O primeiro passo


Se você é um dos tricolores que anda preocupado, sinta-se com uma esperança a mais.

Nesta semana Juvenal foi ao CT e passou confiança pro grupo. Muricy conversou com eles e também disse quase o mesmo.

Treinou forte a semana toda, e o time está absolutamente motivado pro clássico e para reagir.

Toda "dose" de empurrão extra que poderia acontecer foi colocada durante a semana. Se houve reação começa domingo. Se perder jogando mal, a coisa vai complicar porque o mesmo fator que motiva acaba desmotivando quando ele se torna mentira.

O SPFC terá uma baita chance de se reerguer domingo. Não vou ficar entrando em detalhes de quem, quando, onde e o que. Mas, pelo que conversei com alguns jogadores e pelo que vi no CT, podem confiar.

O time está louco pra dar a volta por cima!

Eu acredito.

abs,
RicaPerrone

Interativo


Tem um tópico na minha comunidade que anda parado mas que eu gosto muito. Lá eu consigo ver a cara de quem vive me madando e-mail, comentando aqui, etc.

Se chama "Quem são vocês?".

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2345941

Participem!

abs,
RicaPerrone

Dino Sani

Dino desmente esse papo que o Zico fez o japones gostar de futebol. Nào acredito muito no Dino nessa, mas... tá valendo. rs

abs,
RicaPerrone

Eu, Gurian e Capitão
Breves


- Os comentários do blog foram retirados de novo. Uma pena, eu adoro ler o que vocês dizem, mas... sempre tem aquela meia-duzia desesperada por aparecer e se sentir importante ao xingar alguém, etc. Sem contar as campanhas de orkut onde alguém discorda de você, abre um topico em algum lugar e manda todo mundo entrar no blog pra fazer o jornalista ficar deletando comentário o dia todo. Enfim, não ganho nada pra isso, logo, não vou ficar deletando comentário o dia todo. Fica sem, fazer o que?

- Quem quiser manter contato mande e-mail. Não respondo todos, mas leio, juro.

- A minha coluna de segunda-feira na Estação Tricolor é um elogio ao SPFC, não uma critica ou uma ironia que o diminui. Alguns interpretaram errado, outros nem leem e interpretam.
Resuminho dela: Todos procuram motivos para vencer. O SPFC tem todos os motivos do mundo pra vencer, porque é profissional e mais organizado.

abs,
RicaPerrone

Não é possível... ou é?

O Botafogo acaba de perder a vaga na final para a torcida do Corinthians. Sim, para a torcida. Não desmerecendo o time, jamais. Mas o que essa torcida fez de diferença nesta Copa do Brasil é algo digno de nota. Vai empurrar o time na hora difícil assim lá na...

Não vi o jogo com detalhes, porque fiquei mais no Flu que era muito mais importante.

Agora, vamos combinar: O Botafogo precisa ser estudado.  Não é possível que um time tão bem montado, tão cheio de conjunto, tão aguerrido seja tão azarado. Nem chamo mais de azar, não acho justo. Sorte e azar são termos infelizes, mas que no futebol existe. Só que existe uma, duas, três vezes... quando chega na décima quinta nào é azar, é porque tem algo errado.

Vamos ser justos: Nas mãos de outro, talvez o Botafogo nem chegasse. O Cuca arma esse time com uma competência enorme. Há 2 anos e meio o Bota se faz presente no cenário nacional e isso já merece aplausos pra quem veio da série B outro dia. Mas, hoje por exemplo, era jogo pra ganhar. Tem mais time que o Corinthians, assim como em 2007 tinha tudo e mais um pouco pra ganhar do River.

É pipocagem na linguagem popular. Falta de calma na linguagem da imprensa. Falta alguma coisa, isso sim.

O Sport acaba de se classificar. Tirou Palmeiras, Vasco e Inter. Vai falar o que? Merece estar lá.

Mas mesmo assim, com todo respeito ao Sport, o Corinthians é o favorito. Camisa é algo que ainda tem um peso enorme. E a camisa do Corinthians é uma daquelas que adora jogar sozinha em situaçòes como essas...

abs,
RicaPerrone

Boa, Fluzão!

Não vou ousar dizer que "pintou o campeão". Mas, que ninguem até agora foi lá na Argentina e teve as chances que o Flu teve de vencer o jogo dos caras, isso é fato.

O Boca é forte, voluntarioso e tem 3 jogadores de alto nível técnico. Mas, insisto, se for pra cima eles não são nada disso... Sào bons, muito bons. Mas pelo amor de Deus, a gente exagera com eles.

O Flu recuava, eles vinham daquele jeito único de atacar: Vem 200 negos e a bola fica girando perto da área até cruzarem ou arriscarem.

O Flu ia pra cima, eles marcavam mal e não sabiam contra-atacar em casa. É sempre assim. Por isso que fora funciona.

Quando eles jogam fora o time local não recua quando eles fazem essa pressão na área, assim sobra espaço e eles marcam os gols. Enfia o ferrolho em casa também e arma um puta contra-ataque. A zaga deles não aguenta muito não.

O Fluzão foi muito bem hoje. Renato colocou Conca e Thiago abertos, barrou os laterais deles na intermediaria.  Foi inteligente, porque não deixou o Gabriel e o Junior Cesar diretamente contra os laterais, mas sim o Thiago e o Conca dando esse primeiro combate. Assim o Palacios tinha que sair da área, o Palermo idem, e o Riquelme ficou na marcaçào do Arouca. Fez 2, mas um não foi falta e o outro foi uma bola perdida que acaba com qualquer sistema de marcação.

Aqui, o Flu não pode cair na bobagem que fez o Cruzeiro de ir na pilha da torcida voando pra cima. 0x0 é do Flu, então segura e vai buscar o gol com calma.

Sobre o gol do Thiago, que é um grande jogador mas podia achar que joga um pouco menos do que anda pensando, tem um detalhe interessante. Foi frango, sem dúvida. Mas quem faz o goleiro errar é o Washington.

Quando o Thiago bate ele pensa em espalmar e vê o Washington indo sozinho na direçào dele. Se solta, ele faz. O que ele fez? Pensou em agarrar, mas... já era tarde.

2x2 é um grande resultado. E o Flu não é o Atlas, bom registrar.

abs,
RicaPerrone

A lista


A lista de reforços do SPFC é grande. O clube sabe que perderá entre 4 e 7 jogadores neste meio de temporada, portanto, precisa correr pra repor as peças na medida do possível.

A lista dos possiveis negociados: Alex Silva, Miranda, Hernanes, Richarlyson e Borges. Desdes, pelo menos 2 saem.

Os que saem com certeza: Adriano e Fabio Santos.

Reparem que os 7 citados são titulares do time. Ou seja, complicadíssimo repor se acontecer de sairem mais do que os 4 esperados.

Quem está longe: Ricardo Oliveira e Felipe (La Coruna). Os dois renovaram em seus clubes.

Quem foi observado: Carlinhos Paraíba, Pedro Ken, Renato (ex-Fla) e Renato (PP).

Quem está em pauta: Rodrigo (Ucrania), Ibson (Fla), Fabiano Eller, Conca e mais uns 3 que ninguém descobre.

Situação de alguns deles que são de meu conhecimento:

Ibson - O SPFC quer, o Porto negocia, o Flamengo briga. Tem chances de vir.

Conca - É do River e o SPFC quase contratou em janeiro. Perdeu o negócio e ainda acredita que pode reverter a situação.

Rodrigo - Depende dele convencer o seu treinador. O empresário está viajando pra isso.

Fabiano Eller - Procuram zagueiro pra repor as possíveis perdas e, se vender os dois, é um nome que agrada.

Os que não foram aceitos: Lincoln, Bolivar e Sorin.

Só que é assim que funciona: O SPFc não abre e nunca confirma. Os que citeu eu sei que são verdade, mas a lista é grande e a imprensa não sabe nem 60% dela. Sabemos alguns nomes, especulamos outros (que não estão aqui pra não causar auê sem fundamento), mas não dá pra saber tudo. Juvenal, Leco e Jesus Lopes negociam com Milton Cruz, Muricy e só. Ninguém mais sabe de nada.

abs,
RicaPerrone

Lendas


Como o dia é de Fluminense na Libertadores, falemos de Castilho.

Talvez você, torcedor jovem de outro clube, nem conheça. Mas vale a pena conhecer.

Este goleiro chegou ao Flu em 1949. Era daltonico e enxergava a bola vermelha ao invés de amarela. Segundo ele mesmo, ajudava pois via a bola numa cor que chamava ainda mais atenção.

Trocou a camisa preta de goleiro por uma cinza para que os atacantes não tivessem a noção de onde ele estava com facilidade. Era sortudo, pegava bolas com o queixo, o nariz, a batata da perna. Era tão sortudo que ganhou o apelido de "Leiteria", termo usado para pessoas de sorte na época.

Mas, a sorte foi virando rotina e Castilho se firmou como ídolo do clube. Para a torcida do Flu, "São Castilho".  Pegador de pênaltis, o goleiro disputou quatro copas, sendo uma delas (54) como titular.

Foi se tornando um marco na história do Flu até que, com problemas no dedinho da mão, foi comunicado que deveria operar e ficar cerca de 2 meses fora do time. Ele não topou. Mandou amputar um pedaço do dedo e voltou a vestir a camisa do Flu em 2 semanas, o que deixou o torcedor absolutamente apaixonado por ele.

Fez quase 700 jogos pelo Flu, seu time do coração. É recordista até hoje e, convenhamos, no atual momento do futebol dificilmente perderá este posto.

Quando parou virou treinador. Conquistou títulos, dirigiu o Santos, o Bahia, entre outros clubes do país.

Em 2/2/87, em depressão, se suicidou.

Em 2006 ganhou este busto na sede do Flu.

abs,
RicaPerrone

Palpites


Atendendo a pedidos vou dar palpites para os 3 jogos mais relevantes da semana. Isso nunca dá certo, então vou dar os resultados que eu TORÇO, não pelos que acredito.

Vasco 2x0 Sport (Vasco nos pênaltis)

Corinthians 1x1 Botafogo

Boca Jrs 1x2 Fluminense

O primeiro porque eu quero que dê Vasco x alguém na final, pra ser clássico. O segundo porque eu gosto do Cuca. E o terceiro porque eu não torço pra argentino nem debaixo de porrada.

abs,
RicaPerrone

Ridículo


A LDU conseguiu empatar com o América no México. Tem vantagem e pode confirmar em casa, principalmente se jogar o que jogou hoje.

Amanhã Boca e Flu disputam a outra semifinal.

