeio a palavra sorte, mas no futebol ela existe. Aquela maldita bola na trave, ou aquele juiz que erra, e lá se vai um semestre.

Fui lá ver qualé a visão dos caras, pra entender porque o torcedor pensa tão diferente da imprensa, que por sua vez vai muito contra os treinadores.

Voltei assustado.

O treinador tem que lidar com detalhes absolutamente ignorados pela torcida. Alguns deles não sabem muita coisa mesmo, é verdade. Mas a maioria sabe, e tem filosofias definidas, algumas, inclusive, definidas ao extremo.

Mudei minha impressão sobre muita coisa. Passei a entender por qual motivo algumas mudanças são feitas e também notei duas coisas relevantes ao extremo:

- Treinador sabe muito de futebol. Mas muito mesmo!
- Imprensa, se bem informada e interessada, sabe uns 60% disso. ( e são raros os que sabem)
- Torcedor, me perdoem a honestidade, depois do que vi, em 98% dos casos, não tem idéia do que é um time de futebol e seus detalhes de armação.

O nível de detalhes simplesmente não chega até ele. Primeiro porque não dá, segundo porque a imprensa não passa, terceiro porque boa parte da imprensa também desconhece, quarto porque a maioria dos torcedores não entenderia e portanto não ia querer saber.

É coisa do tipo: “Tal jogador joga menos que o outro, mas se eu trocar, a saída de bola do zagueiro esquerdo do rival facilita porque o meu meia é canhoto, e o cara sai pela direita dele, o que abre a primeira bola pro lateral sem marcação”. Dá pra imaginar isso na hora de reclamar que joga esse e não aquele? Não, não dá.

Todos eles pensam em marcar 20 vezes mais do que atacar, o que acho ruim e é o que diferencia o Luxemburgo. A maioria deles tem filosofias de trabalho diferentes, mas se respeitam.

Sendo justo, Muricy fez a melhor palestra do curso, mas também foi o único a desmerecer as convicções alheias e métodos de trabalho de outros profissionais, diga-se, até melhores do que ele, como Felipão.

Alguns deles foram humildes, outros bem arrogantes. Todos eles conhecem futebol, e eu só cheguei a uma conclusão:
Futebol depende de vários fatores. Bom trabalho, bons jogadores, estrutura, CASAMENTO entre grupo e treinador em suas filosofias, sorte, pouca interferência da torcida, política, líder em campo, responsabilidade do grupo, maturidade do time, dedicação, motivação, salários em dia e muito mais.

Até entendi porque alguns deles ficam tão irritados e generalizam criticas. Talvez eles imaginem que venham todas do mesmo lugar.

Treinador é uma raça complicada. Teimosa, cheia de manias, e que vive ignorando a opinião dos outros. Mas, depois do que vi, tem toda razão em ignorar a maior parte das criticas mesmo.

Imprensa é uma raça de acomodados. Só tinha eu e o Calçade ali de jornalista pra aprender algo. A enorme maioria dos comentaristas não sabe as coisas que foram explicadas ali. Se todos fizessem o curso, comentariam diferente. Aliás, eu vou passar a ver futebol bem diferente a partir de agora.

Torcedor, como disse o Falcão, apenas torce. Analisa, superficialmente. Não tem quase nenhuma informação extra pra determinar se tal jogador joga porque é bom ou se é porque o reserva ta se separando e ta nervoso. Não imagina que existe um sistema de marcação que envolve até o centroavante, e analisa o time pelos gols e vitórias.
Eles não estão errados, pelo contrário. A graça é essa.
Fiquei chateado de ver que a base de opinião (os comentaristas) que o torcedor recebe também não se interessa muito em saber como funciona.

Mudei conceitos, os mais diversos. Passei, por exemplo, a achar o Muricy um treinador muito melhor do que me parecia. Assim como me convenci que ele precisa mudar um pouco como pessoa, pois ele jura que todo mundo quer derrubá-lo todo dia, o que não é verdade. O SPFC não é assim.

