França e suas histórias

Terra 
O Bayern ia jogar contra o Manchester pela champions League de 2005. Na mesa, o time engravatado esperava para viajar quando França, titular, apareceu para dar adeus aos colegas. Ele havia aceitado oferta tentadora do Japão. Seus companheiros nem olhavam na sua cara quando lhe davam as mãos, pois para eles, abandonar um contrato não é um futuro melhor, como aqui, mas sim abandonar o time que defende e seus colegas.

Viajou, e chegou como estrela. No primeiro coletivo, um colete de reservas foi atirado em seu peito pelo treinador. Ele nem encostou, e ele foi pro chão. França disse ao tradutor: "Porra, me tira da Alemanha pra me meter no banco?". Ele disse ao treinador que, irritado, o afastou por 6 meses. O time caiu.

Veio outro treinador e França continuou afastado. Um dia, seus 3 atacantes se machucaram, e França jogou. Marcou 3 e  foi virando titular.

Na partida decisiva para voltar a primeira divisão, França foi escalado. Fez 3, 3x0, e o time subiu. Ganhou a chave da cidade do prefeito pelos gols, e voltou ao time titular. Em 2007 fez uma boa temporada até se machucar novamente. Chegou a fazer mais de 20 gols numa temporada e tem contrato até o final de 2008.

Ele adoraria voltar e ser o maior artilheiro da história, mas, adora o Japão e não sabe se quer sair de lá. Nem sequer depois da carreira, diga-se.

França fala pouco, é timido. Com 32 anos e contundido, não acredito que haja tempo do SPFC tentar sua volta com anos suficientes para mais de 60 gols. Uma pena, pois é um ídolo, um grande jogador, e uma grande pessoa. Não tem ambição de fama, pelo contrário, não gosta de microfone.

O entrevistar foi um prazer. Melhor do que isso só ouvir histórias, como esta, com o microfone desligado.

abs,
RicaPerrone

Até quarta!


Bom, pessoal! Como a maioria de vocês sabem, existe uma semana no ano sagrada pra mim que é a do carnaval. Não sou um folião, muito menos um bebado micareteiro, mas, o desfile no Rio eu não perco por nada neste mundo. Logo, o blog vai dar um tempo e volta na quarta-feira, cheio de vídeos e fotos do desfile.

Um ótimo carnaval pra vocês todos e... juizo, hein!?

Vou deixar os comentários abertos porque não vou poder responder os e-mails nestes dias de "folia".

Que a estrela de Padre Miguel brilhe neste carnaval. Boa sorte, Mocidade querida!

Ps - Quando eu voltar eu tiro o atraso falando do clássico no Rio, do Tricolor em Campinas, do Flu na sexta-feira e do Mengão contra o América. Prometo!

Abraços, saudações tricolores, rubro-negras e alvi-verdes de padre miguel!
RicaPerrone

Aqui, Morumbi! - O pai do gol


Era uma entrevista rápida, 2 minutinhos. Ia perguntar quem vence e colocar na ET, como fazemos com vários jornalistas antes dos jogos.

Já entrevistei muita gente, raramente tenho uma reação mais emocional do que profissional nessas horas. A gente acostuma, e depois de 10 anos, pessoas não assustam mais a gente. O dificil é lidar com a infancia, com a história da sua vida diante do seu microfone. Passar batido por isso é profissional, correto, mas não é lógico e eu quero que o manual do jornalismo vá pra lata do lixo quando algo assim acontece. Ontem, aconteceu.

Fomos na cabine da Rádio Bandeirantes e lá encontrei José Silverio. Ele não é só meu ídolo, mas sim minha referencia. Cresci e aprendi a fazer o que faço ouvindo ele, Wanderley Nogueira, Quartarolo, Flavio Prado e Milton Neves todo domingo na Jovem Pan. Era um time fantástico, hoje separado, não menos competente.

Pedi pra gravar 2 minutos com "o pai do gol", mas aí... aí eu não consegui parar.  Eu fiz 2, 3, 4 perguntas e fui ouvindo. Olhava fixamente para ele, lembrava de quantas vezes aquela voz me contou o que acontecia com a minha grande paixão. Quantos e quantos gols eu ouvi através dele, e quantas vezes sua voz me fez chorar de raiva e tristeza. Eu entrevistaria o cara por 2 horas, fácil! Mas ele tinha um jogo pra narrar, e foram "só", 15 minutos.

Era conteúdo pra ET, mas comecei a falar do Palmeiras e portanto ficará pro blog. Se colocar pra ET e eu perguntar do Palmeiras... já sabe, né?

Ontem, como poucas vezes tem acontecido em virtude do hábito de conviver com este meio, eu voltei a ser um garotinho de 18 anos fazendo uma entrevista com um ídolo. E quando digo ídolo não é modo de falar. É alguem que você se espelha, seja pra detalhes ou pra algo grandioso. Quando moleque, eu jogava botão o tempo todo, e eu narrava imitando o Zé. Quando eu cresci, eu o imitava jogando Fifa Soccer. Agora, confesso, imito quando vou sacanear meus amigos por gols nos campeonatos de Winning Eleven aqui em casa.

Aquela paradinha do "Eeee... que golaço!", é a coisa mais linda de um gol no rádio.  A forma de chamar os reporteres, de debater, de brincar com o Milton, enfim, tudo! Zé Silvério será, tenho certeza, o maior narrador da história do rádio por muitos anos. Que me perdoem outras lendas, mas... este é o cara!

Enfim, em 2 vídeos, a pequena entrevista que fiz com meu ídolo no Morumbi.

E nessas horas, e talvez apenas nessas, a gente pára pra pensar e dá valor pro que faz. Eu sonhei minha vida inteira em sentar do lado deste sujeito numa cabine e olhar ele trabalhar. Ontem eu fiz,  e quase não notei por "profissão". Ainda bem que eu não perdi meu lado torcedor ainda, porque é ele quem faz eu VIVER tudo isso e não apenas cumprir.

Obrigado, Zé! Foi uma honra que vou guardar pra sempre.

abs,
RicaPerrone

Vinda de Fred depende apenas do jogador


O Tricolor já acertou com o Lyon: Um ano de empréstimo e o acordo com Fred fica por conta do time brasileiro. Porém, o salário do jogador não é "aceitável" no futebol brasileiro.

O Tricolor fez a primeira oferta e Fred recusou. A segunda precisa ser feita com alguma urgência, já que o mercado europeu está praticamente fechado para negociações de alto nível.

Nas próximas horas uma nova oferta deve ser encaminhada. Se Fred aceitar, jogará no SPFC até dezembro de 2008, já no primeiro semestre, ao lado de Adriano.

abs,
RicaPerrone

Pra não deixar dúvidas


Que alguns da imprensa discordem, tudo bem.

Que o SPFC não assuma mais o que criou em 87, vá lá.

Que a torcida não dê 100% de razão ao Flamengo, dá pra entender.

Agora, depois do EURICO MIRANDA dizendo que o caneco é do Fla, pra mim acabou a discussão. rs

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM783042-7824-EM+CBF+NAO+RECONHECE+LEGITIMIDADE+DO+TITULO+DO+FLAMENGO+DE+CAMPEAO+BRASILEIRO,00.html

abs,
RicaPerrone

Será?


Não é o que costumo imaginar, no papel, de um campeão continental. Mas, depois do Once Caldas, não duvido mais de nada.

O Cruzeiro estreia hoje, e a escalação não me causa suspiros.

Fábio; Marquinhos Paraná, Léo Fortunato, Thiago Heleno e Jadílson; Fabrício, Charles (Luís Alberto), Ramires e Wagner; Marcelo Moreno e Guilherme

Tem bons jogadores, mas ... como disse no começo, não tem cara de quem vá longe. Por outro lado, é o Cruzeiro, e isso já amplia as chances pela camisa que tem.

Espero, mesmo, estar errado. Mas acho o Cruzeiro o mais fraco dos brasileiros na Libertadores 2008. No papel, diga-se.

Até porque, sendo justo, não consegui ver ainda o Cruzeiro jogar este ano (só teve um também né...).

Aguardo uma surpresa positiva, mas...

abs,
RicaPerrone

Pé frio Tricolor

globo.com 
A torcida tricolor me perdoe, prometo não assistir mais pra não prejudicar.

Primeiro jogo do Flu no ano que não assisti (troquei pelo Gangsters no cinema) e o time goleia e desencanta. Tá, eu confesso, fiquei curioso... Agora tô esperando o Sportv reprisar aqui pra poder ver se o Trio funcionou mesmo.

Já que não vi, o mínimo pros meus novos leitores tricolores cariocas é deixar alguns dados do jogo, né?

Vamos lá:

- A posse de bola indica uma perfeita distribuição de jogo. Todos os setores igualmente utilizados
- Gabriel e Junior Cesar, os que mais acertaram passes.
- Thiago Silva acertou 13 lançamentos no jogo. Notável
- 90% de passes certos
- Acertaram 3 cruzamentos, erraram 17...
- O Flu fez apenas 10 faltas. Sofreu 25
- 60% de posse de bola
- 100% de aproveitamento sem que eu veja o jogo

Ps - Que golaço, hein Dodo?

abs,
RicaPerrone

A imprensa corintiana


Nunca, nem nos momentos de maior glória do alvi-negro, vi tanto questionamento sobre a imprensa e a puxação de saco pro Corinthians como vejo agora. Concordo com tudo isso, aliás, digo há anos em colunas, rádio e blog que existe uma enorme tendência a se puxar pro lado deles, porque vende, e vende mesmo.

Estando "do lado de cá", posso afirmar: A maioria dos jornalistas são corintianos. Mas, mesmo assim, muitos deles conseguem separar as coisas, outros não. O que não é diferenciado é o consumo, infelizmente para a maioria. O Corinthians vende, e é fato, muito mais do que o SPFC o ano todo, idem pro Flamengo em relação aos rivais no Rio de Janeiro. Obviamente, a imprensa, como uma empresa comum, vai procurar atender a maioria de seus clientes.

As vezes ela erra, grosseiramente até, quando manipula valores para destacar o que vende mais. Mas, além de ter aprendido como funciona tudo isso em 12 anos de profissão, aprendi também que muitas vezes se faz necessário pensar na grana e não na "cartilha". Certo? Errado? Não sei, mas às vezes funciona assim.

O caso da Globo especificamente, já questionei diversas vezes a puxação de saco deles. No epsódio da legenda, não concordo muito. Acho que são mais alvi-negros SIM, mas, entendo que não dá pra deixar o microfone da torcida do SPFC ligado, pois 95% das musicas são horríveis e usam violencia ou deboche de rivais. Talvez a Globo não tenha passado, mas a música que mais cantaram no Morumbi foi "Vai pra cima delas, Timão", e isso não foi pro ar com força e nem destaque, mantendo a mesma linha usada com o Tricolor.

Já vi muito programa de TV falar do Corinthians em dia de título dos outros. Já cansei de perceber que o Corinthians sempre perde, nunca o rival vence. Já me irritei com capas do Lance!, que considero ótimo jornal, mas não entendo os surtos de falta de critério que eles tem as vezes. A Gazeta, coitada, nem sempre é parcial. Mas ter um Chico Lang ajuda a rotular.

A Rede Globo sempre foi a MENOS PARCIAL delas todas. De alguns meses pra cá, talvez tentando segurar o ibope de uma das poucas torcidas que se interessam na alegria e na tristeza, ela anda puxando muito o saco do Corinthians. Uma coisa tem que ser dita: A postura da torcida deles ao comparecer, a campanha do "nunca vou te abandonar", as músicas e a presença na hora dificil são SIM dignas de destaque. Mas talvez exista um exagero também.

O que não me parece correto é rotular tudo e todos sem critério. O Neto, da Band, corintiano ou não, tem todo o direito de achar que foi falta. Assim como o Caio, que é tricolor, na Sportv disse achar exagerado o choro dos são-paulinos.

Opinião não faz de alguém sacana, mentiroso ou burro. Faz, talvez, com que você tenha a nítida certeza de que não concorda com ele, o que não implica nele estar errado e você certo, até porque, em 90% dos casos, o torcedor fala absurdos e julga só com o coração. Pra perceber isso é só puxar históricos de opiniões dos mesmos torcedores em questão de meses. Craque vira lixo, comentarista ruim elogia o time e vira exemplo e assim vai.

Existem os Kajurus, que na minha opinião falam o que o torcedor quer ouvir, e viram sucesso. Existem Jucas, que são corretos e ganham respeito. Existem Miltons, que fazem um show na TV e no rádio e viram alvo de ódio. Existem os Calçades, que falam bonito, que usam alto nível, que levam elogios, mas não se enganem...  muitos dos elogios vem da incapacidade do torcedor de entender, por exemplo, o que o PVC diz. 

Raramente se discorda dele, não porque ele é genial, mas porque o torcedor, em sua maioria, não tem nível pra discutir tática, e aí fica fácil também pro comentarista.

Veja bem: Os exemplos não são necessariamente o que penso. Eu adoro o Calçade,  PVC, o Milton, O Juca... gosto de todos! Mas entendo os estilos diferentes, até porque, o torcedor precisa de todos eles.

A questão é: A imprensa é corintiana. Ok, fechado.