Mas vamos combinar... que grande "putaria" esse regulamento. Quer dizer que se passa o América o outro finalista vai a Tóquio sem ser campeão? Pra que deixam os Mexicanos disputarem, então?

Que porcaria de final seria essa com uma vaga no Mundial garantida? Que critério adora a Conmebol de aceitar os times de um país que disputam sem poder decidir em casa a final e se ganhar não tem direito a nada? Ou seja, estão ali irregulares? Então tira, santo Deus!!!

Tem coisas no futebol que me irritam ao extremo. Por exemplo quando se arruma jeitinho pra alguém participar de algo e tirar a credibilidade de um campeonato. Precisam do dinheiro do México, né? Então falem com a FIFA e façam a Libertadores ser junto com Canadá e EUA, assim passam 2 pro Mundial e pelo menos não fica tão patético.

Seria tão bom se tudo fosse claro, simples e objetivo: Ganha no país, disputa continente. Ganha continente, disputa mundial.  Mas não...  a lógica passa longe da FIFA, da Conmebol, da CBF...

Resta torcer pra LDU né... afinal, acho que ninguém quer ver uma final com "meio título" em disputa.

abs,
RicaPerrone

História sem fim


Tá enchendo o saco ir ao CT do SPFC todos os dias e ficar horas analisando e especulando a mesma coisa. Muricy não tá firme no cargo não. Qualquer pastel sabe disso, afinal de contas, se boa parte do conselho é contra, se pessoas importantes da diretoria idem e se parte da torcida também está contra, óbvio que firme ele não está.

Está mantido, porque o Juvenal gosta dele, porque ele é competente sim, e porque ano passado deu certo. Mas, em 2007, o motivo da sua permanência foi: "Não tem ninguém melhor no mercado". Ok, não tinha mesmo.

Em 2008 a história é diferente.

Autuori sacudiu tudo ao dizer nesta terça-feira que pode sim aceitar voltar ao Brasil. O que isso significa? Que o treinador mais querido do torcedor do SPFC desde o Telê, por motivos óbvios, está no mercado.

Não tenha dúvida, a pressão no Muricy vai aumentar muito depois disso. Ele sabe, qualquer um sabe, mas o SPFC, fazendo o papel dele, nega.

Não acho, sinceramente, que o Muricy vá cair pelo resultado. Acho que se ele perder o emprego será porque ele não aguenta mais e porque o clube acha que desgastou. Não será por incompetencia, nem por resultados. Afinal, o cara é bicampeão.

Tem duas coisas que serão ditas nos próximos dias:
- Muricy pode cair.
- Muricy está prestigiado e não cai.

Não acredite em nenhuma delas.  Ele pode cair sim, como todo treinador pressionado pode, o que não implica que vá cair.  Assim como está prestigiado pelo presidente, o que também não significa que vá continuar assim caso perca mais um ou dois jogos.

Portanto, caros tricolores, aguardemos. É muito papo pra pouca informação concreta.

abs,
RicaPerrone

Pra que guerra?


Desde que começamos a fazer matérias em vídeo para a Estação Tricolor no Morumbi eu tive a idéia de ir até a torcida visitante conhecer. Ficava lá, sem dizer que eu era de um site voltado para o SPFC, batendo papo e vendo as camisas, bandeiras, etc. Um dia tentei dizer, e não houve pedrada porque a intenção era boa.

A partir de então criamos um quadro no site chamado "ET invade", onde eu vou até a torcida visitante e brinco, bato papo, tiro sarro, ouço e publico tudo, pra que o torcedor diminua a mentalidade de guerra e veja que do outro lado existem pessoas exatamente como você, mas apaixonado por outro clube.

Alguns epsódios:

Torcida do Coritiba

Torcida do Flu

Torcida do Grêmio

Torcida do Audax

Lembrando que isso é feito para os torcedores do SPFC, logo, o tom imparcial some.

abs,
RicaPerrone

Concorrencia forte


A informação de que indicaram o Zico pro SPFC e que pela primeira vez em 2 anos a diretoria se interessou por um nome que não fosse o Muricy procede.

Dai a ter reunião agendada vai alguma distância ainda.

Dai ao Zico querer e o SPFC demitir o Muricy, mais ainda.

O empresário que ofereceu e que tenta fazer o acordo não teve mais resposta do Juvenal, que ou está pensando ou está recusando a idéia.

O boato não é 100% boato, muito menos 100% verdade.

Zico é uma opção sim caso Muricy não arrume o time. Mas, pra que isso aconteça, ou o Muricy diz que quer sair, ou o Juvenal faz o acordo mais amigável do mundo com ele. A relação dos dois é muito boa, e o treinador não quer, a principio, deixar o clube.

O que eu acho?

Preciso dizer o que eu acho de ter um dos maiores idolos da minha vida, o cara que me fez gostar de futebol, vestindo a camisa do meu time? Faça-me o favor...

abs,
RicaPerrone

Pré-julgamento


Complicado sair atirando pedras. No outro dia você pode se decepcionar.

Nada oficial ainda, mas que é triste imaginar a possibilidade que está passando na cabeça de cada tricolor, isso é.

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2008/05/26/ult59u158310.jhtm

abs,
RicaPerrone

Coluna ET
Coluna do RicaPerrone: Aqui, tudo se justifica
Fonte: Rica Perrone


Existem times místicos e frases famosas no futebol que já fazem parte do dia-a-dia de quem acompanha. “Coisas que só acontecem com o Botafogo”, “Torcida que carrega um time”, “No Maracanã o Flamengo é Flamengo”, “O Fla-Flu começou 40 minutos antes do nada”, “Em mata-mata o Grêmio é o maior do país”, entre outras.

Sinceramente, a maioria delas se tornou verdade ao longo do tempo. O curioso é que todo clube de futebol é rodeado de mística, lendas, frases, teorias e resultados sem explicação.

Quem explica a fase do Botafogo de nunca vencer na final? Quem explica o Grêmio na final da Libertadores em 2007? Quem explica o Fla em terceiro no Brasileiro do ano passado? E o Corinthians de 90? O Fluminense de 2008, que vai entrar pra história aconteça o que for? E o Inter que brigava pra não cair e levou o Mundial anos depois? Enfim, essas histórias sem explicação se multiplicam todo ano.

O nosso tricolor é um clube sem mística. Aqui não tem frase feita, não tem “coisas sem explicação”. Alguns sentem falta e até reclamam que a mídia fala com tanto “argumento emocional e histórico” de outros e sempre trata o SPFC como um clube comum, de resultados e momentos comuns.

Aqui, tudo se justifica.

A mística faz parte do futebol, e tem uma beleza realmente notável. Sem ela, o futebol seria ciência exata, o que não atrairia nem o presidente do clube a acompanhar tudo aquilo. Sinto falta dela no SPFC, confesso. Gosto de histórias malucas, de jogos sem explicação e títulos injustificáveis pela lógica.

Mas, aqui, tudo se justifica.

O SPFC não vence um campeonato porque o espírito de um meia esquerda apareceu e empurrou pro gol aos 49 naquele estádio onde, 30 anos atrás, ele fez um gol de mão. No Tricolor a torcida não carrega o time, e normalmente nem o time carrega a torcida. Ruim, má fama, mas... que engrandece ainda mais os resultados. Pois, sem torcida presente sempre, ganha e chega todo ano.

Até a torcida se justifica. Enquanto os demais torcedores comparecem para curtir a boa fase ou ajudar numa dificuldade, a do SPFC criou uma certeza inconsciente tão grande de estar nas finais que ela não tem essa dúvida. Pode “aguardar” o jogo decisivo, não torcer para estar nele. É quase certeza que ele virá.

Quando o SPFC ganha um brasileiro de pontos corridos ninguém vai buscar motivos na arquibancada, no passado, nos números, no cachorrinho da sorte. Vai lá no CT ver a estrutura, o Reffis, e tudo se justifica fácil, fácil.

A história do SPFC é recheada de títulos merecidos, não apenas conquistados. Já dizia um torcedor ilustre: “Torço por um clube cuja grandeza não consiste em conquistar títulos, mas sim em merecê-los”.

Hoje a Libertadores acabou pra nós. E ninguém vai buscar na mística uma justificativa. Céticos, os tricolores já apontam Rogério, Adriano, Muricy, Aloísio, diretoria... tudo menos o imponderável. Para nós, futebol tem lógica, o que nos torna mais corneteiros e exigentes, menos apaixonados e românticos, mas torna o SPFC mais profissional e correto.

Eu não vou buscar nenhum motivo extra pra eliminação. Pra mim, como digo e apanho há anos aqui, o SPFC tem a infeliz mania “lógica” de achar que “perde pra ele mesmo”, quando na verdade, há um time do outro lado que, as vezes, joga melhor e merece. Casos de Grêmio e Fluminense, que venceram na bola, sem apito, sem nada. Merecido, dentro da lógica que tanto nos engrandece.

Amanhã tem outra, e a lógica de quem planeja e trabalha sério vai disputar um campeonato contra vários fatores místicos e imponderáveis. Se vencermos, será por todos os motivos do mundo. Se algum outro vencer, será com uma dose de “mística” e de “fatores sem explicação”.

Aqui, tudo se justifica. Inclusive as derrotas.

RicaPerrone
http://ricaperrone.zip.net/
O alvi-verde sonolento


Que sono, hein Verdão?

Mania de achar que ganha o jogo a qualquer minuto, coisa típica de time recém campeão. 

Nada preocupante, porque o campeonato está no começo e o time já deu sinais de que pode se acertar. Inclusive, sabendo que sofrerei criticas por isso, acho que quando o Kleber sair do time ajuda bastante. Não gosto, não adianta. Pode ser implicancia, mas o futebol dele não me seduz em nada.

Sinal amarelo, hein Verdão!? Depois de cair na Copa do Brasil (o que foi amenizado pelo título e pelo Inter cair também em condições parecidas), o time não é digno de soberba. É forte, muito bom, mas... precisa correr pra isso aparecer.

Agora, também é bom ser justo e registrar que o Palmeiras fez um gol anulado, perdeu um pênalti e que a Lusa não fez quase nada pra tentar fazer um gol no jogo. Achou um, isso sim.

Abs,
RicaPerrone

Vaias no Morumbi


Depois de ser eliminado na Libertadores o Tricolor voltou ao Brasileirão e, por alguns minutos, deu pinta de quem ia reagir. Reuniu o time no campo, conversaram e sairam pro jogo como se fossem fazer uma partida brilhante. Foram estes os minutos, e só.

O jogo começou e o que se viu é um incrível replay dos últimos 5 meses: O time tem a bola e não sabe usa-la no chão. Sem a bola, marca bem e se mostra forte.