Passei a entender porque os treinadores ignoram os palpites da torcida e seguem com suas convicções. Entendi também porque a imprensa não se importa mais em ser odiada pela torcida. Infelizmente, assim como a credibilidade da imprensa anda baixa pro torcedor, a recíproca é verdadeira.
Nunca aprendi tanto em 5 dias.

Enfim, esta é minha última coluna do ano. Agora só em 2008, apesar de que o blog continuará sendo atualizado todos os dias.

Muito obrigado pelo ibope na coluna. Inclusive a alguns jogadores, como Rogério, que sei que lêem toda semana.
Feliz natal pra todos, feliz 2008, e pra vocês, jogadores e comissão técnica do Tricolor... Um ano fantástico! Desejo pra vocês tudo que desejo pra minha própria família.

Valeu, galera!

Abs,
RicaPerrone

Orkut – http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=5824389099498839841
Blog - http://ricaperrone.zip.net/
Alerta tricolor

Alguns (muitos) debocharam quando eu disse em janeiro que os times do Rio estavam fortes novamente e que aquele abismo entre SP e RJ tinha acabado. Pois bem, terminou o ano com 2 na Libertadores, o caneco da Copa do Brasil, um paulista rebaixado, outro campeão, diga-se, e o Botafogo, coitado... não dá nem pra julgar. Entendo que dopping, problema com craque e a eliminação em buenos aires tiram qualquer parametro tecnico pra avaliar o time ou o trabalho do clube.

Mas, tão surpreendente quanto a reação carioca é o Flu do Renato.

Ganharam a Copa do Brasil, e sem motivos pra correr muito, conseguiram uma vaga fantasma na Libertadores, que é pra eliminar qualquer papinho do tipo: "Só foram pela Copa do Brasil, que é fraca".

Renato surge como um treinador de respeito. Não só pelo Vasco, mas principalmente por comandar este Fluminense que surpreende.

Em 2008, atenção. O Flamengo e o Fluminense não vão brincar de Libertadores. O Cruzeiro não tenho certeza, pois não tem algo formado ainda. O Santos, óbvio, idem.

Parabéns pro Fluzão! Merece, porque foi um grande ano. E é bom demais ter os cariocas de volta as disputas do futebol brasileiro.

abs,
RicaPerrone

E não foi mesmo

Passei 6 meses dizendo que este time do Palmeiras não ia pra Libertadores. Quando eu mesmo duvidei disso, aconteceu.

Time que não tem cara não merece. O Palmeiras hoje é retranqueiro, amanhã ele agride. Semana que vem ele perde em casa, e na outra ganha fora.

Amanhã tem 2 atacantes, semana que vem nenhum.

Em momento algum, nem no Paulista nem no Brasileiro, o Palmeiras teve uma cara, uma personalidade coletiva.

Foi um time instavel, perdido, sem sequencia, sem padrão, sem identidade. E quem não tem cartão de visita, não tem como se apresentar.

Perder pro Galo, em casa, no jogo decisivo, por 3x1, é apenas o retrato final do que passei o ano dizendo.

Não foi, e não mereceu ir. Assim como o Corinthians se esforçou pra cair, o Verdão implorou pra não classificar.

Deu certo, pra ambos.

abs,
RicaPerrone

Sem esquema

 

Espero que os 2 penaltis em Goiania deixem claro para os criadores de teorias que a Rede Globo não pede pra ninguém mudar resultado pra deixar time feliz.

Espero que a queda do Corinthians sirva, entre outros, para que parem de achar que tudo é sacanagem. O Palmeiras, o Galo e o Bota cairam também, e ninguém lembrou da Globo e da CBF nessa hora.

Espero que inventem outro vilão pro futebol, porque a Globo já encheu o saco.

abs,
RicaPerrone

Aconteceu

Oque era uma tragédia pra uns e orgasmo pra outros, acabou acontecendo.