Mas... será que ela é corintiana, e está errada em ser, só porque quer ou porque as outras torcidas consomem menos e aparecem pra consumir só na decisão?

Acho fácil bater, bater e bater.

Mas eu prefiro jogador que responde em campo do que aquele que briga na coletiva. Logo, cabe o mesmo pra torcida.

Se querem tanta atenção assim, mostrem pra imprensa que não se interessam só de vez em quando, assim apenas um lado estará errado. Hoje, sinceramente, a imprensa corintiana é tão errada quando aquela que só comparece na final e quer a mesma atenção de quem consome sempre.

Agora querem fazer coro xingando a Globo. E eu, novamente, não concordo. Simplesmente porque eu, pessoalmente, quando vou ao jogo grito pro meu time, não pra Globo colocar legenda. Se gritar alto, não precisa de legenda. Logo, ignore-a e grite pro SEU TIME, não pra TV.

A melhor forma de resposta ainda é "em campo", e não com palavras, complos e rotulos.

abs,
RicaPerrone

Carioca 2008 - Comparativo (3 rodadas)


Assistencias
 Botafogo - 7
 Flamengo - 7
 Fluminense - 6
 Vasco - 2

Catões amarelos
 Botafogo - 6
 Flamengo - 11
 Fluminense - 3
 Vasco - 5

Cruzamentos
 Botafogo - 65 ( 37% certos)
 Flamengo - 77 ( 30% certos)
 Fluminense - 97 (  31% certos)
 Vasco - 75 (  28% certos)

Desarmes
 Botafogo - 99
 Flamengo - 70
 Fluminense - 73
 Vasco - 54

Dribles certos
 Botafogo - 35
 Flamengo - 44
 Fluminense - 29
 Vasco - 43

Escanteios
 Botafogo - 9
 Flamengo - 8
 Fluminense - 11
 Vasco - 13

Faltas cometidas / recebidas
 Botafogo - 79 / 72
 Flamengo - 84 / 52
 Fluminense - 50 / 77
 Vasco - 58 / 67

Finalizações
 Botafogo - 55 (no alvo: 26 )
 Flamengo - 58 (no alvo: 26)
 Fluminense - 58 (no alvo: 20)
 Vasco - 63 (no alvo: 24)

Lançamentos
 Botafogo - 117 (certos: 53 )
 Flamengo - 117  (certos:  71)
 Fluminense - 128  (certos:  76)
 Vasco - 138  (certos:  76)

Passes
 Botafogo - 929 (87% certos)
 Flamengo - 1197 (92% certos)
 Fluminense - 1162 (92% certos)
 Vasco - 987 (90% certos)

Perdas de bola
 Botafogo - 118
 Flamengo - 99
 Fluminense - 113
 Vasco - 99

Posse de bola
 Botafogo - 36:36
 Flamengo - 52:12
 Fluminense - 48:10
 Vasco - 44:28

Rebatidas
 Botafogo - 47
 Flamengo - 26
 Fluminense - 30
 Vasco - 58

abs,
RicaPerrone

Polêmicas - Respondendo a centenas de e-mails


Pra mim:

- O lance do gol entra no patamar de "discutivel", mas eu não daria falta.

- O penalti no Dagoberto foi o pior erro do jogo.

- O outro penalti reclamado eu não vi ainda

- E o lance que mais me intriga sobre o arbitro é o amarelo do Joilson, quando no meu entender ele sofreu falta do corintiano e acabou sendo culpado.

Enfim, minha opinião sobre os lances é essa. Obrigado pelos e-mails. rs

abs,
RicaPerrone

A Globo, o Estadão, a torcida e a razão


Acabou o jogo e, em qualquer orkut da vida, percebe-se que torcedor é torcedor e não dá pra levar em consideração nem 10% do que se fala. Os corintianos não aceitam o erro, enquanto pros tricolores ele é clamoroso. O bom senso corre da arquibancada de forma assustadora, mas, enfim, é a graça do futebol.

A Globo virou culpada, afinal, ela mostrou musica do Corinthians na transmissão. O Estadão é um jornal ótimo, que disse ter sido no apito, enquanto pra fiel, um jornalzinho sem vergonha que não sabe fazer jornalismo.

É assim, porque é assim que tem que ser. A torcida surta, a imprensa trabalha e, em meio a tanta paulada sem critério, nem existe mais divisão. Jornalista ruim e bom virou tudo mesma coisa, e a imprensa é uma merda. Ela sabe menos do que o torcedor, inclusive no quesito: Como fazer jornalismo. rs

Vamos por partes.

O Estadão disse que não foi falta do Adriano. Eu diria? Na capa? Não. Diria, num local OPINATIVO que não foi. Na capa, não diria. Mas, como todos dizem que foi, nem se torna algo tão comprometedor. Os tricolores se deliciam, os corintianos odeiam o jornal, mas só por hoje.

Eu tenho um site do SPFC, e lá sim posso dizer que foi. Num jornal "imparcial", fica mais perigoso.

A Globo! Ah, a Globo! Essa é culpada por todas as crises do país, etc, etc. Mas, ninguém muda de canal.

Dizem que ela coloca musiquinhas na tela. Eu não sei porque vou pro jogo quando ele acontece.

Agora... mesmo também achando que a Globo dá uma puxadinha pro lado do Corinthians, não mais do que o Lance! por exemplo, se coloque no lugar do produtor.

- Vamos colocar legendas das musicas que as torcidas estão cantando em louvor ao time, sem violencia e tal. Vamos incentivar isso.

Bacana, bela atitude.

Mostraram as do Rio, com legenda. Porque cada uma fez uma música desse tipo.

Aí chegam em SP e vão mostrar num clássico. A do Corinthians tem uma linda musica que fala de um bando de loucos, etc. Ela coloca, como ela colocou dos outros do Rio que cantaram musicas sem violencia e nomes de torcida organizada. Aí eles tentam a do SPFC...

E ai?

Coloca o que na tela? Legenda pro Vai la vai la? Ou pro OOOOOOO São Paulo? Não, né? Letras precisam de legendas, gritos não. E isso, vejam bem, não diz respeito ao CORINTHIANS x SÃO PAULO. Diz respeito a 4 torcidas do Rio que fizeram isso, uma de SP que fez também, e a muito saudável ideia de se promover isso e não os gritos de pancadaria. Mas, quando a iniciativa não agrada um, ele a desmerece, seja ela coerente ou não.

Se passam no Rio e não aqui, "A globo é carioca". Se passam de uma torcida só, ela é corintiana. Se passar dos dois, tenham certeza, dirão que passaram mais alto a do rival. O Nilson Cesar sempre me disse que tinha torcedor que contava os "oooooos" do GOL dele na Jovem pan pra mandar e-mail pra direção. E eu, bobinho, não acreditava. Agora, menos bobinho, acredito em 100%.

E por favor... não me digam que o SP tem uma musica nova que fala de amor, porque nem 50% da propria organizada cantou direito, logo, não vai passar na TV. Quando cantarem, aposto, passará. E aí dirão: "só passaram porque nós reclamamos". Hum-hum... a Globo é burra.

Qual é a música cantada pela torcida do SPFC em coro que valeria uma legenda para destacar a letra que não tenha ofensas ao rival e nem violencia?

Nenhuma. Pra mim, tá encerrado o assunto.

O SPFC foi prejudicado por um arbitro. Ponto final. Isso não envolve imprensa, jornal e muito menos a porra da legenda da musica da torcida do Corinthians, que diga-se de passagem, é muito bonita mesmo quando eles cantam. Tão bonita quanto a do SPFC quando resolve aparecer na Libertadores e empurrar o time.

abs,
RicaPerrone

Avenida Richarlyson

Notem: (tempo do reloginho da globo)

5 min - Richarlyson volta pra marcar e deixa o Finazzi nas costas dele. Se o centroavante fizesse o obvio, 1x0.

37 min - Richarlyson foi marcar dentro da área e o Finazzi ficou livre o lance inteiro. Se alguém nota e joga nele, está sozinho de novo.

12 min - Dentinho recebe e tem espaço pra cruzar com Richarlyson na marcação.

30 min - Rogério pega, mas se ela passa por ele, reparem que o atacante do Corinthians passa na frente do Richarlyson e que em momento algum ele olha pro jogador, ou seja, se passa, ele faria o gol.

36 - Coelho "pula" sobre Richarlyson e entra na área sozinho... quase gol do Corinthians

Ultimo lance do Corinthians  - Reparem que existe novamente um jogador aberto nas costas do Miranda. Seria do lateral esquerdo ou faltou um zagueiro ali?

Enfim, porque eu separei estes lances?

Pelo seguinte: O Richarlyson, que fique claro, nào merece criticas. Ele não é lateral esquerdo, não é um puta marcador, e não sabe jogar com 2 zagueiros ainda improvisado na lateral. Na ala, alternando com Wagner, talvez. Como lateral, não. Acho que ficou claro pelos lances acima.

Pra que o video?

Pra demonstrar porque eu acho que o SPFC não deve mudar pra 2 zagueiros. Com 3, quem chegaria nessas bolas todas citadas seria o Miranda, e falalmente não aconteceriam desta forma. Haveria alguém na sobra, liberaria o Richarlyson pra atacar, e com isso até daria mais liberdade pros volantes, que não estão tendo o mesmo que em 2007 em virtude do sistema.

O 352 se mostra eficiente em times que tem alas ofensivos e volantes que saem pro jogo. Imagino não ter que explicar que este é o caso do SPFC.  Reclamar que faltam zagueiros também acho que não cabe muito neste elenco, logo, não gosto da mudança pro 442.

Enfim, está argumentada minha opinião de manter o 352 e o Richarlyson no meio. Mas, obvio, o Muricy tá vendo os erros e tentando arrumar. A discussão é: Vale a pena arrumar ou valeria mais a pena manter oque vinha dando certo?

abs,
RicaPerrone

Dados do clássico


- Alessandro e Perdigão foram os jogadores que mais deram passes certos no jogo
- Richarlyson e Joilson os "reis dos desarmes", com 7 cada.
- Richarlyson foi o jogador com maior posse de bola na partida
- Joilson fez 6 faltas, o mais faltoso do jogo.
- O SPFC teve 58% de posse de bola
- O SP fez 28 faltas, o Corinthias 25
- O SP errou 31 passes, o Corinthians 40
- O SP tentou 8 dribles, errou 7. O Corinthians deu 7, acertou os 7.
- O SP acertou 15% dos cruzamentos, o Corinthians 29%
- Em lançamentos, 65% pro SP e 42% de acertos pro Timão
- Alessandro, Perdigao e andre Santos foram os que mais erraram passes no jogo
- Adriano e Richarlyson os que mais "perderam" a bola

Posicionamento:
- No primeiro tempo o Corinthians atacou mais pela esquerda.
- No segundo, inverteu.
- O SPFC, por sua vez, dividiu bem o jogo e usou todos os setores quase que por igual
- A maior parte dos passes errados do SPFC acontece lá na frente, não na defesa

abs,
RicaPerrone

No apito e nas mudanças radicais


Não quero e nem vou comecar o ano criticando Muricy. Vou enfatizar que esta é uma aposta dele e que pode dar certo, mas, eu não o faria. Como citei abaixo, acho o "ideal" se manter um time e que os demais ganhem as posições, afinal de contas, o time está ganhando. Muricy não acha.

Claro que Adriano tem que jogar. Mas de pivô, igual Aloisio? Nao, não acho.

Fabio Santos, bom jogador, se faz tão fundamental ao ponto de recuar Hernanes, empurrar Richarlyson pra lateral, desfazer a dupla de 2007, mudar pro 442, tirar a força defensiva do time, prender mais os laterais e ainda deixar o time perdido no meio-campo, porque nenhum dos 3 volantes do SPFC são grandes marcadores, mas sim "segundos volantes".

Joilson, coitado, é ofensivo. Ta marcando, fazendo falta. Claro, ele não pode subir como subiria no 352. Junior renovou contrato pra assistir o Richarlyson na lateral, o que considero um grande erro.

Muricy pode estar testando tudo isso apenas. E acho que seria muito bom se ele disesse isso. Conhecendo o professor, fica dificil garantir que ele não pensa realmente em mudar pro 442 ou então usar esta formação como ideal. A gente nunca sabe, o Muricy tem idéias só dele, que complicam quem assiste.

NAda muda o fato: Foi no apito, e feio!!! Mas, o SPFC jogou muito mal novamente. Claro, são apenas 4 jogos. Mas, respeitando a ideia do Muricy, eu não mudaria tudo logo de cara.

Eu teria feito o que faz o Joel em 2008: Manteria o time e os demais que ganhem suas posições, afinal de contas, tá ganhando não se mexe.

Muricy opta por mexer pra voltar a ganhar. Boa sorte, mas... acho que vai demorar pra dar certo e pode desestabilizar o time uma má campanha no Paulista.

abs,
RicaPerrone

Aos poucos

Globo.com
Joel opta por "mudar aos poucos". Mantém a base de 2007 e vai colocando peças na medida em que elas se fazem necessárias. Posição se conquista, não se ganha de presente. O time segue com 3 volantes, dois laterais incrivelmente competentes no apoio e um centroavante que, se não é brilhante, faz gols e incomoda.