Bola no J. Wagner, cruzamento. Bola no Joilson, e ele pára porque não tem com quem jogar. O que ele faz? Cruza!

Hernanes chega, faz pedaladas, toca de lado ou chuta forte. Se não, abre o jogo e tome cruzamento.

Borges espera, Aloísio tem aqueles momentos de inspiração onde ele parece um craque de bola tamanha sua facilidade de enfiar a bola pra um companheiro. Mas, sempre de costas pro gol.

O Coxa, que veio desfalcado de 4 jogadores importantes, conseguiu levar mais perigo que o SPFC e só não ganhou o jogo porque... porque... nem eu sei porque.  Aliás, teve um penalti escandaloso pro Coxa não marcado, é bom registrar.

Tá feio o futebol, como sempre esteve. A teoria do "cruza no Adriano que resolve"  vai pro saco na medida em que ele sai do time.  Portanto, é bom mudar a forma de jogar.

Muricy mexeu bem, só que não funcionou. A idéia foi boa, abriu o jogo com Hugo e Dagoberto, pois o Coxa dava espaço nos 2 setores e o Pedro Ken não é lateral.

Aliás, diga-se, esse time do Coxa é bem interessante. Não vai fazer feio não.

Enfim, não adianta ficar chovendo no molhado. O Tricolor jogou mal de novo, tentou as mesmas jogadas, não teve o cara pra fazer o gol que salva e empatou em casa, ficando longe de uma ameaça de recuperação. Domingo tem clássico, na Vila, e tudo pode mudar ou ficar bem pior. Clássico tem o poder de salvar uma crise e de gerar outra.

Sabendo que F. Santos e Adriano deixam o clube e provavelmente alguns outros recebam propostas de fora, não consigo imaginar o que fará o SPFC se acertar a curto prazo em 2008. A cacetada foi grande na quarta-feira, e mexeu com aquele pingo de "moral" que o time pegou ao chegar nas quartas.

Seja o que Deus quiser, porque tá bem complicado de imaginar esse futebol dando resultado.

abs,
RicaPerrone

Difícil avaliar


Caio Jr. não merece ser avaliado ainda. Tem poucos jogos, pegou o time arrebentado e pode fazer um baita brasileirão. Ok, mas, até que isso aconteça, o passado que vi de perto me obriga a duvidar um pouco do seu trabalho.

No Palmeiras eu vi uma onda de elogios a ele e um time absolutamente perdido, sem padrão e que nunca colocou medo em ninguém. Ok, as peças não eram perfeitas, mas eram bem melhores do que o resultado final.

Outro dia perguntei pra um colega da imprensa:
- Porque elogiam tanto o Caio Jr se todo mundo diz que ele não foi tão bem aqui?
- Po, complicado meter o pau. O cara é gente boa pra caramba...

Então tá, né.

Mas, enfim. Não vou corneta-lo pelo trabalho no Flamengo porque ainda não existe. 

Hoje o Flamengo encarou sua torcida e o time mais forte do país na teoria pra ganhar o Brasileiro. Virou o jogo, não fez um partidaço, mas arrumou a casa depois de tomar 1x0 e jogar um primeiro tempo muito ruim. A formação inicial foi totalmente errada, porque qualquer garotinho de 13 anos sabe que o Souza não é o cara pra sair da área e vir buscar a bola no meio e ir driblando até criar a chance de gol pra outro. Ele tem que ser "o outro".

Três volantes e o Inter tocando a bola na cara do gol o tempo todo não existe, é falha grosseira de posicionamento. Quando você tem um adversário com uma formaçào ofensiva, nem sempre se retrancar é o caminho. As vezes é melhor adiantar o seu time para que o dele não venha tão forte, não se limitar a não deixar jogar e acabar não jogando junto.

 Mas, na segunda etapa, arrumou tudo com Renato Augusto, que é indiscutivel titular deste time.

Caio arrumou o erro que cometeu ao armar o time desqualificando seus jogadores por posicionamentos que lhes prejudicam. Mas, diga-se, tem méritos em arrumar.

O resultado é muito bom, porque não é mole ganhar do Inter e empatar com o Grêmio fora. Por outro lado, se falam em título, fizeram o que tinham que fazer, já que o campeão deve se impor em casa sempre.

Por enquanto ainda fico com a frase do meu amigo Marvio: "Pra que o Caio? Bastava o Junior...".

Espero que ele queime minha lingua. Mas nào serei hipocrita de dizer que gosto e confio no seu trabalho. Quem lê meu blog sabe que não é verdade, logo, não cabe fazer "tipinho".

Quando jogar Bruno, Leo, F.Luciano, Angelim, Juan, Cristian, Jonatas, Ibson, R.Augusto, Marcinho e Souza eu vou acreditar um pouco mais. Essa formação me parece a ideal.

abs,
RicaPerrone

Pedro Bial no Maracanã
William Bonner no CT
É obrigação



Quando um time do nivel do Corinthians ganha 3 jogos seguidos e chega na final da Copa do Brasil a gente elogia pelo momento do clube e deve mesmo exaltar isso.

Mas, antes que o oba-oba seja descabido, é bom notar alguns detalhes.

Sim, o Corinthians surpreende pela rápida melhora e pelo padrão de jogo dado pelo bom Mano Menezes. Ponto.

Sua torcida é capaz de mudar o rumo das coisas e até levar o time pra final da Copa do Brasil, onde o Corinthians seria favorito contra Vasco ou Sport, e aí sim, teria feito algo notável e digno de oba-oba.

Por hora, apenas elogios controlados. Afinal de contas, ganhar os jogos da série B, com todo respeito aos adversários, não é mais do que a obrigação de um clube do tamanho do Corinthians contra CRB, CSA, Gama, etc.

Quarta-feira sim. Nesta data teremos um baita motivo pra jogar água fria ou pra elogiar o Corinthians 2008.

Por hora, cautela.

abs,
RicaPerrone

Hoje, no CT


Nunca vi nada igual. Os jogadores mudos, ninguém brinca, ninguém dá risada.

Clima de velório, de dor.

Sentiram, e muito, o golpe. Rogério Ceni, alvo das criticas pelas falhas, apertou minha mão enquanto eu passava pelo treino de goleiros e disse: "Doído, né?"
- Sim, e você vai pagar o pato sozinho quase né Capitão...
- Prefiro em mim do que nos outros. Eu sou mais experiente, tudo bem.
- Boa sorte domingo, tá? Que seja igual contra o Cruzeiro..
- Deus te ouça.

Me viu 10 minutos depois arrumando a camera pra fazer o diário da ET, olhou cabisbaixo e disse de novo: "Triste né cara..."

Sentiram. Falam nisso o tempo todo. O único comentário que a gente tira deles (fora do ar) é esse: "Triste", "Doído", "Que merda!", coisas do genero.

Eu fui pro CT tentando me manter profissional e isento de emoção. Tentei só cobrir o treino, mas não dava. São pessoas que eu gosto, vejo todo dia, sei o quanto eles queriam esse título. Doeu muito mais pra eles do que pra torcida, podem ter certeza do que eu to falando.

Saí de la arrebentado como torcedor e com algum material pro site. Não sei como eles vão reagir, sinceramente...

Muricy foi lá falar, deu suas patadas em perguntas que não o agradam como sempre e se garantiu no cargo, desta vez ao lado de Jesus Lopes, o que dá um fim na especulaçào. Ele fica.

Mas, segundo ouvi de alguns, não está definido. Juvenal volta domingo do sítio e deve tomar alguma medida que, talvez, seja a troca do treinador. Vamos aguardar, não acho que esteja tudo tão definido assim.

Outra coisa: O Adriano foi liberado até segunda, mas não sei se volta. O jogador não ta muito afim de jogar 4 partidas entre viagens pra seleção pra depois ir embora, e tenho lá minhas dúvidas se o SPFC não quer já aproveitar e formar o time sem ele. Enfim, é outro que não sabe se continua.

Falei com o Alex Bruno, ele disse que volta em 3 semanas. Aguentei piada de alguns colegas, mas tudo numa boa.

Só queria registrar para os torcedores do Sào Paulo que, de forma alguma, imaginem que alguém lá está achando engraçado ou pouco ligando. Estão sentindo e muito o golpe, como todos os tricolores estão.

Diazinho do cacete viu... 

abs,
RicaPerrone

Comentários


Gente, tá impossível ler todos os e-mails e responde-los mais ainda.

Vou liberar os comentários do blog de novo esperando ter tempo pra ficar deletando os menos educados e marionetes de complôs. Ok?

Se não der tempo, ou seja, se muita gente não souber agir com alguma educação, aí a gente tira e todos pagam por meia-duzia, porque tão injusto quanto isso só eu ficar perdendo horas de trabalho pra moderar esse tipo de coisa, né?

Então, aproveitem o espaço com respeito ao jornalista e aos colegas que opinam discordando de você.

Valeu?!

abs,
RicaPerrone

Ele, o vilão

 
Muricy sempre será o vilão de uma eliminação. Perpetuado no cargo com moral incomum com o presidente, Muricy goza de uma situação complicada e diferente.

É odiado por boa parte do conselho, recebe apoio dos tricolores mais apaixonados e recebe porrada dos mais exigentes.

Sua maior qualidade, segundo a maioria, é ser são-paulino. Rótulo este que ele deve adorar, mas que eu odiaria. Ser qualificado pelo clube que torce e não pelo seu trabalho é pouca coisa, e um tanto quanto injusto.

Muricy tem suas manias, suas convicções e sua forma de tratar as pessoas. Não faz média, dizem, e eu discordo quando perecebo que só fala educadamente com Milton Neves, Galvão Bueno, Zaidan, Beting, etc. Os menores, porrada pra todo lado.

Juvenal não está feliz com Muricy em 2008 como estava em 2007. Ele não gosta de como o time joga, e nem o Muricy gosta.

Mas, nao muda. Força o jogo na cabeça do Adriano e PONTO FINAL. Não ha mais nada com a bola nos pés. Sem ela, o time sabe marcar como poucos por méritos do treinador também, que sabe fazer isso em alto nível.

As pessoas discutem Muricy por "ontem a noite", quando na real a discussão tem que ser pelos 2 anos e meio de clube.

3 anos que se repetem de forma impressionante. Começa mal, melhora nas finais, perde jogando mal. O Juvenal mantém, ele arruma o time e ganha o pontos corridos brilhantemente. É um filme repetido com atores diferentes todo ano. E 2008 já seguiu metade do roteiro.