Como disse abaixo, eu nunca vi tamanha comoção nacional por uma queda. Todos torciam pra cair, pois o Corinthians, através de sua administração e conquistas, se tornou o time mais odiado do país.

Foi um jogo bem diferente do que eu imaginei. O Corinthians não teve força pra tentar, e caiu porque implorou por isso jogo após jogo.

Enquanto saiam sem a Libertadores do Palestra, a torcida alvi-verde ficou sabendo da queda. Eu moro do lado, e vi os palmeirenses sairem comemorando do estádio. Tricolores e santistas comemoravam juntos na calçada, e nem briga tinha.

Foi engraçado, tanto quanto triste.

Não, eu não sou hipocrita. Eu não fiquei triste, porque tenho amigos corintianos e me diverti tirando sarro deles. Se fosse o contrário seria igual, e eu aceitaria dando risada porque o futebol é isso.  Fato, tanto quanto a falta que fará o Timão na série A.

As vezes cair é bom, vide Palmeiras, Grêmio e Botafogo. As vezes, não.

Caiu, e não tem mais palpites e teorias.

Aguardemos o retorno, que será forte, pode apostar.

abs,
RicaPerrone

Quando a profissão vira segundo plano
Coisa mais linda!


O rubro-negro Marcus De Miranda Luna fez uma montagem do Tema da Vitória tocado pela bateria de Padre Miguel com a torcida do Flamengo. Confesso: essa derrubou uma lágrima.. .
Olha o fundo do blog pra adivinhar o motivo.

Sensacional, Marcus! Parabéns!

http://rapidshare.com/files/72082612/_SAMBA__Mocidade_e_Flamengo_-_Tema_da_vit_ria2.mp3

abs,
RicaPerrone

Carta da Gaviões


O Grêmio Gaviões da Fiel Torcida entregou carta à equipe corinthiana, neste sábado, no hotel em Porto Alegre. O treinador Nelsinho Baptista recebeu a carta das mãos de integrantes da diretoria da torcida e ficou de repassar as cópias para todos os jogadores.

 

A carta segue abaixo:

 

 

Aos jogadores do Sport Club Corinthians Paulista,

 

A um dia do final deste Campeonato Brasileiro de 2007, fazemos questão de vir pessoalmente até vocês entregar este carta. Dentro dela viajaram, por mais de mil quilômetros até aqui, toda nossa esperança e força. É dela que esperamos que saia o incentivo, a energia e a luz necessária para salvar o Corinthians neste domingo.

 

Com certeza todos vocês já puderam testemunhar a devoção da torcida corinthiana. Passamos o campeonato todo apoiando o time, dentro de campo (em São Paulo e fora) e nos treinos, não importa o que isso nos custasse. Fizemos esforços gigantes, passamos noites em claro viajando, gastamos mais do que podíamos, sofremos mais do que jamais imaginamos ser possível e não enfraquecemos, nem nos piores momentos desta jornada.

 

Mas infelizmente a Nação Corinthiana não pode entrar em campo por vocês. A luta deste domingo será de 11 contra 11, e o mais valente tem que vencer. Cada um dos jogadores corinthianos que pisar no gramado do Estádio Olímpico neste domingo tem que ter consciência de que carrega, além do sagrado manto corinthiano, o coração de 30 milhões de torcedores fiéis.

 

Nossa torcida é maior do que a população de muitas nações, maior do que muitas religiões, maior do que muitos exércitos. Somos chamados de fiéis, de loucos, de fanáticos, e somos tudo isso. Nunca faltamos a um encontro com um Corinthians e nunca faltaremos. Viajamos até aqui, mais de mil quilômetros, para mostrar uma vez mais que estamos com vocês. Assumimos o compromisso de fazer nosso papel na arquibancada. Vamos cantar, vamos vibrar e mostrar ao mundo a força do povo corinthiano.