Claro, era o Duque de Caxias. Mas, se vale a analise contra Ituano, Caxias, Uberaba, Bragantino... vale também pro Duque de Caxias.

Ibson, este sim, o Dunga tem que pensar com carinho. Manda no time, no jogo, marca, apoia, faz gols, dribla... impressionante! E o Porto é, de fato, muito burrinho.

Novamente os elogios se repetem. Ótima aproximação dos meias e laterais, um time quase impossível de ser anulado em virtude do número de opçòes para atacar. Isso fica bem claro quando Leo Moura, Juan, Souza, Ibson, Marcinho e Souza vivem tendo chances de gols e fazendo alguns deles. Não é bola "pra um cara", é bola pra quem aparecer, e todos aparecem.

O Flamengo pinta forte, não porque bateu no Caxias, mas porque joga bem e mantém um padrão. O único time que podia usar o mesmo de 2007 era o SPFC, mas... não quer, logo, o Flamengo começa o ano muito mais entrosado e jogando melhor.

Quando Rodrigo, Kleberson e Maxi (que imagino de titular) entrarem... não sei não se a torcida do Flamengo não viverá um ano inesquecível. O time é, de fato, muito forte.

E Joel parece acertar na medida em que mantém a base e muda aos poucos.

Dados do jogo:

- Nem pra direita, nem pra esquerda. Novamente o Flamengo distribuiu muito bem suas jogadas e o campo todo foi quase que igualmente utilizado.
- 12 cruzamentos da esquerda, 11 da direita, também equilibrado.
- Só que da direita acertaram 7, da esquerda só 2.
- 58% de posse de bola
- 92% de passes certos
- 70% dos LANCAMENTOS corretos, o que é notável
- Juan e Leo Moura, os que mais acertaram passes
- Leo, disparado,o que mais ficou com a bola. Mais de 3 minutos.
- Juan foi o que mais errou cruzamentos.
- Determinante: Dos lançamentos errados do Flamengo, que foram 10, Bruno errou 8, que são tiros de meta. Ou seja, em todo jogo, o Flamengo errou apenas 2 lançamentos. Acertou 24.

abs,
RicaPerrone

Coisas que só acontecem com a ET

Primeira vez que eu e a Ana fomos cobrir o jogo desde cedo pela ET. Chegamos meio-dia, preparamos tudo! Vídeos, fotos, especiais, chegada, saída, notinhas, torcida... enfim... tudo! Ao chegar, notei que não consegui conexão. Esperei ela chegar, porque ela sempre fica nas cabines, eu sempre fico na arquibancada.

Ela chegou e descobrimos juntos que não tinha internet hoje no Morumbi. Show, já passava das 14h e nada do site ter conteúdo exclusivo do estádio. Então, em meio ao desespero da promessa não cumprida, pegamos as cameras da ET e saimos fazendo videos, fotos e pegando noticias de bastidores pra colocar depois do jogo.

Pior do que isso: Eu ficaria la até as 20h, atualizando tudo. MAs, sem internet e com o carro no meio da fiel, tive que sair faltando 15 minutos e voltei ouvindo gol anulado e tudo no radio. Quase bati o carro, mas enfim, voltemos ao pré jogo.

Sanchez, presidente do Corinthians, chegou e nós filmamos tirando sarro. Respeitando, claro, mas brincando dentro da linha da ET. A partir daí começamos a fazer vídeos mais divertidos pro internauta ver após o jogo.

Cara, é legal cobrir jogos. Mas eu não consigo... sei lá. Antes do jogo eu me viro, mas na hora eu não aguentei, subi e fui ver da arquibancada torcendo com o pessoal. O problema veio ai...

Fui subindo as escadinhas do Morumbi e passando. Na minha credencial está um ESTAÇÃO TRICOLOR bem grande, logo, corintiano não podia ver. Subi, subi, subi... e abri a última portinha pra cheggar lá em cima. Onde eu sai? Na amarela, com uns 40 corintianos em volta cantando e batucando.

Confesso: Eu gelei. Primeiro porque ao verem que eu passaria pra outra arquibancada eles perceberiam que eu era tricolor. Segundo porque a gente nunca sabe quem é ignorante e quem é torcedor. Eu, por mim, dava um tapinha nas costas e saia rindo. Nada contra, acho até divertido e como já disse aqui, respeito a torcida do Corinthians. Não é fácil ser "fiel" a um time desorganizado e que vive em crise, mas ainda assim eles prestigiam sempre. Enfim.

Fui andando... discretamente fingia que falava ao Celular e fui andando. Os caras tocando e eu batendo a mão na perna acompanhando o ritmo. Passei, virei de costas e tirei essa foto aí. Pronto, daí pra frente eu já estava em casa, com "os meus". rs

Faltando 15 eu fui embora e não vi Carlos Alberto estrear. Murro está com problemas de saúde em casa e não pode fazer rádio, enquanto a  Ana ficou lá fazendo vestiários. Estou em casa já, atualizando tudo, recebendo estatisticas e subindo vídeos. Isso enquanto assisto Flamengo x Duque de Caxias, que neste momento já está 4x0 fora o baile...

abs,
RicaPerrone

Surtaram?


Ok, 20 reais por um jogo de futebol, dependendo do jogo, considero justo. Um cinema custa 16, logo, 20 não é abusivo. Mas, contra o Macaé, 40 reais a arquibancada? Tem uma de 30, que fica atrás do gol.  

Ai a Federaçào do Rio ta pedindo pra despencar a média de público.

Ainda assim, bom que se registre, o público foi igual a estréia de Adriano no Morumbi, superior ao Corinthians na quarta-feira e aos jogos do Palmeiras e Santos até aqui.

abs,
RicaPerrone

Longe do ideal

Globo.com
Claro, foram 3 rodadas. Óbvio que se Renato tem que testar, a hora é essa. Os 3 atacantes, por característica, dificilmente darão certo. Mas é preciso testar.

O Flu de Renato ainda não tem cara, aliás, até tem, cara de perdido. Natural, a maioria dos times ainda estão perdidos.

A questão passa pela apatia e também pela forma de jogar. Com Cicero, o time cria, porque o Thiago Neves tem com quem dividir e os laterais com quem tabelar. Sem eles, com o trio, fica um buraco no meio.

Olhando as estatísticas do jogo fica claro. O Flu usou seus 3 atacantes mais pelo lado esquerdo, ou seja, jogam 3, e os 3 caem pelo lado do Lateral que sumiu o primeiro tempo todo? Não, não faz sentido.

Um deles tem que recuar e fazer um "Fernandão", e este deveria ser Dodô, que tem mais visão de jogo e que costuma ser um bom passador quando acordado.

Vamos aos dados, pra exemplificar:

- Flu teve 93% dos passes certos
- Arouca foi quem mais acertou passes, mas também o mais acionado do time
- O rei dos desarmes foi Gabriel, com 7
- Junior Cesar cruzou 11 bolas em meio tempo. Gabriel 4 o jogo todo, e Nery apenas uma
- Thiago Neves e Arouca foram os jogadores com mais posse de bola no jogo.
- O Flu acertou apenas 34% dos cruzamentos, porque os fez o tempo todo.

Dados de posicionamento:
-
No primeiro tempo, Arouca ficou pela direita e thiago Neves pela esquerda.
- Leandr Amaral mais pela direita, Washington pela esquerda e Dodo centralizado.
- No segundo tempo,Dodo pela direita, Leandro na esquerda e Washington no centro.
- Cicero caiu pra direita e deu a Thiago Neves o lado esquerdo.
- No total, Dodo pegou na bola por 22 segundos em todo jogo. O mais "sumido".

Enfim, o Fluminense precisa definir uma forma de jogar. Fica claro que Junior Cesar e Cicero dão qualidade ao time e melhoram no quesito "participação", porém, fica ofensivo demais, e os laterais não são marcadores, o que dificulta não levar muitos gols.

Apenas pra não deixar em branco... Que puta golaço do Thiago Neves. Coisa de craque.

abs,
RicaPerrone

Não, Juca...


Respeito muito o Juca Kfouri. Confesso não ser minha inspiração jornalistica porque não cresci vendo muito os seus programas, nem em Rádio, nem em TV. Acostumei com Jovem Pan, entre outros. Mas, respeito o que fez na vida, e o que faz pelo futebol. Não entendo, no entanto, que Jornalismo é ideal e não profissão, assim como não me cai bem essa coisa de achar que o café da manhã pode ser um complô ou que o vendedor de jornal pode ser um corrupto.

Hoje, em seu blog, disse que o SPFC sofreu um "golpe", referindo-se a mudança de estatuto.

Estive no CT hoje cedo e conversei com Jesus Lopes, pessoa que entendo ser o indicado para presidente nos próximos anos pois reune condiçòes de sobra pra isso. Ele discorda de Juca, e pelo que me foi passado, não é nada disso. Tenho parentes na oposição e ouvi quase o mesmo.

Alguns não são a favor, mas, não tem nada de Corinthians na decisao, como insinua o jornalista.

NO SPFC o poder muda, porque você não pode ser reeleito 2 vezes. Logo, em 6 anos você sai, o que já deixa bem longe dos moldes corintianos e alvi-verdes.

O SPFC não se faz grande porque troca o poder. Na verdade ha anos o mesmo grupo manda no clube, e isso não mudou pra pior, pelo contrário. Mudam os nomes, mas são os mesmos na verdade.

A oposição do SPFC não enche o saco porque não tem muito motivo. Tem merda lá também, claro que tem! Mas, no futebol ninguém mexe de forma pouco planejada.

A mudança indica, apenas, um ano a mais de mandato. Só! Não tem golpe, não tem nada que possa prejudicar o SPFC de forma grave. Tem, mas tem os prós igualmente.

Sobre a Taça de bolinhas, aí sim, concordo com o Juca.  Nem quero voltar a este assunto, mas acho que o criador da Copa União deveria manter sua palavra e reconhecer o que assinou embaixo. Já pensou se a criadora do Harry Potter um dia fosse contra "contos de fadas"? É quase por aí...  Passam os anos e se pisa no que você mesmo criou e defendeu.

abs,
RicaPerrone

O Timão de Mano Menezes


Em 3 rodadas o Corinthians fez...

- 79 cruzamentos, sendo 75% deles errados.
- 130 desarmes corretos
- 77 dribles, tendo acertado 70% deles
- 60 faltas
- 51 finalizaçoes, sendo 51% no alvo
- 67 lançamentos, sendo 50% certos
- 1021 passes, sendo 90,3% certos
- 5 assistências

E anda capenga pro lado esquerdo, como mostra o gráfico do último jogo.

abs,
RicaPerrone

Comparativo Carioca 2008


Após 2 rodadas...

Cartões:
Flamengo - 9
Fluminense - 2
Vasco - 5
Botafogo - 3

Desarmes:
Flamengo - 55
Fluminense - 60
Vasco - 35
Botafogo - 72

Dribles certos:
Flamengo - 35
Fluminense - 17
Vasco - 31
Botafogo - 27

Faltas cometidas:
Flamengo - 56
Fluminense - 32
Vasco - 39
Botafogo - 50

Finalizações:
Flamengo - 39 (no alvo: 16 )
Fluminense - 41 (no alvo:  13)
Vasco - 46 (no alvo: 18)
Botafogo - 39 (no alvo: 21 )

Índice de passes certos:
Flamengo - 92%
Fluminense - 91%
Vasco - 91%
Botafogo - 87%

Posse de bola:
Flamengo - 36:21
Fluminense - 34:14
Vasco - 31:57
Botafogo - 26:24

abs,
RicaPerrone

Fla x Cardoso - Stats

A imagem acima mostra onde esteve a posse de bola do Flamengo contra o Cardoso Moreira em 90 minutos. Ao contrário da estréia, onde tudo ficou muito bem distribuido, o Fla capengou pra direita.

Outros dados bacanas:

- 92% de passes certos
- Leo Moura, Juan e Jonatas, os que mais tocaram na bola e mais acertaram passes.
- Marcinho e Leo Moura os maiores finalizadores, com 5 cada. Mais do que Souza, com 3
- Leo Moura ficou 3:16 com a bola no jogo. O segundo, Juan, 2:05.
- O Fla fez 33 faltas, recebeu 17. Não tem necessidade
- Ibson e Marcinho foram os que mais "perderam a bola", com 7 cada

abs,
RicaPerrone

Bobinho o Juvenal

 
Os presidentes agoram mandam por 3 anos no SPFC. Teoricamente, não muda grande coisa. Dois anos eu confesso que sempre achei pouco pra se levar ao fim projetos a médio prazo. Mas, como no Tricolor a oposição enche o saco só da boca pra fora, não tem muito problema.

Agora... Porque a mudança?

Simples: Juvenal  ganha em Abril. Conta comigo aí: 2009, 2010, 2011. Ai entra outro em abril de 2011, que fica até... 2014. E quem será o presidente na Copa?

Juvenal de novo, porque depois de um mandato fora, pode ser candidato de novo. rs

Bobinho ele, né?  Mas, independente do motivo, a mudança faz bem ao SPFC, no meu entender.

abs,
RicaPerrone

 

Sem esforço


O Cardoso Moreira, convenhamos, não aguenta o tranco. Com um a menos, pior ainda.