Muricy demora muito pra mexer, demora muito pra armar um time. Mais de 6 meses, o que tem complicado o primeiro semestre.

Ele diz por aí que 2 anos é um tempo bom num clube, depois disso deve sair. Ele renovou até o fim de 2009, o que indica uma dose boa de incoerencia e outra de amor ao clube.

Ele sentiu a derrota. Nunca o vi daquele jeito após o jogo. Ele será cobrado, porque a torcida do SPFC se divide em 2:

Os que "amam demais", e os que "analisam demais".

O primeiro caso não analisa nada. Quer ganhar, apoiar, empurrar e dane-se tudo. Ele é são-paulino, tem crédito, vamo que vamo.

O segundo caso analisa demais. Perde "pra nós mesmos"  sempre, não consegue achar um meio termo e sempre culpa o treinador.

Nem um, nem outro.

Muricy precisa ser avaliado por vários fatores, inclusive pelo comportamento, que é onde acho que ele se perde.

O SPFC já justificou internamente a sua permanencia com "não tem ninguém no mercado". O que é fato novamente em 2008. Eu não concordo com isso porque acho que o maior time do país tem o poder de tirar qualquer treinador que quiser do rival e trazer pra ele, basta pagar.

A pergunta que todo mundo me faz é: "E agora, voce demitiria o Muricy?".

Sinceramente, não.

Eu lhe perguntaria: Você não acha que tá na hora de sair daqui numa boa, estressar menos, ficar um ano longe e voltar depois?

Se ele disser sim, um abraço. Se disser que quer ficar, pode ficar.

Neste momento, pra mim, depende muito mais do que ele sente, do que ele acha que pode ajudar do que do que eu ou o Juvenal pensamos.

abs,
RicaPerrone

Eu e a torcida do Flu


Tem coisas que só acontecem com o Perrone. E a gente atrai o que a gente diz, né? Eu elogio tanto torcidas de outros clubes, acho tão bonito o Maracanã lotado, enfim... tinha que me acontecer alguma.

Maracanã, quarta-feira, 19h.

Chego na sala de imprensa e, depois de já ter dado risada com 200 taxistas e mais uns 20 cariocas que conhecemos lá, encontrei a galera de um tal Canal Fluminense. Nem sabia que o Flu tinha a sua "Estação Tricolor", mas tem. Fiquei meio assim, pois os caras eram rivais ao quadrado. Que nada!
- Senta ai irmao! Vamos comer alguma coisa e conversar.

Lá ficamos, papeando sobre os dois times durante um tempão.

Conversei com todos os orientadores do Maracanã que encontrei. Todos de uma simpatia fora do comum. Tiraram sarro de eu ser paulista, brinquei com eles, tudo filmado inclusive, vai pra ET logo mais.

Mas, o pior estava por vir.

Sentei na "cativa" um pouco pra ver a torcida do Flu receber o time. Muito bonito, dez!!!  Essas bandeiras, fogos e tal fazem muita falta aqui em SP.

No final, quando já faltavam 3 ou 4 minutos, subi pra fumar porque eu tava muito nervoso.  Fui fumar no meio da torcida do Fluminense.

Eles passaram 3 minutos esperando o gol, não torcendo. Eles pareciam ter certeza que aquilo ia acontecer, era incrível. Eu olhava assustado  e, claro, torcia pelo meu time. Mas, quieto, afinal, adoro meus dentes.

O Flu fez o gol... e quando fez, aos 47, eu chorei. Chorei porque dói, porque a gente viajou até lá pra fazer a cobertura no site, porque o time queria muito ganhar, porque tenho 200 motivos pra sentir quando o SPFC perde que só eu vou entender. 

Mas, para eles em volta, eu chorava de emoção.

Cara, que engraçado! Uns 10 tricolores pulando em volta, me abraçando e dizendo:
- não chora!!! Conseguimos porraaaaa!!!

E eu ali, chorando, abraçando os caras mas tentando sair discretamente.

Foi horrível... eu tive que sentir a dor da eliminação fingindo estar comemorando emocionado. Mas, como eu disse, no final das contas isso acaba até aliviando minha dor. Eu não consigo sentir raiva de ver tanta gente feliz como eu vi ali. Ontem era eu, hoje são eles, assim que vive o futebol...

Pra completar tinha a manhã seguinte.

Peguei um taxi e fui aos 3 clubes do Rio que eram mais próximos: Flu, Bota e Flamengo.

Fui conhecer, comprar coisas pra guardar, enfim... faço isso sempre que posso, independente do time.

Primeiro fui no Bota. Tava fechado, e o cara muito gentil abrir pra mim só pra eu não voltar pra SP sem uma lembrança do Bota. Comprei um boné lindo.

Aí fui no Flu. Cara, que engraçado... Eu entrei na loja, falei "oi"  e todo mundo me olhou. Eles tem um detector de paulista impressionante.

- Tu é paulista?
- Sou...
- São-paulino?
- É... vim trabalhar, sou jornalista. Mas eu sou tricolor. (e mostrei a correntinha do SPFC que uso).
- Vamo Fluzão... vamo ganha... eu sou do time... (em coro)

Tinha uns 9 na loja. Eles começaram a conversar, tiraram um sarro básico, eu parabenizei todos eles e comprei uma camisa e um copo pra guardar. Foi divertido, eles foram muito brincalhões, mas simpáticos e educados. Sai de la e um deles pegou meu braço e disse:
- Ae irmão, tu não fica triste não. Vocês já ganharam um monte, hoje é o maior dia da nossa história...
- Eu sei cara, eu vim aqui comprar uma lembrança porque eu sei disso. Parabéns.
- Tu veio conhecer o Flu no dia mais importante da vida dele!
- Vim, vocês mereceram.
- Valeu cara! Brigado mesmo! (e chorou)

Depois fui a Gávea, claro!!! Conheci o clube, vi o time terminar o treino, comprei umas coisinhas lá e voltei pro hotel. Os flamenguistas estavam putos, todos preocupados com o Flu ganhar a Libertadores. Mas é muito divertido isso. Eles brincam mais do que discutem.

Ontem ficou resolvido que Flu x Boca fazem uma semifinal. Nem sentirei saudades, porque se tudo der certo volto ao Maracanã pra ver isso de perto.

Valeu! Me sinto no dever de registrar isso e agradecer aos tricolores que conheci lá pelo tratamento. Sei que os tratei igual aqui, portanto, me sinto devidamente recompensado.

abs,
RicaPerrone

Um lugar chamado Maracanã

Passei 29 anos olhando de longe pela TV e imaginado como seria aquilo lotado. Fui lá algumas vezes, todas sem torcida.

Esperava ver isso acontecer com a torcida do Flamengo lá dentro, afinal, ensaio essa visita há anos. Mas, a vida quis que eu fosse acompanhar o meu Tricolor diante do Flu, no dia mais importante da história do clube carioca. A vida sabe o que faz.

Senti uma coisa de moleque quando cheguei perto. Me senti um nada quando entrei, e me senti o rei do mundo quando me deram uma credencial de transito livre pelo gigante.

Aquilo não é normal.

Não, não! Não é um estádio! Calma lá! Estádio é onde se joga futebol. O Maracanã é o palco da história do futebol brasileiro. Talvez não a mais recente, mas sem dúvida a mais relevante.

Não é um gol. É o gol onde o Pelé fez 1000. É onde o Zico jogou, onde o Garrincha brilhou, onde as torcidas viraram cartão postal... não dá pra explicar. Tem que ir, sentar, olhar e sentir.

Eu me dei 20 minutos de Maracanã. Parei o que estava fazendo e sentei para olhar e ouvir. A torcida do Flu cantava, eu olhava tudo aquilo e lembrava de quantas vezes eu quis estar ali.

É evidente que para sentir tudo isso é preciso ser um apaixonado por futebol, o que sei não ser o caso de 95% de vocês, torcedores. Sei que é raro sentir o que eu sinto e ter essa insuportavel mania de admirar todos os clubes, achar beleza num rival e escorrer uma lagrima por pisar num campo que nem é do meu estado. Mas eu sou assim, gosto mais de futebol do que do meu time, sempre fui, desde moleque.

Encontrei o Junior, o Assis, o Jorginho... caramba! Quanto craque ali, passando na minha frente. Esperei muito o Zico, mas ele não foi. Ainda vou realizar o sonho de vê-lo de perto e apertar sua mão, assim como fiz com Raí, Oscar e Dario Pereira.

Eu tentei relatar o que foi aquilo, mas eu não tenho como falar na lingua de um torcedor rival ou mais apaixonado e deixar isso claro. É preciso ser isento de paixão clubistica nessa hora, e sei que é quase impossível.

O Maracanã é lindo. O ambiente daquilo lotado é algo totalmente diferente do que estou acostumado. O carioca parece ver o futebol diferente da gente aqui. Eles curtem mais do que cobram parece. Não que não cornetem, mas eles se divertem indo ao jogo mais do que ficam nervosos.

Cara, não da pra explicar. Eu fui o cara mais feliz do mundo por 20 minutos sentado no meio da torcida do rival do meu time naquela noite. E mais feliz ainda eu fui quando acabou o jogo, porque eu entrei no gramado do Maracanã sozinho, tudo sendo apagado, e caminhei por alguns minutos. Ali, juro por Deus, é foda de não se emocionar.

Me sinto com 2 obrigações enormes a partir de hoje:
1 - Ir mais ao Maracanã.
2 - Ver um Fla x Flu lotado.

A outra obrigação, que já cumpro sob protestos, continuarei cumprindo: Tentar dar ao meu leitor um pingo de admiração, respeito e história sobre os demais clubes do país.

O futebol é mais do que o nosso time, seja ele qual for. E azar de quem não quiser ver desta forma.

abs,
RicaPerrone

O jogaço

Enfim, de volta a são Paulo. Depois conto da viagem, que foi terrível.

Ontem no Maracanã, para alguns tricolores paulistas o Muricy "enterrou" o time. Eu não vejo assim, apesar de ver na sua filosofia de jogo um dos fatores determinantes para perder.

Dizem que o Rogério errou ontem e contra o Palmeiras, por isso perderam os jogos. Ou seja, o herói virou vilão e fez do paraíso uma crise. Não, não é verdade.

Rogério errou sim, sem dúvida. Podia ter saído na primeira bola. O gol do Dodô é um erro discutivel, mas o primeiro lance não.

O problema é que enquanto o SPFC ficou tentando não errar na defesa, o Fluminense gastava tempo não errando de fato. O Thiago Silva é mesmo um jogador diferenciado.