 

E o que pedimos em troca não é muito. Pedimos coragem, pedimos honra, pedimos gana, pedimos seu suor e seu sangue. Pedimos que o nome e a tradição do Sport Club Corinthians Paulista na sejam jogados na lama a apenas dois anos de seu centenário. Pedimos que o povo corinthiano não tenha que enfrentar a humilhação e a dor de ver seu time rebaixado. Pedimos, mais que tudo, que vocês não abaixem a cabeça.

 

Chegou a hora da decisão.

Corinthians, lutai por nós! 

"EU NUNCA VOU TE ABANDONAR, PORQUE EU TE AMO!"

 

 

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa - Gaviões da Fiel

Notinha


Se o Corinthians não cair em virtude de algum bicão lá pra frente que resulte em gol, recebam o Nelsinho Batista com festa.

Se acontecer eu explico.

abs,
RicaPerrone

O Brasil te ama, Corinthians!


Eu nunca vi, em 29 anos, algo parecido. O país clama pelo rebaixamento do Timão, que parece ter superado o Vasco de Eurico no quesito "time mais odiado do país". Antigamente era comum se ouvir a defesa deles com: "É inveja!". Hoje, não é.

A maioria das pessoas que conheço sabem o que faço e, portanto, não podem me ver que falam de futebol. Hoje sai pra almoçar e comprar cigarros. Eu nunca vi nada igual. Das 20 pessoas que conversei, mesmo que rapidamente, todas elas tocaram no assunto de imediato.

"É amanha!!! Meu deus, será que dá?"
"Amanhã o sonho vira realidade, hein Perrone!?"

Entre outras, que geravam amizades. Ao me servir no restaurante alguém brincou que o Timão ia cair. Os outros 4 que pegavam salada entraram no clima e quase nos sentamos juntos.

Eu nunca vi nada igual, os torcedores de todos os times pedem por isso, o que demonstra duas coisas:

- O Corinthians é o time mais odiado do país
- O Corinthians é grande pra caralho!

O Sportv transmitiu ao vivo o treino dos caras na sexta. Eu nunca vi isso.

Só se fala nisso, nem palmeirense discute a Libertadores. O Gremista sonha mais em rebaixar os caras do que arrumar vaga pra Libertadores.

Um, seja Inter ou Grêmio, sairá desta rodada como "vilão" caso não consigam rebaixar o "anti-cristo" do futebol atual.

Convenhamos, é divertido. O futebol vive dessa coisa bacana, desde que sem violencia, de se torcer a favor e contra. O Futebol perde barbaridade com eles na série B, mas... torcedor não quer saber disso, só quer rir.

Justiça seja feita, qualquer um dos 3 que cair mereceu. Pediram demais pra que isso acontecesse. O Timão, que ontem tinha tudo pra não cair, hoje já pinta com boas chances de jogar terça e sexta no ano que vem. O Gremio vai ter que arrumar forças pra segurar, porque sabe que o Cruzeiro fará uns 4 no América. O Inter, quase completo, dificilmente perde pro Goiás. Um empate, talvez...

Enfim, não é tão simples assim.

Pra ser justo e honesto, eu não queria ver nenhum grande na série B. Acho sem graça um campeonato sem clássicos e sem times fortes e de camisa pra gerar polemica e rivalidade.

Vou brincar com os amigos se cair? Óbvio! Eles fariam o mesmo comigo, e eu racharia de dar risada.

O desespero dos corintianos é algo até comovente. Nego treme de raiva ao ver alguém gozando da situação deles. Vai dar briga nas ruas de SP domingo, se cair. Vai ter nego comemorando e outros saindo pra bater em que comemora.

Mas que é histórica esta rodada, isso é. Nunca houve uma comoção tamanha pela queda de um clube.

Vai ser odiado e importante assim lá em Itaquera...

abs,
RicaPerrone




[ ver mensagens anteriores ]