O Flamengo não quis se esforçar, e até brincou de perder gols e de andar no primeiro tempo. Mas, nem precisava. A goleada surgiu naturalmente, até porque, o time é muito melhor do que o adversário de hoje.

O Fla tem pontos positivos e negativos:

O positivo é que os elementos surpresas sempre resolvem. O negativo é que como o time todo vem de trás, ninguém fica dando opção lá na frente junto do Souza.

O positivo é que a saida de bola, quando Kleberson estrear, será a melhor do país. O negativo é que o Joel tá gostando demais de volantes.

O positivo é que os laterais avançam e muito bem. O negativo é que pra isso melhorar se faz necessário 3 zagueiros ou 3 volantes.

O positivo e que o Joel sabe disso. O negativo é que o argumento contra os 3 volantes vai pro espaço.

Mais tarde falo das estatísticas do jogo. Por enquanto é isso.

Fácil, extremamente fácil.

Leo Moura, Juan, Ibson e Souza jogaram muito bem. Dos 9 reforços, diga-se, apenas 2 estrearam. Ou seja, o time ainda não entrou em campo inteiro.

abs,
RicaPerrone

Vale um click


Vale a pena conferir!

Cesar Neto, amigo e brilhante!

http://www.flickr.com/photos/cesarnetto/2216535357/

abs,
RicaPerrone

 

Lendas do carnaval - Pinah


Você conhece a Pinah? Não?

Neta, filha e agora mãe de sambista. A mineira Maria da Penha Ferreira, destaque da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, faz parte de uma realeza aclamada até por um nobre de verdade. “O príncipe Charles não chegou a tempo para o Carnaval de 1978, então o pessoal fez um minidesfile só para ele. Ficou encantado”, lembra Pinah.

Na época, a comunicação entre eles foi limitada: Pinah entendia poucas coisas, como quando o príncipe exclamava “wonderful, wonderful”. Ela trocou o Rio de Janeiro por São Paulo desde que casou com o empresário de origem árabe Elias Ayoub, em 1982.

Passa os dias entre ensinar os truques do samba para a filha Claudia, 9 anos, também passista da Beija-Flor, e administrar uma das maiores empresas de artigos de Carnaval do País, a Palácio das Plumas. “Tendo dinheirrrinha, fazemos qualquer negócio”, brinca Pinah, forçando um sotaque árabe. Neste ano, assim como nos últimos dez, ela desfilou como diretora da escola na Marquês de Sapucaí. E não pretende parar nunca. “Carnaval é uma das maiores maravilhas do mundo”, diz.

Há 30 anos é destaque na Beija-Flor, e há 30 anos é aplaudida em pé na Sapucaí.

Pinah teve a honra de , 1983, ser citada no samba enredo de sua escola. O enredo falava de "A GRANDE CONSTELAÇÃO DAS ESTRELAS NEGRAS", e em determinado momento a letra dizia:

Pinah êêê Pinah

A Cinderela negra

Que ao príncipe encantou

No carnaval com o seu esplendor

Pronto, agora você conhece a Pinah.

abs,
RicaPerrone

Não muito inteligentes

Quanto custa uma sala de imprensa? E uma internet banda larga? Mais do que o salário de 4 jogadores? Não, claro que não.

O Ituano é um dos times do país que insisto em dizer que são pequenos porque tem este dom. Não mudarão nunca, primeiro porque o futebol não é aberto a "novos grandes", segundo porque a mentalidade atrapalha.

Quantas vezes por ano o Ituano aparece na TV e mostra seu estádio? Uma?Talvez duas?

E nestas vezes, ao invés de dar condições e aparecer bem, fazer mkt, eles preferem improvisar tudo e deixar claro a limitaçào que tem.

Não tinha internet, não tinha muita tomada. A sala de coletivas foi feita assim (foto): Cavalete e durex na parede. A céu aberto, e com o motor do onibus ligado, ninguem ouvia nada.

Podiam falar da cidade, do time, do estádio. Mas não dava, porque quem quisesse escrever tinha que enviar no outro dia. Não havia conexão com internet no estádio.

Cabines minusculas, com 3 veiculos de imprensa em cada uma. Claro, eles não tem condições, eu entendo. Mas não entendo porque não fazem através da exposição de um jogo notável o canal para crescer. Desperdiçam, e seguem pequenos.

Assim são 99% dos times do interior. E assim será sempre que a ET for a um estádio do interior cobrir o jogo. Uma pena, pois adorariamos elogiar na volta. Uma banda larga e uma salinha de imprensa custam muito menos do que as propagandas da prefeitura colocadas nas cabines de rádio.

abs,
RicaPerrone

A rodada


- No Morumbi, Acosta fez uma pintura de gol. O Timão, pelo que vi, não foi mal e vai jogar de igual pra igual com o SPFC. Não vejo nenhum favoritismo do Tricolor neste momento, não pelo time, mas por estar formando uma equipe, exatamente como o Corinthians. A questão é: O SPFC forma um time pra ganhar, e isso demora. O Corinthians pra não perder, e isso é mais fácil.

- O Palmeiras venceu outra e já está perto da liderança. Luxemburgo ja mostra serviço porque as jogadas do Palmeiras se repetem, e isso é treinamento.

- O Flu venceu de virada, 3x2. Não vi o jogo todo, mas pelos gols do Fluminense é bom que zagueiro nenhum dê uma vacilada na frente deles. É muito talentoso o time, toca muito bem a bola quando quer e resolve com alguns passes diferenciados. Time perigoso. Se entrosar, complica pro resto.

- O Fogão também venceu, e bem. Este eu nao vi nem os gols ainda...

- Hoje tem Flamengo, e este eu assistirei.

abs,
RicaPerrone

Entre erros e acertos...


O Tricolor 2008 não tem cara ainda. Ontem Muricy testou o 442, sacou Dagoberto, deixou 2 centroavantes e alternou Richarlyson mais recuado com os avanços dos zagueiros. Não, não deu certo.

O time foi mal, criou pouco e se perdeu quando tinha a bola. Me custa crer que este time vá se adaptar ao 442 tendo 2 volantes que mais apoiam do que marcam e 2 laterais ofensivos. Na minha opinião testar o 442 é meio perda de tempo, mas... de repente ele está fazendo isso apenas para ter opçao durante os jogos.

Não concordo com a saida do Dagoberto, pois ele abre espaço e busca jogo, coisa que o Borges não consegue fazer. O Adriano será sempre muito marcado, e por isso o outro atacante deveria ser alguém que usasse os espaços vazios que ele cria, não que fique plantado do lado.

Souza, que pra mim deve ser titular, jogou bem e deu ao Tricolor opção pela direita. O time jogou muito pelo lado direito, coisa que acontecia raramente em 2007.

Entre erros e acertos, Muricy faz testes. No final do jogo diz que gostou, mas é claro que e mentira. O time foi mal. Mas, terceiro jogo, PAulistão... tem mais é que usar pra teste mesmo.

abs,
RicaPerrone

Correria


Bom, pra quem é tricolor e visita a ET dá pra imaginar porque estou meio lerdo no blog. Está impossível fazer os 2 no mesmo nível, isso sem contar as demais atividades que tenho. Mas, enfim, devidamente esclarecido o "atraso" nos comentários, vamos aos posts. rs

abs,
RicaPerrone

Republicando

 

Há 2 meses publiquei esta linda foto em meu blog. Um internauta me enviou dizendo ser dele (sem dar seu nome real, mas me autorizando a divulgar), eu confiei e coloquei aqui. Passadas semanas, alguém me mandou outro e-mail alertando que a foto era de uma outra pessoa e que havia sido "roubada". Logo, procurei o dono dela, me desculpei por também ter sido enganado e publiquei os créditos. (Eu não guardei o e-mail do cara que enviou a primeira vez pois nem imaginei que poderia ser algo "roubado")

Mas, como o post já havia saido da tela inicial, vou republicar e com os devidos créditos e pedidos de desculpas, mesmo não tendo intenção e tendo sido enganado por um leitor mal intencionado.

Créditos: Rafael Cotta.

abs,
RicaPerrone

Dados


Hoje tive tempo de abrir as estatísticas de Flamengo x Boavista para poder analisar alguns dados. Deles, tirei algumas coisas curiosas:

- O Flamengo distrubuiu muito bem o jogo. O percentual de tempo de bola por área do campo foi quase dividido, estando muito bem distribuido entre laterais, meio e ataque.

- Leo Moura, Juan e Ibson foram os mais acionados, pra variar.

- Ibson foi quem mais errou passes, com 7.

- Renato Augusto, mesmo jogando menos tempo, foi o driblador do jogo, com 7 dribles. Altissima media pra uma partida.

- Ele também foi o que mais desarmou, 5 vezes.

- Leo Moura foi quem mais tempo teve a bola nos pés. Quase 4 minutos, outra média absolutamente acima do normal.

- O Flamengo acertou 91% dos passes que fez no jogo.

- Fez 23 faltas e recebeu 20.

- A posse de bola no jogo foi de 70% para o Flamengo.

abs,
RicaPerrone

Resposta


Resposta a minha coluna que um torcedor chamado Fabiano colocou na internet. Muito interessante, bem feita, apenas tenho a relatar que, diante do que me conta, és um participante, logo, não está incluso nos criticados.

 As vezes o torcedor tem dificuldade de entender que a critica não se faz em "ir ou não ir". "Poder ou não poder", mas sim aos que não fazem porque não querem, o que é direito deles, mas usam o clube para alvo de sua ira pessoa. Aqueles que não viram, mas que criticam. Os que não foram, e questionam os demais que também não foram. Enfim, os contraditórios, não os que coerentes.

Mas, enfim...  segue:

Eu te amo! E isso é o que interessa...

- Vamos pro jogo, Careca?
- Qual deles?
- O do Paulistão.
- Ih, mas tem o jogo da Copinha que é aqui pertinho.
- Eu sei, mas o do Paulistão é a estréia do Adriano.
- É, mas a molecada tá numa fase decisiva e joga contra o Grêmio. Depois, tá chovendo, tá frio e o Morumbi é longe pacas.
- Mas você tem carro né?
- E por acaso o carro anda sozinho? Aqui da ZN até o Morumbi tenho que colocar pelo menos 30 reais de gasolina. Deixo o carro no Shopping Butantã e mesmo dando o perdido para não pagar o estacionamento tem a caminhada até o estádio.
Pra tomar uma cerva e comer um pernil vou gastar mais uns 20 reais. Contando o ingresso dá um total de 70 reais. Isso se eu não levar o moleque, e eu não vou aos jogos sem ele.
- É, concordo com você.
- E ainda tem gente que diz que o torcedor tricolor é modinha.
- Pode crer. Vamos no jogo da Copinha então. É só atravessar a Fernão Dias e a gente pode deixar o carro na casa da Nilda, que mora lá perto.
- E o detalhe é que a gente não vai pagar nada. Só a chuva é a mesma.
- Pô, esses caras da Federação tão de brincadeira. Os dois campeonatos são deles e eles dão uma mancada dessa.
- É, Edú, deveriam ter colocado o jogo da Copinha como preliminar do jogo do Paulistão. Aposto que teria mais gente vendo, já que uma galera ia querer incentivar os moleques.
- Pode crer, Careca, por essas e outras que o o torcedor é tratado como se fosse lixo.
- O importante é que a gente ama o nosso Tricolor, e isso é o que interessa.
- Quando voltar eu "entro" no Orkut pra ver a reação da galera sobre as duas partidas...


3 horas depois:
Edú diz:
imbecil são esses caras que criam tópico pra criticar a torcida, generalizando indiscriminadamente...

3 horas e meia depois:
Edú diz:
a gente não tem que provar nada pra ninguém e nem precisa de campanha de marketing pra sustentar um time falído e mostrar que estamos com ele na segunda divisão.

4 horas depois:
Edú diz:
a vitória contra o Rio Preto foi apertada. mas tb os times do interior estão treinando a uns 2 meses. a gente tá se acretando aos poucos e somos os únicos dos grandes em primeiro na tabela. a gambazada voltou à realidade. a carruagem virou abóbora.

5 meses depois:
- Edú, onde vc tá indo?
- Tô indo comprar o ingresso pro jogo da Libertadores, com a grana que eu juntei.

Isso tem nome, chama-se realidade do torcedor brasileiro.
É ele quem junta grana e deixa de comer o pão, pra ver o "filé" das competições de futebol.
Ele que junta uns trocados pra tomar pelo menos uma latinha antes de entrar no estádio.
É ele quem coloca o RG no bolso, junto com o ingresso e os trocados, só pra não carregar a carteira, pra não chamar a atenção.
É ele que se pendura na porta do ônibus, pra chegar o quanto antes em casa, e toma borrachada nas costas da PM.
É ele que aos 15 anos de idade quase apanha de 20 torcedores "organizados" enquanto espera seu ônibus de madrugada, no Terminal Pq. Dom Pedro, após ver o São Paulo campeão da Supercopa da Libertadores.

Existem várias formas de ser campeão: e a do torcedor de futebol sofrido é uma delas.

Por isso antes de julgar covardemente e aproveitar a oportunidade de fazê-lo confortávelmente de sua sala, pense que o futebol é de todos.