Foi um jogo entre a vontade de cadenciar o jogo e não perder do SPFC contra a vontade de vencer do Fluminense. Venceu quem tentou, quem buscou.

Renato foi genial? Não... claro que não! Mas tentou! Tirou meia, meteu atacante, buscou a vitória sempre. O SPFC não. O time do Morumbi buscou a vaga, não o jogo.

Muricy fez bem com Joílson, que não fez bem em ser expulso. O time sentiu, mas não considero nenhum fator isolado, nem a falha do capitão, fator fundamental para a derrota.

Para mim é simples: O Fluminense tem um belo time, o SPFC idem. O Renato tenta fazer seu time atacar bem há 6 meses. O Muricy tenta fazer o time não sofrer gol no mesmo período.

Ganhou quem tentou fazer gols.

O São Paulo não "perdeu a Libertadores", porque este termo é complicadíssimo de se usar. Um ganha, o que não significa que os outros "perdem".  É normal perder, e contra um grande time, na casa deles, torcida lotando, empurrando, e num dia de pouca sorte... não tem motivo pra chororô.

Parabéns pro Fluminense, ponto final! As vezes a gente analisa tanto uma derrota que perde a chance de ver a beleza da vitória do outro lado. O SPFC foi coadjuvante na maior noite da história do Fluminense.  Não sejamos arrogantes de tentar roubar a cena até neste dia.

Eles venceram. E nós perdemos, mas perdemos pra eles, não pra "nós mesmos".

abs,
RicaPerrone

Épicos


Olha, eu estou aqui no Maracanã. Acabei de ver o meu Tricolor perder para o outro Tricolor, estou obviamente triste e não quero escrever nada agora.

Só quero registrar que vi um jogo épico, um time que vai ficar pra história por esta simples classificação, contra outro time de altíssimo nível que perdeu pro futebol, pro acaso, pra competencia, pro matador, pro Renato ousado e pra uma torcida que, confesso, me deixou muito impressionado. Não pelo número, mas pela fé.

Eu nunca vou esquecer o que vi aqui. Nem pelo choro que não contive no final do jogo, quando vi alguns dos caras que eu vejo treinar todo dia sentandos no gramado, e quando entrei na cabine para colocar a manchete na Estação Tricolor.

Pior: Eu vi o último gol dentro da torcida do Flu, porque fui fumar.

E o que era pra ser mais dolorido se tornou um anestesico. Eu senti ali dentro a emoção e a alegria deles, e, juro por Deus, me dói dizer isso, mas eles mereciam.

Como torcedor saio daqui frustrado, magoado, arrasado. Não vou dormir, tenho certeza. Pra se ter idéia do quanto doeu pro time, eu to online com o Alex Silva e ele me conta que 80% do time tá acordado, pensando, mudo. Ele me disse a seguinte frase: "Foi o pior dia da minha vida".

Da minha não foi, porque conheci um Maracanã que eu nem sonhava ser tão lindo. Entrei no gramado, vi ídolos... enfim, coisa de apaixonado por futebol.

Mas, caros tricolores...

Parabéns pra alguns, e calma pra outros.

O mundo não acaba por uma derrota. Mas também não gira se continuarem com a tese do "perdemos pra nós mesmos".

Hoje não! Perdemos, mas perdemos pra um Fluminense forte, guerreiro e que mereceu passar de fase.

Ninguém faz 3 gols no São Paulo. E quando faz, merece passar.

abs,
RicaPerrone

Merece registro


 Eu lamento por ele. Se eu não tivesse feito as coisas que fiz na vida (se refere ao uso de drogas], Pelé não chegava nem em segundo. Quando ele fala, fala negociando. E creio que o carinho das pessoas não se negocia. Ele já foi. Tinha de estar mais perto dos jogadores, e não de Blatter, presidente da Fifa, e do brasileiro João Havelange. Quando Pelé fala de mim, não respondo, porque ele não tem dignidade para falar de mim - diz Maradona, sobre Pelé.

Maradona, meu querido... olha só:

Você não beija os pés do Pelé jogando. Você fala em personalidade e não respeita a do Pelé, que infelizmente pra você é mais jogador, mais homem e mais exemplo.

Você morre de inveja do Pelé.

Você é um exemplo de tudo que um cidadão não deve fazer na vida.

Você não jogou mais do que o Zico.

E você me irrita quando abre a boca. Boca que, aliás, será eliminado amanhã.

abs,
RicaPerrone

Mais perguntas, mais respostas

Boa tarde, Rica.

Primeiramente, parabéns pelo blog e pelo ótimo trabalho desenvolvido na ET. Acompanho ambos desde o início.

Tenho algumas perguntas para o "Perguntas e Respostas"

1 - Alguma chance do Adriano ficar, caso o São Paulo ganhe a Libertadores (Se não ganhar, ao meu ver, a chance é zero)? Seja por "bondade" da Internazionale, seja no envolvimento de Alex Silva e Hernanes (visto que são do interesse da Inter) numa negociação ou seja pelo surgimento de um grupo de empresários que vá botar dinheiro no negócio?

Olha irmão... não se iluda. rssss A chance dele ficar no SP é de 0,05%, só pra não dizer ser impossível.

2 - Há algo em se tratando de Ricardo Oliveira ou são somente boatos?

Não apurei nada muito forte. Mas que o SP adoraria te-lo de volta, sem dúvida. Que tem conversa tem, mas a que pé anda...


3 - Serginho e Cafu, ao meu ver, seriam ótimas peças para o time, mas a diretoria já disse que nem pensa nisso. O que acha? Alguma chance?

Não estão novinhos ne? Eu acho que o Serginho tem mais mercado no SP do que o Cafu. Mass.... o Cafu é destro, e isso muda muita coisa, ja que o SPFC quer um meia destro. Eu não acho que seja fundamental, nem que sejam baita negocios. Mas eu nao ficaria triste nao se viessem. rs


4 - França se oferecendo novamente, jogador com boa cabeça e motivado. A diretoria mudou de opinião ou vai acontecer o mesmo que aconteceu com o Denilson?

Pois é... mais um "ex-jogador" que o SP chuta e depois talvez engula. Vai entender né? Eu adoraria, baita jogador.

5 - Entre o Tetra da Libertadores e o Hexa do Brasileirão (consequentemente o primeiro Tri legítimo), o que você prefere, se tiver que escolher somente um?

Disparado a Libertadores. Voce nao tem noção do quanto eu sonho com isso há 2 anos, desde que surgiu a ET.

 

Perguntas de Marco Antonio Rocha.
Deu sorte que eu to esperando pra ir pro CT aqui de bobeira ... respondi seu e-mail na integra em menos de 15 minutos. Não acostuma não hein rapaz! rsss


Fala Irmão Blz?

Gostaria de um comentario seu sobre a final da UCL, quem vc acha que vai ser o vice campeão do mundo pro nosso SPFC? hahahahahha

 

Falando serio qual a sua opinão sobre o jogo?

 

Marco Vinicius, eu acho que dá Chelsea. Simplesmente porque eles tem Droga, monstro!!!

Marco Vinicius

 

 

abs,
RicaPerrone

Jogo bom é assim


Jogo bom é assim.

Ninguém se garante, ninguém assume inferioridade, mas todos sabem que será difícil.

São-paulino morreeeeeeendo de medo de perder pro Flu.

Tricolor carioca tremeeeeeendo de medo do poderoso SPFC da Libertadores.

Paulista querendo manter a fama de superior aos cariocas nos últimos anos.

Carioca querendo selar de vez a melhora que obteve nas últimas temporadas.

O Maracanã lotado que todo são-paulino vai "babar" em ver de perto.

Como os cariocas adoraram conhecer o Morumbi.

O medo de Adriano, que não se assume.

O medo de Thiago Neves, que jamais será declarado.

As duas torcidas, que nunca se deram bola, hoje se matam via internet fazendo apostas, ameaças e guerrinhas.

O Maracanã aguarda, e os times treinam.

Mas hoje ninguém dorme a noite toda, tenho certeza.

Nem lá, nem cá.

Porque jogo bom é assim.  Antes dele começar já ficou claro a grandeza, a qualidade e o respeito de ambos.

abs,
RicaPerrone

Replay, porque merece

 

 

Perguntas e respostas


Rica, eu gosto muito do seu blog e sou flamengo. A nação curte muito o que você escreve e vive colocando seus textos nas comunidades do orkut do Mengão. Voce costuma ler o que as pessoas escrevem no orkut? Os jornalistas leem o que a gente diz lá? E os jogadores?

Caio P. Doravan

Caio, eu fico feliz. Vejo sempre o que dizem sobre minhas colunas no orkut desde que me mandem o link. Eu não tenho muito tempo pra ficar procurando, então acabo lendo quando me avisam. Sobre os jornalistas lerem... olha cara, infelizmente hoje em dia não dá mais pra considerar. Antigamente a gente tinha um feedback legal, hoje é tudo radical e feito pra aparecer.  Se voce notar, as torcidas todas acham que a midia defende o SPFC. E o SPFC acha que a midia o persegue. Os cariocas acham que a Globo puxa o saco de time paulista, e em SP acham o contrario. Ou seja, pra torcedor hoje em dia é tudo complo, todo jornalista é ruim, todo comentarista é burro e tudo merece levar porrada. Vai tirar o que disso? 10 comentários a cada 50 que valham a pena e que tenham sido lúcidos? Ficou dificil acompanhar e levar em consideração. Os jogadores até leem, mas também não ligam muito não. A opinião do torcedor de futebol é muito voluvel e baseada em resultados e aquilo que "dizem" pra ele.  O craque de hoje é o lixo de amanhã.. e o jornalista que elogia meu time hoje é o imbecil da semana que vem, quando o criticará.


Voce não liga mais pro F-1 na WEB?

Sandro Oliveira

Ligo cara. Mas eu não tenho mais tempo pra cuidar dele. O que aconteceu com o site é basicamente isso: Eu cuidava dele o dia todo, um dia troquei pra cuidar de outras coisas, e ele ficou mais basicão, porque não tem alguém pra ficar cuidando de detalhes o tempo todo. Eu não acompanho mais F-1 como acompanhava, e por uma decisão muito pessoal resolvi fazer o que gosto que é futebol. A F-1 eu adorava, hoje só gosto. O site continua, mas... não fica na minha mão mais.


Perrone, eu queria saber bastidores. Quem são os jogadores mais legais e os mais arrogantes no CT? Quem são os que voce se dá melhor? E os que você não se dá? Parabéns pela ET! É um absurdo o site de voces! visito 15 vezes por dia.
Pedro Caetano / PR

Pedro, não é muito normal ser "amigo" de jogador. Eu não sou "amigo" deles. Me dou bem com todos os jogadores do elenco, não tenho o menor problema com nenhum deles. Ninguém se recusa a falar com a ET, pelo contrário, gostam da gente porque sabem o quanto trabalhamos lá todo dia e que jamais publicamos inverdades, etc.