Saudações Tricolores!!!
Fabiano
Os tricolores deste domingo


Primeiro tempo: Muricy usou 3 atacantes, achando que o Rio Preto poderia sentir o golpe. Não sentiu. Meteram 3 em cima do Adriano, o Borges não chama muito o jogo e, sem muitos criadores na meia, o time não fez a bola chegar. O Rio Preto idem, nem assustou muito.




Segundo tempo: Souza na meia, e o time no 442. JWagner virou meia, Souza do outro lado, os volantes foram volantes e o Adriano chamou o jogo. Pra marcar? Não, pra deixar o Borges livre. Quase deu errado, porque com 2 zagueiros o SPFC se confunde na marcação e o Rio Preto não fez 2 gols porque o SPFC tem o melhor goleiro do mundo hoje.

Mais a chegada de Junior, as poucas chances de gol e um golpe de sorte que superou o de capricho de Borges. Souza, que entrou pra aproximar o meio do ataque, foi ate a pequena área pra completar um erro. 1x0, e tava bom demais.

Se pra muitos o resultado e a atuação merece criticas, entendo que antes do sexto ou sétimo jogo fica dificil ter idéia. Muricy vai demorar pra arrumar o time, mesmo tendo perdido apenas 1 peça. Ele precisa encaixar Juninho, Joilson, Adriano e, talvez, Carlos alberto. Não vai ser fácil.

Desta vez, assim como tem nas mãos a faca, o queijo e o ralador pra levar o caneco, tem também o agradável problema do número de opções. Ele pode errar, mas tem prazo. Se nas oitavas da Libertadores o erro ainda estiver ali, o prazo esgota e lá se vai a paz. Mas não é hora.

Os testes são precisos e a hora pra faze-los é essa. Se for errar, que erre contra o Rio Preto.

abs,
RicaPerrone

Souza, fundamental?


Souza não é brilhante. Nunca foi, nunca será. Não joga mais do que o Ronaldinho, nem mesmo do que o Valdivia. Mas, tem algumas coisas sobre este jogador que muitos não sabem e deveriam saber.

Ele não está no SPFC a toa. Chegou lá jogando bem. Ao chegar, foi encostado. Depois virou um meia que mudava os jogos quando entrava na Libertadores de 2005, onde fomos campeões. No Brasileiro, foi quase titular, de tanto que o time usava o mistão. No Mundial não jogou, mas até a noite anterior ao jogo, jogaria. Autuori usaria 2 zagueiros e o Souza na meia direita para impedir o avanço dos meias do Liverpool. Graças a Deus mudou de idéia e usou Edcarlos.

Souza não ganha mais do que 50 mil, e é pouco perto do que ganham outros recém-chegados. Souza recebeu oferta de 100 paus pra jogar no Grêmio, e balançou. Ele não ligou pedindo aumento pra diretoria, mas quer ficar. Talvez ele ache que mereça ganhar um pouco mais, e se achar, aqui alguém que concorda.

Ele está lá desde 2003, só ele e o Ceni. Em 2005 foi fundamental. Em 2006, um dos melhores do time. Hora de se firmar? Não, de quebrar galho e ajudar o treinador.

Foi lateral, foi volante, foi questionado e jogou meses machucado. Falou que estava contundido? Não, porque isso podia prejudicar o dep. médico se acontecesse algo mais grave e porque o Muricy queria poupar o jovem Jackson. Fez pelo grupo, e aguentou vaias calado. Foi pro banco, e assim terminou o ano.

Eu converso com ele em off, e ele quer ficar. Este adora o SPFC e tem gratidão pelo clube. Entende que a torcida é assim mesmo e amanhã o aplaudirá quando fizer o gol. Mas ele está ansioso por uma decisão.

Souza não faria uma diferença brutal se saisse do time. Mas faria se saisse do elenco. Porque?

Porque quando o Souza entra, o treinador adversário nunca sabe onde ele vai jogar. Porque ele joga em todas, e porque ele não tem um padrão de jogo que seja facilmente anulavel por um esquema tático.

Souza é util, é bom pro grupo e diverte a torcida quando fala. É boa pessoa, não costuma causar problemas e tem noção do que já representa.

Ganhou titulos e mais titulos aqui, todos com sua ajuda. Foi vaiado, aplaudido, como todos que atuam em time grande.

Amanhã ele pode deixar o clube, e só assim sentiremos a falta de termos um lateral, volante, meia, atacante, ponta e são-paulino no elenco. Souza não vale apenas o passe de um bom jogador, até porque o SPFC ficaria com pouco da venda, pois não pertence ao SPFC nem em 50%. Não compensa.

Que fique, e que venham os merecidos aplausos, as merecidas vaias, mas sempre com o merecido reconhecimento. São poucos os que ganham e ficam. E Souza é um deles.

abs,
RicaPerrone

As rodadas

 
- Na Vila, 0x0. Nada de anormal. O Palmeiras monta um time e o Santos ainda tenta começar a sonhar com isso.

- O Timão perdeu, e feio. Não me encanta o São Caetano, mas, mesmo perdendo, o Corinthians é muito mais time que em 2007 já. Tem alguma cara, algum tipo de característica e parece ter noção que não tem time, o que já é um começo pra se reerguer.

- O SPFC não foi bem, poderia até ter perdido. Mas, segundo jogo... enfim, não dá ainda pra julgar muito não. Falo mais no próximo post pois foi o jogo que acompanhei de perto.

- O Flamengo jogou mal, e acho que o esquema mais defensivo que deu certo no Brasileirão não se faz necessário no Carioca. Mas, como não vi o jogo todo, fica complicado analisar algo tático.

- O Botafogo venceu, e mesmo sem suas "estrelas" de 2007, parece ser um time com vontade, bem montado, a cara do Cuca. Gostei menos do que do Flu, e mais do que imaginei que ia gostar pela escalação.

- Inter e Grêmio, infelizmente, não tive como assistir.

- Que golaço do Thiago Neves. Joga muito o garoto!

- A opção de usar o Acosta mais adiantado... sei lá, me parece interessante, mas... ainda prefiro como era no Nautico, vindo de trás, como Fernandão no Inter.

abs,
RicaPerrone

Retrucando


Hoje cedo coloquei esta coluna no ar e, como sempre, surgem os tricolores que entendem que eu trabalho com isso, logo, não posso ser macaquinho de circo e fazer o que querem ouvir. Outros acham que por ser tricolor eu devo enfiar meu diploma e minha profissão no rabo e bater palma pra louco dançar. Esquece, eu já elogio demais o SPFC todo santo dia cuidando da ET e isso raramente é notado, mas quando há uma critica, logo notam que fui eu. Mas, enfim, vamos aos argumentos.

- Dizem que eu defendi a Independente, e isso é um erro. Bom, quanto a brigas e musicas eu condeno, sempre condenei e mesmo tendo bom relacionamento com pessoas de lá, eu sempre disse até pra eles que não concordo com algumas coisas, mas, em relação a COMPARECER, eles tem ao menos o direito de vaiar ou apoiar, já que participam.

- O foco da coluna, pra alguns que não entenderam, não pega quem VAI OU NAO VAI. Isso é direito de cada um. O que me irrita pra cacete é quem não vai, não participa, não compra nada do SPFC, e usa a semana inteira pra encher o saco do time na internet ou quando aparece 1 vez por ano no jogo. ESSE é o problema, não o cara não ir. Quer ser um torcedor que só acompanha, ótimo! Mas ser um fanático quando ganha ou pra meter o pau e ser um acompanhante quando precisa ajudar, desculpa, pra mim é oportunismo."

- Quer dizer que constatar fatos virou FALAR MAL? Hum, entendi. Então me explica: O SPFC jogou o que seria um "segundo escalao" do Paulistão no começo da decada de 90. O time estava em crise, jogando quase uma segundona de estadual. Eu fui la, ninguem me contou. Sabe qual era o publico? 200, 500, 1000 pessoas. Eu vi, ninguém me contou. Cade a hipocrisia em dizer que eles somem quando o bicho pega?

- Outros rebatem dizendo que em 2005, 2006 e 2007 tivemos otima media de publico. Eu respondo, com todo respeito: Porra, só faltava não ter!!! O time ganhou 2 nacionais, um estadual, 2 finais de Libertadores! Se a média no fim  do ano não for boa é melhor desistir mesmo e criar uma time de basquete.

- Outros compararam com as estréias dos demais. Vejamos... não foram um show. Mas quem estreou Adriano? Quem contratou 3 caras de alto nível? Quem foi campeão Brasileiro? Quem é o favorito? Sorry, essa não me convence.

- Dizem que choveu. Ok, e a venda antecipada de 5 mil ingressos é porque todo mundo acorda e entra no climatempo? Tá, conta outra. Quando é Libertadores ninguém quer saber se vai chover daqui 3 dias.

- E pra encerrar, quero ser bem franco com vocês, tricolores que sao maioria do meu blog: Eu não preciso ficar dizendo o quanto eu amo esse time. Não sou mais tricolor do que ninguém, mas eu defendo o que amo, e me revolta ver que o SPFC as vezes vira um parente de Natal. Sabe aqueles que voce bate nas costas só no dia 24 de dezembro e depois aparece pra dizer que ele é seu primo quando o cara fica famoso? Então, é isso que o SPFC recebe de muitos torcedores.

A questão não é ir ou não ir, mas sim o índice de reclamação comparado ao indice de participação. É a torcida que mais cobra, e a que menos comparece. É a maior da internet, e a menor no estádio. Isso é dado estatístico historico, não a opinião deste jornalista que lamentavelmente, pra alguns, tem que ser ou tricolor ou jornalista.

Enfim, eu respeito os que discordam, mas quero deixar bem claro que o texto abaixo se refere aos que USAM O SPFC PARA CORNETAR, APARECER, RECLAMAR e se dizer parte de títulos e conquistas que, com muito suor o time conquista. O direito é de todos, mas a hipocrisia tem ficado pesada nos últimos anos.

Eu costumo olhar pra isso da seguinte forma: Em 2006, quando o SPFC viveu um primeiro semestre complicado, me lembro que alguns amigos meus pagaram o que não tinham pra ir lá tomar chuva em jogo de 2 mil pessoas pra virar contra o guarani. Que não vaiaram ao perder pro Noroeste e que se mataram pra conseguir grana pra irem em 20 jogos em 6 meses. Aí, na final, 3 idiotas apareceram do nada, chegaram em cima da hora, sentaram na nossa frente e , com 2 minutos de jogo, começaram a cornetar o time. É isso, a sensacão é essa.

No final das contas, quando pra muitos parece que quero xingar, reclamar ou agredir alguem, o unico objetivo que existe por trás da ET, das criticas que faço e da minha perseguição a essa postura da torcida é que o SPFC, um dia, tenha na arquibancada aquilo que ele merece. E que voces, tricolores, não tenham que andar sempre com o rotulo de torcida de final, porque isso me magoa tanto quanto a voces. Mas entre me magoar e eu desmentir... vai uma grande diferenca.

abs,
RicaPerrone

Coluna ET
Coluna do RicaPerrone: "Eu te amo! Quando me interessa..."
Fonte: Rica Perrone

- Vamos pro jogo, André?
- Que jogo?
- Do São Paulo!
- Contra quem?
- Rio Preto, mas é a estréia do Adriano...
- Ah nem vo cara, ta chovendo.
- Mas tem numerada..
- Mas vou lá ver o que? Nem é final pô...
- Sim cara! Mas vai ter camisa nova, o Adriano!!! Meu, o Adriano!!!
- Eu já vi ele jogar na TV, e além do mais, nem sou tão fã dele assim.
- Ta, então vá ver o Rogério...
- Ah, esse eu vejo todo dia!
- O Dagoberto?
- Não... já tava ai....
- O Joilson?
- Não.... quem vem do Rio é ruim, nem me importa quem seja...
- Então vai pra se divertir?
- Não cara, é começo de campeonato, não to no pique ainda...
- Pô André, a gente foi campeão Brasileiro, compramos um cara de 100 milhões ai pro time, lança camisa nova e voce não vai no jogo?
- O Morumbi é longe...
- Ah, e na final não é?
- É, mas ai né.... sabe como fica o estacionamento...
- Porra André! Mas pra ir no show de qualquer banda voce pega o triplo de fila e vai!
- Mas os caras são os caras né!
- Tá cara, fica ai então vendo TV e... Mas peraí cara, você não tem Pay Per View!
- Não...
- E vai ver o jogo como??
- Vou acompanhar pela bolinha que aparece na Globo...
- Ah... mas você nem fica curioso pra saber se jogou bem, como foi, quem foi bem?
- Não... depois eu ouço os comentários e já sei tudo
- Caraca irmão, você é um alienado mesmo. Vai dormir que você ganha mais...
- Que dormir o que? Vou pro Orkut...
20 minutos depois:

André diz:
Palhaçada essa torcida mesmo! [2]

23 minutos depois:

André diz:
Depois falam que é feio elogiar a torcida do Corinthians.... olha aí o publico! Menos de 5 mil vendidos...
2 horas depois:

André diz:
Como pode??? Não goleou o Rio Preto??! Puta merda, esse Muricy ta viajando!
6 meses depois:
- Filho, onde voce vai tão cedo?
- Receber o time no aeroporto mãe!!! A gente é campeão da América!!!!!

Isso tem nome, se chama OPORTUNISMO. Não por ter a obrigação de ir, ou por ter o direito de não querer comparecer. Mas, pelo nível de exigencia imposto por você, torcedor tricolor, o mínimo que você deveria fazer pra poder cobrar 20% do que cobra é participar.

Tem duas formas de ser campeão: Olhando ou participando. Eu prefiro a segunda.

Abs,
RicaPerrone
A estréia do Flu 2008


Claro, o Cardoso Moreira não é um grande time. Mas, se defendeu até que bem, até porque usou os 11 pra isso. O Flu, sem ritmo e claramente desentrosado, fez uma boa partida pra uma estréia.

Renato trocou David por Cicero, e ele marcou. Tirou Nery e colocou Junior Cesar e de lá veio a jogada do gol de Thiago Neves, que joga muita bola.

Washington marcou, mas o juiz anulou. Um erro, porque a jogada foi legal.

O Fluminense não tem uma cara ainda, e seria um abuso se já tivesse. Mas tem, e com alguma sobra, técnica no elenco. Os 11 jogadores em campo, inclusive quando substituidos, sabem jogar futebol. E quando digo que sabem implica, apenas e simplesmente, que não são brucutus burros que só sabem correr ou dar porrada.

Gostei do que vi. Falta muito, mas gostei da estréia.

Ah, os 32 mil pagantes também valem registro.

abs,
RicaPerrone

E ainda há quem defenda

 
Quinta-feira, quase 22h. O time na série B do Brasileiro, em crise, sem grandes jogadores, e lá estão 30 mil fiéis para apoiar na estréia do pífio Paulistão.

Quinta-feira, 19h30, em Barueri, ou seja, outra cidade, e lá estão 9 mil palmeirenses para ver o time.

Domingo, 16h, Morumbi. 5 mil ingressos vendidos para ver o campeão Brasileiro que terá um jogador de 100 milhões de dólares em campo, que já venceu na estréia, e que ainda conta com 4 reforços no elenco.

Eu tenho um site do SPFC e sei o quanto desmotiva fazer qualquer coisa pra torcida do SPFC. Odeio dizer isso pois quando digo chove tricolor dizendo que eu deveria tapar o sol com a peneira por ser tricolor. Mas, não penso assim. O que é ruim tem que ser dito, e a torcida do SPFC é a coisa mais infiel e oportunista que já vi no futebol. 

Qual o motivo desta vez? Falta jogador? A fase é ruim? Ou será que o horário complica sair do trabalho no DOMINGO A TARDE?

O Morumbi voltou a ficar longe? Pois em dia de Libertadores ele é ali do lado

Ou será que o time é fraco demais para atrair estes exigentes torcedores de ocasião?

É curioso como a nação tricolor, que entope orkut e sites, vive metendo o pau em algumas coisas da Independente. Eu também não concordo com eles em algumas, até ai, ninguém concorda com ninguém em 100%. Mas, todo jogo os caras tão lá. Sabe aquela de "antes de criticar me supere"?  Então, antes de encher o saco deles, aparece lá também e faz o seu. Porque eles vão, todo jogo!

Me desculpem os fieis tricolores, mas num geral, a torcida do SPFC não merece o time que tem.

E aplausos a fiel corintiana, porque esta sim, na alegria e na tristeza, lá está. Erra, como todas, mas... historicamente, comparece e ajuda.

Se o SPFC caisse pra série B, a camisa vendida promocionalmente deveria ser: "Volto a te amar quando na final estiver".

Amanhã era jogo pra 50 mil pessoas. Será pra 15...

abs,
RicaPerrone, puto!

Troca-troca?


O Santos quer elenco em troca de Kleber. Convenhamos, pela qualidade do cara, pode enviar Maurinho, Hugo, Francisco Alex, Junior, Roger e quem mais estiver dando sopa no CT.

Seria uma ótima chance de se livrar de algumas "tranqueiras" e ainda ter um jogador diferenciado no elenco. Se o Leão topa, ótimo! Azar dele.

Souza eu não liberaria de forma alguma, e o Junior só se for em troca de outro lateral, como é o caso.

Os demais, podem ir correndo que não mudam nada pro SPFC.

abs,
RicaPerrone

Reforço alvi-verde

 
Léo Lima deve jogar no Palmeiras.

Ele chega hoje e assina contrato. Faltam detalhes para assinar, mas o jogador tem tudo acertado e já deve estar a disposiçao do Luxemburgo na semana que vem.

Abs,
RicaPerrone

"O cara"


Sabe quando eu digo que todo grande campeão, ou quase todo, precisa ter "o cara"?  Não que ele seja um extra-terrestre, muito menos que resolva todo jogo. Mas, que resolva alguns deles, de preferência, sozinho.

Aquele jogo onde o time não se entende, talvez numa estréia, talvez ainda sem ritmo. Aí surge "o cara", e ele decide dar um drible ou um chute sem defesa. Pronto, jogo resolvido, 3 pontos na conta e paz pro time na semana.

Lembra do Amoroso? Então, "o cara". Chegou, fez o dele, arrebentou, resolveu jogos, meteu gol em final e semi-final de Libertadores, resolveu o jogo na semifinal em Tóquio e comeu a bola nos clássicos.  Era isso, ele veio pra isso.

Existem jogadores que jogam bem o ano todo e conseguem atingir um patamar. Outros jogam muito bem em alguns jogos e conseguem outro. E existem "os caras", que não se importam em ser regulares, as vezes nem se importam muito com o esquema tático nem com a forma que anda jogando. Mas, quando a coisa fica feia, ele resolve sozinho em alguns casos.

Adriano é "o cara". Aliás, um dos raros "caras" no Brasil.

Tava feio, o time não se entendia, era estréia, sempre complicado. Aí o rival faz 1x0, e corre uma barbaridade tentando impedir o óbvio.

As jogadas não saem, a bola não chega, a coisa tá feia. Vamos ouvir vaias por perder na estréia? Não, porque tem "o cara".

Que assim seja... quando der, ótimo. Quando não der, "ele" resolve.

abs,
RicaPerrone

O rei dos prejuizos


Campeonato estadual é algo mais romantico do que atraente. Antigamente era legal, porque tinha time forte no interior. Hoje, convenhamos, não tem mais grande coisa. De vez em quando aparece, mas é raro.  Antigamente você ia a Rio Preto e ganhar do América era complicado. Hoje, jogando mais ou menos, você sai de lá com 3x0 e a sensação que cabia mais. Idem para 90% dos clubes pequenos, que não aguentam mais.

E não aguentarão mesmo. O Brasil segue achando que poderá ser o único país do mundo onde ao invés de ter 40 times, sendo 5 fortes, 5 medios, 10 menores e o resto, terá 12 grandes, 20 medios, 200 pequenos e 900 micros. SOnho, que acabará logo logo.

Mas, falemos dos estaduais. Existem varias formulas de disputa. Desde a mais complexa a mais simples. Disparado, sem medo de errar, o carioca é o ideal. 2 grupos, todos se encaram, em 5 rodadas tem semifinal, todo jogo vale, casa cheia, não cansa time, são apenas 15 jogos pra quem for as finais e pronto! Deu lucro, ibope, moral pro time e foi emocionante.

Do outro lado vem o Paulistão, o pior de todos. 19 jogos!!! Repito: 19 jogos!!! Isso na primeira fase, pra depois ter semifinas e final, onde finalmente surgirao mais do que 10 mil pessoas no estádio e alguém se lembrará que ele existe. Até lá, tenham certeza, o óbvio acontecerá. Os grandes ganham, um deles em crise, outro médio, 2 na frente. No final, 3 deles se classificam e um azarão. 19 rodadas, só pra chegar onde o Carioca chega em 5, com publico alto, clássicos, objetivo e disputa desde o começo.

Estadual é algo falido, que nem o torcedor comemora muito. Quando ganha nem pras ruas a torcida vai mais, porque ninguém é cego, só a FPF, que acha que tem 20 times em condições de disputar campeonato forte. Sem chance, tem 8, no máximo.

O ruim do Carioca é que lá tem 5 times, não 8. Mas, mesmo assim a formula faz com que haja um titulo em disputa depois de 4 semanas, sendo que dentro dela haverão 2 clássicos, ai vem semifinais, com penaltis e tudo, e final. Depois mais 6 rodadas, e tudo de novo. Deveria ser assim, padrão em todo país.  12 na seria A do estadual e pronto. Os outros se matem o ano todo pra conseguir vaga, e não façam o afronto que fazem com os maiores.

Porque afronto?

Sim, afronto! Não a moral e nem a ética, mas ao cerebro. Querem que os clubes invistam. Ok, investiram alguma coisa. Imagine você, torcedor, que o SPFC se matou pra trazer o Adriano, jogador caríssimo. Sabe contra quem ele jogará 80% do seu periodo de SPFC? União de Araras, Mogi Mirim, Rio Preto, Rio Claro...

Valeu? Não! A torcida quer Adriano x Cruzeiro, no Morumbi com 30 mil, não contra o Mogi com 5 mil pessoas.

É o desperdício de 3 meses. Cansa jogador, cria crise em time se formando, não atiça ninguém, leva  2 meses e meio enchendo linguiça pra depois ter 2 semanas de algo chamativo. E isso é o que oferecem para os clubes em troca de investimentos. Como se alguém precisasse investir pra jogar isso. Fica claro porque os que jogarão a Libertadores investem 10X mais que os outros?

Espero que sim.

E começou! Faltam só 18 rodadas e meia pra ter o que interessa... e futebol de alto nível.  Sábado tem carioca, e no outro sábado, se perder, tá fora.

abs,
RicaPerrone

Luxemburgo e suas manias

Luxemburgo já fez de Valdivia um Alex. Ele não marca, e vai jogar mais perto do gol.

Fará do Pierre alguém que marca e passa a bola pro lado, onde o Martinez ou o .... (não posso contar ainda) lança com qualidade ao ataque.

Os laterais, e Leo da lusa deve ser o esquerdo, vao poder sair pro jogo tendo com quem jogar, porque o Pierre vai ficar preso, e o Diego Souza vai ter Liberdade ao lado do Valdivia.

É o que o Luxa sempre faz.

E Lenny fará o que corre, Alex Mineiro o que fica.

O time não é dos sonhos, mas eu aposto que em 5 rodadas ele tera uma cara, coisa que o Caio Jr jamais deu ao Palmeiras.

E vem reforço ainda aí. Este que eu não posso dizer ainda já andou vestindo a camisa da seleção e deve fechar em breve.

abs,
RicaPerrone

Sorte e azar

A Lusa achou um gol logo no começo, sorte dela.

O Santos perdeu Kleber, machucado. Azar dele.

A Lusa prendeu a bola desde os 10 do segundo tempo como um time pequeno, que parecia fazer cera faltando 2 minutos pra acabar. O Santos entrou nessa. Sorte da Lusa.

O Kleber Pereira faria um gol de placa, mas passou perto. Sorte da Lusa.

O segundo gol, quando o Santos pressionava, mesmo que desordenadamente, matou o jogo. Sorte da Lusa.

Azar do Santos, que tem uma torcida capaz de vaiar e cobrar o vice-campeão brasileiro na primeira partida.

Sorte da Lusa, que a pouca torcida que tem anda feliz da vida.

A Lusa tinha Benazzi, sorte dela.

O Santos tinha Leão, azar dele.

abs,
RicaPerrone

Só uma sugestão...
Sai da minha aba!


Eu passei anos no SPFC irritado com o Tardelli. Aí vendem o cara, e quando eu penso que vou me livrar ele surge no Flamengo.

É perseguição, Diego?

O que mais leio dos tricolores há minutos: "Obrigado, Flamengo!". Deu pra sentir a moral do cara?

Sabe jogar? Não muita coisa.

Vai vingar? Duvido!

O Fla fez um bom negócio? A principio, péssimo.

Se o Flamengo acha que contratou um atacante pra disputar a Libertadores como titular, está bem enganado.

Lamento pelo Flamengo, e fico feliz pelo SPFC. Não é todo dia que se vende um saco vazio pelo valor dele meio cheio.

abs,
RicaPerrone

Hein?!


Sim, esta foi a minha cara hoje cedo quando me contaram que o SPFC havia gostado da oferta. Fiz cara de "hein?!".  Pior do que essa, só a de quando confirmaram a rápida negociação com Carlos Alberto e sua chegada.

Pior de não ter gostado? Não, sou fã dele. Gostei muito. Mas o espanto se deve ao fato de eu não entender bem quais são os critérios usados pelo clube e de eu ser um dos poucos que questiona isso há tempos.

O SPFC não era o certinho que "aqui não joga encrenqueiro"?

Não era no super-SPFC que jogador problema não passava perto?

O Marco Aurélio não vive dizendo que jogador assim, como Roger, Athirson, Carlos Alberto, não servem pro SPFC?

O Roger não era inviavel em virtude de seu descomprometimento?

E porque o Carlos Alberto, o Fabio Santos não são? O Adriano é absolutamente "entendível", se é que existe isso. Mas e os outros 2?

Sim, eu os contrataria. Mas será que ninguém vai cobrar da diretoria do SPFC a coerencia neste caso?

Porque eu tive que ouvir respostas ironicas dos dirigentes do clube durante 2 anos quando sugeria jogadores de talento acima da média mas de comprometimento duvidoso? Eles ririam de Petkovic hoje? de Roger? De Denilson? Ou eu estaria coberto de razão ao sugeri-los?