O que eu mais gosto e mais converso é o Alex Silva. Os mais gente boa dá pra dizer que: Zé Luis, Borges, Richarlyson, Fabiano, A. Dias, J. Wagner e Aloísio. Os outros são todos muito legais, mas estes são os mais acessiveis, os que mais converso lá. O capitão é 10 comigo, mas ele não passa na sala de imprensa, então acabo falando com ele uma vez por semana e olhe lá.  O Imperador é um cara de um coração enorme, mas ele tem medo da imprensa. Quando não tem microfone e só tá voce e ele, o cara é um menino.

Arrogantes, sinceramente... tem dois lá mas que não dou o nome. E o Muricy que é difícil pra todo mundo, pois não trata as pessoas muito bem e tal. Mas num geral, o ambiente é ótimo e são todos muito legais.


Rica, blz!? Cara, rapidão minha pergunta: Você curte que tipo de música? Só curiosidade mesmo...
André Marques (torcedor do Cruzeiro!!!)

André, eu gosto de tudo. Mas eu ouço mais Samba Enredo, Zezé e Luciano, Chitão e Xororó, Bruno e Marrone, Dudu Nobre... gosto de sertanejo, samba, pagode, essas coisas. Até Sandy e Jr. eu ouço. Aliás, gosto do Fábio Jr. também! rs

Só não gosto muito de Rock mesmo.
Sim, sim... sou cafona!

abs,
RicaPerrone

Dúvidas

O SPFc está definido e não tera novidades contra o Flu no Rio, apenas J. Wagner. O Flu não está, e pode surpreender o SPFC.

Dizem que joga Thiago Silva e não Roger. Que joga o Conca e não o Arouca.

Mas, e se o Renato não tirar o Roger, meter o Thiago Silva e tirar o Dodô?

E se o Cicero sair pro Conca entrar?

Indiscutivelmente o Renato tá colocando mais dúvida na cabeça do Muricy do que o contrario.

Se eu fosse o Renato colocaria 3 zagueiros, o Ygor, tirava Cicero e Dodô e metia o Conca. 

Se eu fosse o Muricy não faria nada de diferente, porque é ruim dessa zaga tomar 2 gols.

abs,
RicaPerrone

Anotei

Bebado, um dirigente do Corinthians disse num bar em São Paulo:

"O Corinthians será campeão da Copa do Brasil, e o SPFC pára nas semi da Libertadores. Podem anotar!"

Anotado.

abs,
RicaPerrone

O lado B

 
Infelizmente hoje em dia qualquer atitude é imediatamente respondida com rótulos e agressòes. Não existe o hábito de, antes de reagir, se perguntar: "Tá. Mas porque ele fez isso?".

Denilson é o nome da rodada. Jogou uma barbaridade, acabou com o jogo e chorou na coletiva. Depois, perguntado sobre sua torcida na Libertadores, disse que torcerá pelo amigo Gabriel.

Os tricolores estão putos, porque Denílson era um ídolo, e agora não é mais.

Agora, independente da paixão clubistica e daquela historia ultrapassada de amor a camisa, onde todo mundo ja percebeu que não é bem por ai mas insistem em cobrar como se fosse, vamos ao lado do cara.

Ele saiu do SPFC pela porta da frente. Ao contrário do Kaká, por exemplo, ele esperou a melhor oferta pro clube para sair. Kaká, assim como Ronaldinho Gaucho, sairam forçando que o clube vendesse logo pra não ficar no zero ou, pior, como fez o Gaúcho, saiu sem deixar nada pro clube. Isso sim, pra mim, é questionavel. Afinal de contas, o jogador sabe muito bem pra que esta sendo preparado. E no caso do Kaká, que me perdoem as fãs, eu já sabia, assim como ele, 5 anos antes dele estrear que era um projeto fazer dele um jogador completo e vende-lo caro. Uma das partes destruiu o projeto, e foi o Kaká.

Isso não é boato. Kaká tinha 14 ou 15 anos quando dirigentes do SPFC resolveram fazer um jogador moldado. PEgaram o menino, que tinha boa cabeça, e lhe deram todos os fundamentos para que se tornasse o mais completo e moderno jogador do mundo. Em troca disso, o SPFC levaria uma grana alta. Kaká topou, mas quando a torcida cobrou dele, saiu correndo por miseros 8 milhões, e dane-se o projeto que fez ele ser o que é hoje.

Voltemos ao Denilson. O cara voltou pra cá e pediu pra treinar, o SPFC disse não.  Todo direito do clube recusar, e todo direito dele ficar triste. Só que a diferença é que o Denilson não saiu metendo o pau no clube, apenas dizendo estar chateado. O que fizeram alguns dirigentes do SPFC? O chamaram publicamente de ex-jogador em atividade, de "album de figurinhas", etc. Isso dá todo direito do Denilson se ofender, porque não ha a menor necessidade do SPFC dizer isso sobre um idolo do clube.

Ele foi pro Palmeiras e a torcida recebeu o cara de braços abertos. Ganhou titulo, tem jogado bem, deixou de ser um "ex-jogador", e vive um momento importante de recuperação na carreira.

Aí perguntam pra ele se ele vai torcer pro SPFC, e obviamente ele diz que não. Afinal de contas, a torcida dele é a do Palmeiras, e é ela que ele tem que agradar. Ou o tricolor ficaria feliz se o Borges disesse que vai torcer pro Corinthians contra o Botafogo? Faça-me o favor né...

Enfim, Denilson tá na dele. Ele tem todo direito de ficar chateado com o SPFC, até porque, sempre deixou claro que essa magoa não chega na arquibancada, e não tem porque chegar, já que a torcida do SPFC adorava Denilson.

Tudo tem o outro lado. O Denilson pode não ser um cidadão 100% correto, nem nessa historia estar 100% certo. Mas, não merece esse monte de pedra da torcida do SPFC como se ele tivesse cometido  algum desrespeito.

Pra mim, Denilson ainda é um ídolo do SPFC.

abs,
RicaPerrone

Tem sim!


Alguns dizem que o SPFC não tem elenco, e há meses eu brigo contra essa tese. O próprio Muricy acha que faltam peças, e eu brigo que nessa ele tá errado (em quantidade). Achei que ia passar o ano brigando sem ter argumentos concretos, mas achei um neste domingo.

Falta "o meia", sem dúvida. Mas, depois do que viram hoje, espero que esse papo de que o SPFC não tem banco, não tem elenco, não tem opção, precisa comprar jogador pra tudo que é posição, etc... enfim, acabe.

A base do clube é forte e precisa ser mais usada. Não pre enfiar os meninos na fogueira, mas não vejo necessidade alguma de ter 3 laterais contratados e não um da base e, talvez, 2 contratados. Idem pro meio, volantes, goleiro, zagueiro, etc.

Hoje ficou bem claro:  O Juninho sabe jogar! O Junior pode ser bastante util, inclusive no meio. O Joilson joga la na frente, e não de lateral. O Cazumba tem futuro, o Aislan segurou bem a onda, o Wellington é bom jogador, o tal do Bruno, que eu nunca tinha nem visto no Ct, marcou direitinho. Isso sem falar que o Éder Luis é atacante, e hoje ficou claríssimo, apesar dele ter prendido a bola mais do que devia.

Enfim, tem elenco sim.

E mais do que isso: Tem 11 jogadores de altíssimo nível e ainda um time B capaz de resolver se alguém desfalcar o time.

Pela primeira vez no ano o SPFC deu apenas 8 cruzamentos no jogo. Sabe o que isso significa? Que a bola ficou no chão, e isso se deve a forma que o time se posicionou e a qualidade destes jogadores.  Normalmente são 30 por jogo, hoje foram 8.

Mais destacavel ainda é o trabalho do Muricy nesta tarde. Eu vi o treino tático, único que deu tempo pra este jogo, diga-se, e o time repetiu com perfeição o que ele ensaiou. Armou o time muito bem e conseguiu um puta resultado, porque eu mesmo imaginei, ao ver o time, que seria uma cacetada.

O elenco tá aí. Precisa reforçar sempre, mas não me diga que este elenco do SPFC não é capaz de competir com os de América-MEX, Santos, Fluminense, Atlas, Flamengo, Botafogo, Gremio...

abs,
RicaPerrone

O cara


Adriano vive grande fase. No dia de sua estreia, escrevi neste blog que sua chegada mudaria a forma do SPFC atuar. Que a partir de agora, não perdendo, o time teria quem resolvesse e transformasse empates em vitória.

Passou uma fase ruim e muitos duvidaram. Eu nunca duvido de craques, e Adriano é um deles.

De forma absolutamente incontestavel o sujeito vem resolvendo quase que sozinho para o SPFC. Me arrisco a dizer que, pelo futebol apresentado, se não fosse ele, o SPFC corria risco de não passar da primeira fase na Libertadores, assim como não teria igualdade de condições contra o Palmeiras em 2 jogos no Paulista.

O diferencial do time se chama Adriano.

Claro, tem bons jogadores, etc. Mas, nada se compara ao que este sujeito está fazendo. Ele está mascarando problemas e ajudando a corrigi-los. Porque?

Porque quando um jogador salva o time da derrota a equipe tem paz e tranquilidade para corrigir defeitos sem pressão. O SPFC melhora a cada jogo porque o Adriano está fazendo o time ganhar jogando mal. Hoje não, hoje o time já joga um futebol aceitavel. Mas, só chegou a isso porque venceu.

Se estivesse perdendo, a pressão não permitiria o trabalho da forma que ele é e foi feito até aqui.

Ainda assim há quem questione a teoria de que um grande time vencedor requer um grande jogador decisivo.

Adriano transformou o SPFC frustrante em favorito à Libertadores. E não duvido nada que ele faça o favorito se transformar em tetra.

abs,
RicaPerrone

Os maldosos


Vo publicar só pra não dizer que eu seleciono só elogio.

Rica, eu não sei exatamente o que você pensa sobre o Muricy. Mas de 3 anos pra cá, sua visão sobre ele mudou ou você ainda tem enormes restrições a ele?
Pedro Djargue

Pedro, eu mudei muito minha impressão sobre ele. Principalmente indo todo dia no CT. Acho que ele é muito melhor do que eu imaginava, e bem pior do que algumas pessoas colocam, como "melhor do Brasil", etc. Ele tem suas dificuldades na parte ofensiva, mas arma muito bem o time pra não perder. Como pessoa, passei a entennder que ele faz aquilo não por maldade, mas por falta de preparo para administrar a relação com a mídia.  Eu não faço perguntas pra ele na coletiva porque não gosto da forma que ele responde, mas... é direito dele, como é meu não perguntar.