Como sempre digo, o único grande defeito do SPFC tem sido a arrogancia. Essa coisa de cuspir num prato até que ele lhe sirva, aí pára e é só elogios. Quando lá, porrada, quando cá, ótimo. Isso não é correto.

O Carlos Alberto é um grande jogador que tem tudo pra brilhar no time de 6 meses do SPFC. Sim, pois depois disso lá se vão Fabio Santos, Carlos Alberto, Adriano, Alex Silva e, muito provavelmente, Hernanes, que já recebe sondagens de fora.

Mas que beleza, né? O discurso de "aqui se monta time, não se empresta", "Aqui não joga chinelinho", "aqui não cabe jogador problema", etc... foi por água baixo. Eu sempre quis que fosse mesmo, assim como sempre questionei a verdade deste discurso.

Hoje, bem tranquilo, vou dormir com razão, ao que me consta. Afinal de contas, ser "jogador-problema" não é tão problema assim no SPFC quanto me diziam... 

O segundo exemplo de arrogancia virá em questão de horas, quando a torcida que debochava do jogador quando alvi-negro passar a ver qualidades nele e chamar o SPFC de super time em virtude de sua chegada. Aliás, não virá, já veio. Meu e-mail está entupido de tricolores dizendo que "agora ninguém segura!". Mas quando era no Corinthians, qualquer um segurava...

Seja bem vindo, Carlos Alberto.

Em tempo: Não estou condenando a atitude do SPFC ao contrata-lo, pois eu mesmo o faria. Condeno, como sempre fiz, essa coisa de se auto-proclamar diferente em questões que não são bem assim e, quando interessa, mudar o discurso a favor de um de seus contratados. O SPFC poderia ser diferenciado, como é, sem que houvesse menosprezo as táticas rivais, pois quando copiadas fica estranho. Se eu perguntasse de Carlos Alberto há 1 ano no CT, ouviria a resposta que ouvi pra Roger, Denilson, etc. Hoje, ele é do SPFC.  Ou seja, não há nada errado na contratação, mas sim no discurso de ocasião.

O resultado disso é nítido: Uma torcida que só aceita elogios, que acha que tudo no SPFC é perfeito, que repete o discurso de "aqui não" por aí e que quebra a cara quando vê que não é bem assim, como foi hoje.

abs,
RicaPerrone

Fenomenal, ainda

 
Ronaldo voltou a jogar e, com isso, o Milan voltou a vencer. Não foi o Pato, é mentira. Foi Ronaldo, que fez 2 e ainda deu 2 bolas mágicas pro Pato perder e Seedorf fazer no rebote.

Ronaldo é uma espécie de calador de precipitados. Toda vez que ele engorda ou se machuca surgem milhares dizendo que "é o fim". Ai ele volta, e "é o fim" dos argumentos contra. Será assim sempre que quiser, pois além de iluminado e trabalhador, tem um talento absolutamente fora do padrão.

O Pato foi bem, impressiona. Vem aí um novo Careca, talvez. O Kaká, agora respondendo por doações a igreja, jogou menos, mas jogou.

E o meu Napoli, que não tinha nada com isso, se...

abs,
RicaPerrone

O novo SPFC

Assim Muricy escalou no jogo-treino e assim deve ser na quinta-feira.

Se gostei? Não sei. Não acho que os 3 volantes tenham que jogar e em virtude disso um virar lateral. Mas, se o Fabio Santos fizer o mesmo com Joilson que fazem Richarlyson e J. Wagner, o SPFC se tornará um time de fortes jogadas pelas laterais, o que implica em gols de Adriano de cabeça.

Não acho um erro do Muricy o Richarlyson na lateral, apesar de que eu não faria, assim como não recuaria o Hernanes, que joga muita bola lá na frente. Mas, quem testou foi ele, e deve saber o que viu.

Em 2008, pelo que tem em mãos, Muricy viverá um ano infernal ou paradisiaco. Ele tem o dever de chegar e bem em todas, e ganhar um grande título pelo menos. Este time do SPFC destoa dos demais e somado isso ao entrosamento, estrutura e falta de pressão pela boa fase, o dever se torna ainda maior.

Convenhamos, com este time tem que chegar e ganhar. O Brasileiro nem tanto, porque não imagino o SPFC fora da final da Libertadores e se isso acontecer sabemos que lá se vão 10 rodadas do Brasileirão para Inter e Fluminense (e Flamengo se também sair antes da final) abrirem vantagem.

A formação inicial do Muricy é interessante, bastante ousada e um tanto quanto perigosa. Ele sabe que se perder com o óbvio, será questionado. Se perder "inventando", será muito mais perseguido. Eu, com este time, nào inventaria. Mas, ele tem feito assim e dado certo em todo segundo semestre que disputa.

abs,
RicaPerrone

Gráfico do ziriguidum


Desde 1985 o carnaval se tornou algo profissional e passou a ser na Sapucaí. Desde então, as principais escolas mantém uma média razoável de colocação entre as 10 primeiras. O gráfico de cada escola abaixo mostra a posição ano a ano, sendo que abaixo é primeiro e em cima é décimo. Passou disso, some do gráfico.

Imperatriz:

Mocidade:

Beija-Flor

Salgueiro

Mangueira

Viradouro

Grande Rio

Portela

abs,
RicaPerrone

Isso é apenas o ensaio...

Imagina o que não vem ai dia 3?!

abs,
RicaPerrone

News do Verdão


O Palmeiras contrata e resolve problemas de uma só tacada. A vinda de Lenny dá fim ao problema do Thiago Neves, pois com isso o Verdão não deve mais ficar reclamando. Faz parte do acordo.

Um volante vem aí, e de nome.

Eder Luiz tá na pauta, e pode surgir nas próximas horas.

Caio está praticamete vendido, vai pra Alemanha.

O Palmeiras se reforça a pedido do Luxemburgo, e se ele quer Lenny, eu duvido que nào saiba o que anda fazendo. Esquecer como joga ele não esqueceu...

abs,
RicaPerrone

Samba, Robinho!

Diego e Robinho,  entrosados até no pagode. E da-lhe Exaltasamba! rs

abs,
RicaPerrone

Mercadão


- Leandro está 99% fora do SPFC. A proposta é ótima pra ele e não seria muito utilizado em 2008.

- Aloísio pode ir, mas... a diretoria se preocupa, e o Muricy não gostou da idéia.

- Souza segue com chances de sair também. Depende da proposta. Tem que ser mais do que 4 paus.

- Richarlyson tem proposta ainda, mas... vai entender? Não quer sair.

- Eder Luiz é o nome mais forte pro ataque do SPFC.

- O Hugo, se vier oferta, dúvido que segurem. Não tá com moral.

- O SPFC não quer emprestar o Diego, quer vender. Ninguém lá acredita que ele possa se valorizar de novo.

- O Santos está comprando, e já tem dirigente puto com o Leão e seus contratados que acabam ficando no time depois que ele sai.

- Tem morto votando em eleição de time grande....

- No SPFC, apostam que Sergio Mota é craque e que vai ser "o meia". Eu duvido.

- A pedido do capitão, Souza joga na meia em 2008.

- Sorridente, Alex está bem. Mas... o SPFC não vai fazer um grande esforço pra não vende-lo se aparecer algo bom.

- Muricy não pediu o Juninho, do Botafogo. Vazou, e quem trouxe não gostou da história ter vazado. Mas, nada grave.

- Os meninos entre 18 e 20 anos, não usados no principal, serão emprestados, pois o SPFC não tem mais time sub-20. PAra no sub-18, e com isso vai complicar a vida de vários meninos entre as duas faixas.

- A proposta do Gremio foi maior que a do Verdão pelo Diego Souza. Mas a salarial do Palmeiras é melhor. Agora ele escolhe.

- E quem disse que o Borges está garantido no elenco para 2008? Aguardemos... mas depois de Leandro e Aloísio, acho que o SPFC não vende nem que haja proposta.

abs,
RicaPerrone

Pra quem nunca viu...


Fui visitar meus avós e o meu ídolo no final de semana.  Por curiosidade, tirei uma foto pra que alguns possam ver como fica durante um dia comum. O quanto é lembrado, o quanto vive cheio de flores e o quanto é triste ver seu nome escrito ali. Mas, pela curiosidade, as fotos abaixo:

abs,
RicaPerrone

Tardelli, o fanfarrão

Diego Tardelli negocia com o Flamengo. Um erro, e dos grandes, da diretoria do Fla.

Ele não é ruim não, mas é bastante limitado intelectualmente. Teve 30 chances, jogou todas fora, não é um baita jogador, não está interessado em ser alguém no futebol, adora a noite, não é um cara que tenha a noção do que representa, pois se considera muito mais do que é.

Jogador medio, de fases curtas. Pode brilhar por 3 meses, depois apronta ou some. Não vale o investimento, pois é uma interrogação sem sequer a técnica garantida.

Agora ele bate boca com Souza, do Fla, que tem metade da sua habilidade, e 200 vezes mais utilidade e importancia num campo de futebol.

A diretoria do SPFC tenta vende-lo de qualquer forma, pois consideram "caso perdido". O duro é que ninguém quer, e os que querem, querem na base do risco, porque é duro acreditar que haverá retorno.

Tardelli é, sem dúvida alguma, o último jogador que eu contrataria para o meu time. Eu até falo com ele quando vou ao CT, não odeio o sujeito como pessoa nem nada. MAs, como jogador, até agora, ele é um afronto ao salário que recebe. Não vinga, e não vingará enquanto se achar um grande jogador.

Se eu fosse o Flamengo, jamais contrataria. Mas...  se contratar, já aviso aos rubro-negros: Aguenta o nervoso, porque se o Roni irritava, o Tardelli irrita muito mais.

abs,
RicaPerrone

A luta do século - parte 3

Tyson disse: "Esse é o tipo de luta que me faria voltar a amar o boxe, não sei se eu me apaixonaria como antes, mas estou pronto para amar pelo menos por alguns meses"
Evander respondeu: "Já passei por cima dele duas vezes e vou passar novamente!"

E acreditem: A luta pode acontecer em 2008.

O que seria, no mínimo, o assunto do ano. E minha primeira ida aos EUA estaria decretada, pois eu não perco isso por nada.

abs,
RicaPerrone

Negócios e cérebro


Sabe quando eu digo que os times do Brasil não sabem vender, ganhar grana e etc? Então...
Olha só uma breve seleção que fiz de produtos muito vendidos nos EUA do Miami Dolphins, meu time na NFL.

  

  

  

  

  

Tá com inveja? Eu tb...

O site dos caras, e inclui todos os times da NFL, tem uma listagem de produtos que ultrapassa, tranquilamente, o número de produtos diferentes que os 50 maiores times do Brasil tem.
Veja você mesmo... http://www.footballfanatics.com

Abs,
RicaPerrone

O tetra que vem aí

Hoje a tarde fui ao CT. Vi o treino, falei com alguns jogadores, dei feliz ano novo pra outros, observei tudo, tirei fotos, ouvi, perguntei... e como é irritante um dia no CT. Não tem nada que saia do normal. Você pergunta, eles respondem, não tem mais o que continuar.

Ninguém falta, todos dão risada, tudo funciona, os jogadores felizes... e se você quiser algo novo pra publicar, se vira. Ô time chato!!! rs

Mas, falando sério... vamos ao que vocês adoram:

- Muricy deu treino com bola. Adriano de chuteira laranja deu uns bicos... vamos combinar, ele não sabe brincar.O cidadão chuta a bola como se fosse nada e ela mata um que estiver na frente dele. Deu uma pro alto, isolando, que caiu no telhado do Reffis!!! O LEco se matou de rir.

- Falar em Leco, confirmou Fabio Santos pra amnha, e em virtude disso, Fabinho está fora. O meia? Ele aposta em Francisco Alex ou Sergio Mota. Eu não sou tão otimista, mas aposto em Souza.

- Falando em Souza, ele veio me dar "oi" quando eu cheguei e aproveitei pra saber que o Gremio ofereceu quase o dobro do que ele ganha. O SPFC não aceitou, pois 2 milhões de reais não vale a pena. Ele nem se importou, porque depois de passar 2007 se doando pro time, jogando 99% dos jogos ou machucado ou fora de posição, este ano ele espera que lhe deem a chance de jogar na dele, onde ele me prometeu: "É minha! O tetra vem aí". Vou cobrar, hein!

- O cabelo do Richarlyson é tao chamativo quanto a vontade e a qualidade física do cara. Ele está voando, é incrível.

 - O André Dias está magro, parece que perdeu uns 7 kilos. O que deixa claro: Sim, ele andava gordinho em 2007. Voces verão a diferenca na Tv em breve.

- O Milton Cruz vai me dar um dvd com os gols dele. Duvido que tenha mais do que 20. (to brincando, professor! rs)

- O SPFC parece iluminado. Todos dao risada, todos se adoram, todos se divertem... Algo que me chamou atenção: Sabe quem saiu gritando "Boa Juninho!!! Boa irmao!!!"  na primeira jogada certa dele? O André... que deveria, em tese, ter odiado a vinda do colega.

- Alex, zagueiro, também está feliz da vida em ter voltado.

- Adriano parece estar em casa, rindo a toa e brincando com todos. E chuta... meu deus como chuta esse cara. Nunca vi nada igual de perto.

- Aloisio treina, se diverte, diverte os outros, e ainda gritou assim pro Adriano: "Afasta essa!!! Bico!!", o Adriano: "Serio?". E POWWWW! La se foi a bola pro CT do Palmeiras. O Leco morre de rir...

- O Tardelli ta indo pro Fla ou pro Santos, mas ta indo. Ele mesmo me confirmou que deve sair. (Alo diretoria do Flamengo, me ouça!!! Não contrate em definitivo!!!)

- Eu nunca vi o SPFC começar um ano com um elenco tão bem armado, uma vontade tão grande, uma união tão notável, uma chance tão clara e um planejamento tão nítido.  O tetra nunca foi tão real.

- Essa eu gostei. Sabe qual o time eleito pelos jogadores como "o que assusta"? O Flamengo! rs

- O Diego ficou vendo o Ceni treinar. Bem marrentinho ou timido o garoto...  não olha na cara dos jornalistas direito. Se for mulher, sorri e quase abraça. Bobo ele, né? rs

- Os jogadores do SPFC parecem uma tribu Zulu treinando. Devem ter ido pra mesma praia, pois estão todos, tirando o Dago, negros de sol!!!

- Falar em Dago, ele esta solto, alegre, em casa!  Quando o treino acabou eu fui brincar com ele e jamais tinha visto o garoto tão feliz, descontraido, divertido... normalmente ele é meio "zé da roça". Hoje, totalmente integrado ao elenco.

abs,
RicaPerrone

Pra recordar e lamentar
Contratou certo ou errado?

O Flu 2008 é alvo de debate. Contratou, e muito. Contratou, e bons jogadores. Mas... e ai? Fez bem?

Existem 3 lados nesta moeda.

O primeiro diz que time com muito jogador na mesma posição dá merda. E o Flu tem muita gente lá na frente, e isso deve dar merda.

O segundo diz que time pra Libertadores é grande, forte, pegador. Convenhamos, Nery, Conca, Thiago, Leandro, Dodo, Gabriel e cia não pegam ninguém. Jogam, e muito! Mas, não são exemplos de garra, briga, comprometimento e decisão. Logo, se a Libertadores for o termometro do time no ano, se o resultado nela alavancar ou afundar o planejamento, não acho que o Flu faça um bom ano. Pois este time, a principio, é pra ganhar Brasileiro, não Libertadores.

O terceiro lado, que vai contra os dois primeiros: O Flu tem estrelas, e ninguém melhor pra mandar nelas do que o Renato. Verdade, tenho que concordar.  Se tiver 200 atacantes, é melhor do que não ter nenhum ou se matar por um Rodrigão da vida, igual o Palmeiras. Também é verdade.

E a que derruba a tese master contra o FLu: Desde quando o Vasco de Juninho, Pedrinho e Ramon era um time pegador e grandão?
Desde quando Cicinho, Josué, Mineiro e Junior são grandões?
Quem disse que Paulo Nunes, Zinho, Euller e cia eram gigantes de divididas?

Enfim, os argumentos todos, tanto contra como a favor, são validos e corretos. Mas... esse é o tipo do time que tem tudo pra dar certo, tudo pra dar errado, e tudo pra ser o centro das atenções em boa parte do ano.

A Libertadores, com esse time, eu não acho que seja um sonho tão real ainda. Até pela falta de experiencia nela. Mas, o Brasileiro.... sei não.

abs,
RicaPerrone

Ó dúvida cruel...


Muita gente me pergunta se eu nao acho que o Roger seria o tal meia do SPFC.  Eu respondo que o Roger é o meia de qualquer time do mundo, desde que haja uma forma de compromete-lo com o clube. O SPFC poderia fazer isso? Sim, afinal de contas, o SPFC usa sua estrutura, disciplina e imagem de paraíso como sua maior moeda ha anos. Logo, use-a. 

Roger é aquele cara que abre a discussão sobre o que é craque. Aliás, o que é craque? Alguém com talento fora do padrão ou com utilidade fora do padrão? Cada um tem seu juizo de valor pra decidir o que é craque. Pra mim, craque é simplesmente quem resolve sozinho com seu talento, e isso não implica em resolver sempre ou não, mas sim na condição que tem.

Ou seja, Djalminha é muito mais craque do que o Kaká, mas.... o Kaká joga muito mais e é muito mais util do que ele. Resumindo, craque, pra mim, é talento natural, habilidade, poder de desmontar uma defesa através do seu talento. O que tem de craque inutil por aí é uma grandeza, diga-se.

Tem quem chame de craque o Richarlyson, o Josué, o Mineiro. Ok... é um tipo de futebol. Mas, o meu rótulo de craque é diferente. Assim como o de Gênio, casos de Romário. Zidane, Ronaldo, etc. Grandes jogadores, como Kaká, Josué, Mineiro, Hernanes... e os jogadores bons, esforçados, e só, como Lucio Flávio, Claiton, Elder Granja, etc...

Enfim, devidamente explicado o que quero dizer com o rótulo de craque, vamos a questão inicial. Roger no SPFC?

Eu pergunto: Porque não?

Roger pede altos salários, mas... não vai fechar com ninguém pedindo o que ele pede. Vai ficar sobrando, e quando baixar o valor, terá uns 10 clubes querendo, pelo simples fato de que, com a bola nos pés, ele joga mais futebol do que todos os outros camisas 10 que atuam neste país. Se joga, se é chinelo, etc... é outra discussão. Mas, que tem bola pra vestir a 10 de qualquer um, tem.

O SPFC pode ter Roger?

Hoje, neste elenco, não.

Não porque os dois volantes do SPFC são quase meias, e não permitem que o clube tenha um jogador solto e livre de marcar. Se o SPFC tivesse um Renan, um Dunga... o Roger caberia bem. Com 2 alas, 2 volantes que saem muito pro jogo, não acho que o Roger possa ser o "Danilo" deste time sem que o esquema de marcação seja arrebentado.

Ah, mas ele jogaria no SP?

Sim, aposto que sim. No grupo do SPFC não cabe chinelo, tanto sabem disso que a diretoria quase inteira do SPFC adora o Roger e sempre quis contrata-lo. Só não fechou porque o advogado dele assinou com o Corinthians em 2005 antes de ouvir o SP de novo e tal. Agora, conversando com 3 dirigentes de alto nível do clube, os 3 querem. Mas, é caro e parece que o Muricy so quer saber de jogador grandão que tromba e marca. Aí, o Roger dança.

Enfim, pra resumir. No time ou no banco, eu contrataria o Roger pro SPFC. Não acho que ele JOGUE neste time logo de cara. MAs também não acho que faria algo que não fosse somar uma baita qualidade a este elenco. No Fla ele não foi mal, tanto que tentaram renovar. No Flu ele foi mto bem, em 2005 no COrinthians ele foi mto bem. É mentira essa coisa de que ele não vai bem ha anos. Ele não se mantém, não é regular, não consegue se firmar sem trocar de time, pedir aumento ou se machucar.

Agora, no SPFC ninguém quer sair, o Reffis não deixa nego viver quebrado, e o grupo é unido e trabalhador. Será que não seria uma baita chance de comprar um jogador de 10 milhoes de dolares a 500 mil reais?

Porque o SPFC serve pra recuperar jogador que bebe, que vive na balada, que está velho, que está largando o futebol... e não serviria pra um que não tem problemas de caráter, que não vive na balada, que não é velho, mas... que não é esforçado e que não tem ambição. Só isso. Enganam-se os que pensam que Roger é da balada, má pessoa, ruim de grupo.. Não é nada disso que ouvimos dos colegas dele e dos treinadores. O problema dele é o chinelo da contusão de segunda-feira... só.

abs,
RicaPerrone

Ui, ui, ui!

 
Que terrível! Que terrível! Jovem de 25 anos, rico pra cacete, saudável, de carro do ano, famoso e de férias vai a show, toma uma cerveja e beija uma mulher bonita.

Que diabos o caras fez de anormal?

No outro dia ele bate o carro, o que também não é nada anormal sendo que ninguém o acusou de estar bebabado, não deram nem a culpa da batida pra ele, e nem foi nada grave. 

O TV Fama tem dado aulas de jornalismo pro esporte... e aprenderam rápido.

Deixa o cara! Com 25 anos, rico e de férias, eu faria 10 vezes pior se fosse ele.  Bando de hipocrita...

abs,
RicaPerrone

De volta ao trabalho

Sair dessa fotinho ai pra frente deste computador me faz, por algumas horas, odiar o SPFC, o blog, o futebol, o Bill Gates e mais alguns. Mas, é a vida. Quem mandou nascer pobre, né?

Enfim, espero que todos vocês tenham tido um puta natal, um ótimo começo de ano e que tenham passado perto das pessoas que gostam, nao de parentes chatos. Eu passei o natal em Ilhabela e o ano novo em Atibaia. Agora vou passar esse intervalinho chato entre o ano novo e o natal em SP mesmo...

O que me alivia é lembrar que ainda tem o carnaval...

Mas, durante este período, descansei, passeei bastante, me diverti, fui ao cinema, a praia, enfim... esqueci futebol. (Mentira!) Notei coisas interessantes, outras intrigantes, e algumas que não fazem o menor sentido.

Bom, antes de viajar pro ano novo eu me deparei com algo que, confesso, me emocionou. Fiquei parado, coisa de 15 minutos, para conseguir atravessar a porra da arvore de natal do ibirapuera. As pessoas paradas, sentadas, acampando, tirando fotos, olhando... que lindo!

Tá! Mas que diabos alguém fica fazendo embaixo daquela merda mais do que 10 minutos? A luzinha acende e apaga. Acende, apaga. Acende, apaga! Ela não vai mudar!!!! Não vai sair dinheiro dali, e nada do que você está vendo, inclusive a troca de luzes, mudará! Ou seja, o que você viu em 10 segundos, se repetirá por semanas. Não adianta acampar no meio da avenida olhando pra cima, porque o Papai Noel não vai sair dali com emprego, cesta básica, etc. A luzinha acende, apaga. Só!!!

Eu fiquei ali preso, assustado com a alegria daquele povo olhando pra cima.  Meu Deus... é bonito, ok! Mas as pessoas acampavam! Eu não to brincando, tinha gente no chão com comida, toalha, cadeira...  Isso as 23h de uma sexta-feira.  Será que eu sou muito exigente ou as pessoas andam meio deslumbradas com qualquer merda? Pode colocar a Sheila Carvalho pelada em cima da árvore dancando o dia todo que eu não paro lá pra ver por mais de 10 minutos.... (Mentira! Mentira! Mentira!)

Outra coisa: Alguém aqui frequenta o Cinemark? Já notaram que aquele cidadão que avisa o que pode e não pode antes do filme é o mesmo que fazia propaganda do Cepacol? Sim, é ele! Podem reparar. Ele emagreceu, ficou mais velho, mas tá firme ali fazendo comercial.

Ainda no cinema, algo me deixou curioso. No final de todo aquele nhe nhe nhe pra começar o filme, o garoto ex-Cepacol diz: "Fique tranquilo! Este cinema está protegido pela AGF seguros!".

Tá! Mas... porque eu nào estaria tranquilo? O que eu ganho se o cinema tiver seguro? Mais certeza de que... se pegar fogo, foda-se? Sim, só posso tirar isso desta frase. "Fique tranquilo?". Quem tem que ficar tranquilo é o dono do cinema, que vai ter tudo de volta se a casa cair. E eu? O que eu ganho com a AGF sendo seguradora?
Eu hein!? Gente estranha...

Aliás, quando a gente é bem atendido acho que merece até mercha de graça. Este hotel vale cada centavo. E não me pagaram nada pelo link.  http://www.realvillabella.com.br/

E antes de viajar, as 22h de sexta, já arrumado, que eu fiquei colocando o pé na pscina do prédio até cair com os dois joelhos no chão e rolar pra água?

E o anormal do Fabiano, amigo nosso, que deixou um bolo de surpresa pro japones na geladeira escondido e, horas antes da surpresa, mandou o japa ir pegar queijo na geladeira?

E o dialogo do século num bar na praia:
- Opa! Me arruma uma Coca zero e um suco de laranja.
- Com açucar?
- Sim, acho que sim... (minha mãe tinha ido ao banheiro e o suco era dela)
Minutos depois...
- Senhor, o açucar é no suco?
- Onde mais seria?
- Ah não sei, não senhor. O senhor pediu uma Coca e um Suco né...

Outro muito bom em Ilhabela:
- Amigo, se eu seguir nessa estrada eu vou até qual praia?
- iiiiiii... o senhor vai em um monte!
- Legal, você sabe qualé a última?
- Sei não senhor, mas acho que é a que fica por último láááá no fim...
- Jura? Essa é a última?
- Olha, depois dela não tem mais praia não. Agora, se é a última eu nào sei não senhor...

Entre outras tantas... coisas que só acontecem com o Perrone. Aliás, to tentando lembrar, mas teve umas 20 nesse fim de ano. Assim que eu lembrar eu coloco aqui.

Agora vamos falar de futebol e trabalhar.  Bom ano pra todos!

abs,
RicaPerrone




[ ver mensagens anteriores ]