O Muricy é igual comida japonesa. Quando ve voce torce o nariz, quando experimenta você não gosta muito, passa 6 meses você se acostuma, e depois de 3 anos você já passa até a gostar.


Bom, eu leio seu blog porque não tenho o que fazer.  não concordo com nada do que você diz, odeio voce, acho que você conhece futebol mas é muito chato. Minha pergunta, que duvido que responda é:

Se você fosse escolher 2 jornalistas pra fazer um programa de TV com você, quais seriam?

Rangel

Rangel, obrigado pelo ibope!  Espero que você arrume o que fazer e mesmo assim continue lendo meu blog. rs
Olha cara, primeiro que pra eu fazer algo na TV só se me pagassem muito bem. Odeio camera, não gosto de mostrar a cara, enfim... não gosto de ter uma cara conhecida. Se por um acaso eu fosse ter algo do tipo Arena Sportv, ou seja, um debate esportivo, eu levaria Milton Neves e Cleber Machado. Um que faz o show, outro que dá o toque cerebral.

Sem show não tem graça, sem cerebro não tem credibilidade. A mescla é o ideal, sempre.

abs


Cara você faz um site do caralho pro Sampa. Eu reconheço que é muito bom e tal e coisa. Só que eu não entendo muito bem qual é a sua quando você critica o time ou a diretoria. Porque alguém que ama tanto o SP precisa fazer isso?
Rafael / Brasilia

Rafael, sua pergunta é a mesma de muita gente que não entende exatamente o que faço. Veja bem, eu sou jornalista. Partindo deste principio, eu posso fazer o que eu quiser dentro da profissão. Escolhi investir num site sobre o SPFc, que é algo que acredito a medio prazo. Mas, isso não tira de mim o pingo de responsabilidade que tenho com uma credencial no peito e com um blog muito bem visitado por torcedores de diversos clubes.

Eu tenho a obrigação de ser imparcial ao fazer criticas e elogios. Não tenho essa obrigação ao declarar meu time ou TORCER, mas ao analisar, tenho.  Sei que é duro entender, principalmente porque a base de comparação é com colunistas de outros sites do SPFC que são apenas torcedores, logo, podem torcer, torcer, torcer e dane-se o resto. Eu não posso, nem gosto, e nem se pudesse o faria.

É isso, valeu!?

abs,
RicaPerrone

Perguntas do povo

Rica, segue minha pergunta:

 

Com a ótima atuação de ontem e a eventual volta do JW, o que você acha que o Muricy DEVERIA e IRÁ fazer semana que vêm no Maracanã: lança o mesmo time, volta ao esquema antigo ou monta um novo esquema?
Luciano Antoniolo

 

Luciano, acho que ele vai no basicão. Não tem muita opção, e não acredito que ele vá tirar o sistema de 3 zagueiros justamente precisando do empate fora de casa. Mas... o Muricy foi muito bem na quarta e pode surpreender de novo na semana que vem. Por enquanto, nos treinos, não deu pra notar nada de diferente.


Li um texto sobre uma reunião ontem entra Luxemburgo e Traffic, na qual a empresa garantiu que nos próximos anos continuará fortalecendo o Palmeiras.

Luxemburgo prometeu que em 5 anos o Palmeiras será o maior clube da América do Sul (Ou seja, querem chegar ao nosso nível), e até lá o CT novo e a Arena serão construídos.

O verdinho começa a te incomodar Rica? Você acha que eles conseguirão isso?
Ou o Luxemburgo, que faliu o Santos e nos últimos anos só ganhou estadual está blefando?

E você acha saudável para um clube como o Palmeiras, nos últimos tempos só ganhar títulos tendo um parceiro forte por trás?

Não seria um sinônimo de pequinês?

Abraço, Roger

Bom, primeiro registro que não concordo com você. Não acho que o Luxa faliu o Santos, porque quem quis pagar uma fortuna pra ele foi o Santos e não ele que obrigou com um revolver na mao.  Sobre "só o Paulistinha", pelo time que ele tinha, isso e o vice do brasileiro me soam como um puta resultado, ao contrário do que voce avalia. Mas, enfim.

Sobre o Palmeiras incomodar, acho que sempre incomodou pela força que tem. Claro, melhor estruturado e com um parceiro fica ainda mais forte.  O projeto de 5 anos é bacana, e essa coisa do time não ser dele não condiz muito mais com   realidade, pois se você pegar o SPFC verá que Miranda é não sei quantos porcento da Trafic, Hernanes idem, F. Santos, Adriano e mais uns 3 são emprestimo, enfim... tem uns 2 pra vender e olhe lá. Hoje é tudo assim, então não vejo problema nisso pro Palmeiras.

Se o investimento for colocado em estrutura, e isso o Luxemburgo sempre faz, acredito que o Palmeiras possa voltar a ser forte e vencedor. Aliás, torço por isso. Tá cansando campeonato de 2 ou 3 times.

abs


Rica, blz? Cara, queria que você falasse por favor sobre as criticas que recebe de alguns tricolores por gostar do Flamengo.

André Vizoli

 

André, eu não acho anormal.  Levo na boa, nem me importo. No Morumbi muitos brincam comigo por isso, mas o importante é que não confundam meu time.  Meu time, como já disse até na comunidade do Flamengo, é o SPFC. O Flamengo é um time que eu adoro por questões pessoais, pela minha infancia, enfim, pelos meus motivos. Mas, meu time é o SPFC.

 

No final das contas, ao ler que a maior parte dos tricolores que me criticam usam este argumento, fico até feliz.  Eu faço blog, video, site, rádio, boletim, coluna, a ET... se a critica fica pelo que gostou ou não, sinal que faço um bom trabalho. hahahahaha

abs,

 

RicaPerrone

Finalmente


O STJD anulou na última quinta-feira o artigo 54 do regulamento geral do Campeonato Brasileiro que previa a realização de jogo sem  torcida para como punição à um clube infrator. Segundo o programa Redação SporTV, quem tem que cumprir pena de perda de mando de campo não terá que jogar com os portões fechados. O tribunal ainda não sabe como será a nova punição aos clubes, mas cogita que a equipe infratora tenha que jogar fora de casa. 

Ridículo que profissionais paguem pelo erro de um ou outro idiota que não sabe se comportar lá em cima.

O que não significa que latas e pedaços de pedra estão liberados, tá?

abs,
RicaPerrone

Marvio, a lenda


Além de Marcelo Prado, que solta frases incríveis todos os dias no CT, existe outro notável que merece um destaque do blog.

Marvio, roqueiro, flamenguista, que cobre o Tricolor pela Folha de São Paulo. Duas pérolas que merecem registro:

- Hernanes falava na coletiva quando notou que Marvio não anotava nada do que ele dizia. Bem humorado, Hernanes perguntou:
"Voce nao anota não cara?"
Marvio respondeu, no mesmo bom humor: "Não, vocês falam sempre a mesma coisa... só quando falam algo diferente que eu escrevo".

- Ao saber da contratação de Caio Junior pelo Flamengo para a vaga de Joel, Marvio foi simples e objetivo:
"Desnecessário... pra que o Caio? Bastava o Júnior..."

Isso sem contar o sujeito cantando o hino do Real Madrid no Ct...

abs,
RicaPerrone

Muito obrigado


 

Hoje recebi uma camisa e uma carta dos São Paulinos de Brasília, turma animada e forte que vive se organizando por lá para ver os jogos. São leitores da Estação Tricolor.

Fico muito agradecido, de coração, e muito honrado. Muito obrigado mesmo.

abs,
RicaPerrone

Grande cara

Aniversário do André Dias. Hoje fomos brincar com ele e o Milton Cruz e o Muricy acabaram entrando na bagunça.

Parabéns, André!!!

abs,
RicaPerrone

Essa Copa do Brasil...

 
Quem diria que Sport, Vasco e Corinthians, com esquadrões modestos (pra ser gentil) estariam a 2 jogos da final da Copa do Brasil e a 4 da Libertadores?

Eu não diria. Aliás, diria que um deles, o Botafogo.

O Inter fora, nem o gremista diria.

Portanto, dane-se o que dizem... A Copa do Brasil 2008 já é uma surpresa.

O Sport tenta trazer o nordeste de volta.

O Botafogo acabar com a fama de amarelão.

O Vasco de surpreender com um time "rotulado" de limitado.

E o Corinthians ganhar à là Corinthians, ou seja, na torcida.

Sem mais apostas! Cansei de errar esse mes.

abs,
RicaPerrone

Sem resposta

 
 Muricy fez o que eu apostei que faria. Aliás, dei o time que acabou entrando em campo e surpreendendo Renato, então, se eu disser que fiquei surpreso, me internem.

O que me surpreendeu foi o Renato, que tirou o Conca. Não imaginava, nem o Muricy, nem ninguém. Não concordei.

O SPFC não matou o time do Flu como alguns dizem, tanto que 90% do jogo ficou entre defesas tirando bolas e não armando o contra-ataque. Porque não armaram? Porque o medo de levar gol era tamanho que o Flu jogou sem o seu meia que volta e leva essa bola ao ataque (Conca) e o SPFC só tinha o Hugo pra fazer isso, porque o Renato enfiou o Cicero pra segurar o Hernanes.

Mesmo assim, o SPFC criou algo, o Flu não.

Aliás, é correto dizer que o Muricy armou muito bem o time, que o SPFC fez uma boa partida, talvez até que tenha sido a melhor do ano. O que não é possível é responder as seguintes perguntas:

- O que o Renato Gaúcho vê no Cicero ao ponto de meter o Conca no banco pra manter o cara?

- Porque o time do SPFC recuou e parou de tentar quando fez 1x0?

- Porque no segundo tempo, durante uns 20 minutos, o Fluminense conseguiu ficar com a bola lá na frente pressionando o SPFC, e depois parou sem que houvesse mudança nos times?

- Porque o Hugo joga quando quer? Ou melhor, porque ele não queria antes?

- Porque o Dodo some em todas as partidas decisivas que disputou na vida até hoje?

- Porque o time do SPFC joga quando quer? Que diabos pode ser argumentado justificando que em 30 minutos o time jogou tudo que se espera dele no ano e, sem grandes novidades táticas ou em peças, os caras resolveram jogar com a bola no chão? Qualé o problema então? Se quando quer joga, porque não quer sempre? Essa eu não entendi...  Já jurava ser um time incapaz de trocar passes e me deparei com um time tocando bola no chão por 30 minutos envolvendo o Fluminense.  Que diabos aconteceu nos outros 30 jogos do ano então?

Enfim, nada resolvido. O SPFC abriu ótima vantagem por não ter levado gols, mas só isso. O Flu tem time pra fazer 2x0 lá, assim como SPFC para empatar ou até ganhar o jogo.

A surpresa do Muricy já foi. Dessa ele não tem peças pra sair muito. O Renato tem, e aí sim existe uma vantagem pro Fluminense. Mas, pelo que vi hoje, aliás, pelo notável poder do SPFC quando o assunto é Libertadores, coloco o SPFC como favorito nessa.

abs,
RicaPerrone

 

Sensacional!!!


Estrela nas costas de Perivaldo, o novo amuleto do Botafogo

Reprodução/OrkutO Botafogo terá um reforço surpresa para o jogo contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. O cachorro Perivaldo, da raça beagle, entrará em campo com os jogadores no Engenhão.

Não se trata de um cachorro comum, pelo menos para os botafoguenses. Perivaldo, de um ano e 4 meses, nasceu com uma mancha branca nas costas no formato de uma estrela, como a do Botafogo. Algo que seria apenas curioso, não fosse pelo seu dono ser um torcedor fanático do Alvinegro.


O funcionário público Aldo Souza de Araújo é carioca e mora em João Pessoa (PB). Após conversas pela internet com Marcelo Rotenberg, filho do dirigente alvinegro Ricardo Rotenberg, ele levou "Perivaldo" a General Severiano nesta terça-feira, fazendo a festa dos jogadores e do técnico Cuca na concentração.

- Acho que foi uma dádiva. Nada no mundo é parecido com isso. Como torcedor do Botafogo, será uma realização para mim, e tenho certeza de que o Peri dará sorte ao time neste jogo contra o Atlético - afirma Aldo Araújo ao GLOBOESPORTE.COM. 

O Botafogo tem história com 'perivaldos': no fim dos anos 70, contou com um lateral direito baiano com este nome, apelidado Peri da Pituba. Em 1993, outro Perivaldo, gaúcho, se destacou no time campeão da Conmebol.

O Botafogo também tem história - e folclore - em relação a cachorros. No fim dos anos 40, Biriba, vira-lata pertencente ao zagueiro Macaé, foi alçado ao posto de amuleto pelo então presidente Carlito Rocha. Não eram raras as vezes em que o cachorro entrava em campo no meio das partidas para dar sorte à equipe. Como se vê, o clube pode ter se modernizado, mas faz questão de manter suas tradições supersticiosas.


Globo.com

abs,
RicaPerrone

Quem ousa duvidar?


Sejamos justos: O Corinthians tem o dom de se dar bem quando ninguem acredita. Ou alguem diria que este time recem montado e recem rebaixado chegaria nas semifinais da Copa do Brasil com chances reais de passar, seja qual for o rival?

Sim, pois o Galo nao esta jogando nada e o Botafogo a gente sabe como é quando precisa decidir...

Seja pela torcida, que diga-se, faz um espetaculo com esse apoio numa hora dificil do clube, ou seja pelo trabalho do Mano. O Corinthians entrara nas semifinais em igualdade de condicoes com a maioria, menos com o Inter, se ele passar.

Vasco, Galo ou Botafogo, nenhum deles sobra pra cima do Corinthians, cada um pelo seu motivo.

E numa dessas o Corinthians ganha a Copa do Brasil, vai pra Libertadores e faz o ano de 2008 ter valido a pena, porque varios dos grandoes da seria A nao ganharam o estadual e ficarao sem a vaga na Libertadores, logo, o Timao pode sair por cima de um ano onde tudo indicava vexame.

Vai entender o Corinthians...

abs,
RicaPerrone

Perguntas e respostas


Vamos lá. Vou responder algumas das perguntas enviadas por vocês. Mas pega leve, povo! Não tá dando nem pra ler tudo. rs


Cara, há tempos ouço falar de vc, mas só agora resolvi começar a frequentar teu blog, tuas colunas e suas aparições na imprensa esportiva.

Sei que tua caixa de e-mail deve bombar, mas se vc puder tirar algumas dúvidas minhas, eu ficarei muito feliz.

Uma delas é saber se vc tem algum grau de parentesco com o Daniel Perrone, da SPNet e do Globo.com.

E saber se vc tem alguma treta com o pessoal de lá (SPNet), já que no teu blog tá escrito: não escrevo na folha, muito menos na SPNet.

No mais tá tudo certo, teu blog é massa pra caramba, muito bacana a forma como vc escreve, sempre com muito humor e conhecimento.

Vê se melhora logo dessa gripe de 15 dias, que o homem lá de cima de uma força pra vc.

Parabéns pelo blog e pelo belo trabalho à frente do teclado.

Abração.

Anderson - 26 anos - Publicitário - Cascavel/PR.

Oi Anderson! Vou responder porque é legal esclarecer isso. Eu não sou parente do Daniel, somos apenas colegas. Sobre a SPNET, eu fiz parte do site até o momento que não concordei com a linha do que faziam. A partir de então, os incomodados que se mudem e eu mudei, assim como outros 15 que hoje são os membros da equipe ET. Sem crise, só uma divergencia de linha.

Obrigado pelos elogios, e acho que ja to bão da saúde. rs


Rica,
 
Vai essa pro bate-bola de perguntas no seu blog.
 
Pra ser rápido vou sugerir o seguinte, é um exercício de especulação sobre a possibilidade de reforços. Dou um nome de possíveis reforços (já falado na midia) e vc dá uma nota de 0 a 10 sobre a possiblidade de ele vir p/ o São Paulo nesse ano. Ok ?
 
Eis a lista:
 
Ibson (Fla): 6
Juninho Pernanbucano (Lyon): 1
Mineiro (Herta Berlin): 5
Diego Forlan (Atlético de Madrid): 0
Renato (ex-Fla): 5
Renato (Ponte): 6
Roger (Grêmio: 2
Bolivar (Mônaco): 2
Filipe (La Coruña): 8
Carlinhos Paraíba (Coritiba): 6
Pedro Ken (Coritiba): 4
Keirrison (Coritiba): 3
Nilton (Corinthians): 0
Fernandão (Inter): 0
Lincoln (Futbeol Turco): 3
Gil (Inter): 0
Zidane?(rs): 10
 
Um abraço !
 
Leonardo Rubens
Tambaú / SP


ola rica!me chamo Viviane,moro no Japao e acompanho seu blog e site diariamente,parabens pelo trabalho.

Minha pergunta eh sobre o Jardel,vc acha q seria muito arriscado um clube contrata-lo?E pq o Sao Paulo nao tenta contrata-lo?Ele eh um baita centro-avante (nao tecnicamente,mas gol ele sabe fazer) mas precisa q o esquema de jogo seja montado p/favorece-lo,ou seja,bola cruzadas p/ele.Nao eh justamente a unica jogada do time do Muricy atualmente?Na minha opiniao caberia bem no time no lugar do Adriano e ate la tem tempo p/entrar em forma.

Qual sua opiniao?Ja ouviu algo a respeito?

Obrigada,beijos.

Oi Vivi!  Olha, arriscado e. Mas eu vejo uns 10 clubes onde ele jogaria facil. O SP nao seria o caso, mas no Gremio ele ia bem, ate no Corinthians que busca tanto um homem-gol. 


Primeiro de tudo quero dizre que admiro muito o seu trabalho como um todo e não somente o que diz respeito ao são paulo "meu clube do coração", mas o motivo de estar lhe enviando esse e-mail é uma curiosidade que com certeza você é uma das poucas pessoas que pode me esclarecer.
Vi uma entrevista do andrés sanches e ele afirmou categoricamente que o corinthians é o primeiro clube brasileiro em retorno de midia, mais até que o flamengo, primeiro, o que vem a ser retorno de midia? os e-mails que os torcedores enviam para um site por exemplo? só isso? compra de camisetas entra na história? Qual é a porcentagem correspondente do São Paulo? E acima de tudo, essa diferença é tão grande a ponto do são paulo ser tão ignorado em relação ao corinthians?
 
Obrigado rica, um grande abraço e continue com o excelente trabalho ok.
Alexander Auerhahn

Alexander, nem sempre as coisa sao como parecem. O Flamengo e o Corinthians tem realmente mais espaco na midia, o que pode ser considerado retorno de midia, se o alvo for aparecer. Nao sei os numeros corretos, mas sei que corinthians e Flamengo sao muito mais fortes neste sentido do que o SPFC. A verdade, infelizmente, e que a torcida do SPFC consome nas finais, mas nao acompanha tanto fora delas. Isso prejudica neste quesito, porque as torcidas de corinthians e flamengo sao um pouco mais fanaticas que a do Sampa.



Cara, mata minha duvida!!!! Voce faz a ET, tem uma empresa, o F-1 na Web, radio, vai no ct todo dia, faz o blog e ainda disse na radio que tem suas atividades fora pra ganhar grana. Voce dorme que horas?

Serio agora-  Quando voce vai na torcida rival fazer o ET invade, voce ja foi agredido?
Plinio Azevedo'

Oi Plinio. Realmente, tempo e algo que nao tenho. rsss Mas, enfim, sobre as torcidas rivais, gracas a deus nunca. Hoje vou na do Flu e acho que nao tera problemas. Nao considero " torcida" . Eu posso pegar um idiota mais alterado que nao entenda o espirito da coisa e ser agredido. NEm por isso eu rotularia como torida do time tal um ato desses. Fui muito bem tratado em todas, ate porque, quem me conhece sabe o quanto brigo pelo respeito por todos os clubes, ne?

abs,
RicaPerrone

Muricy x Renato


Não costumo, tenho medo disso. Mas hoje vou me antecipar aos fatos e ousar dizer o que imagino ver amanhã em campo.

Acompanhamos hoje o treino do Flu e do SPFC. Notamos que no Flu a dúvida é Arouca ou Dodô, e que o Cícero não deve sair. Então, vamos considerar 2 situaçoes básicas para essa analise, porque se elas forem mudadas, tudo que digo aqui cai por terra.

1- Jorge Wagner não joga.
2 - Dodô ou Arouca, o Cicero não sai.

Enfim, imagine que o Flu vai deixar essa dúvida na cabeça do Muricy. E é uma puta dúvida, pois além de 2 opções de nomes são duas opçòes de posicionamento tático. Com Arouca é uma coisa, com Dodô é outra. Pode quebrar as pernas do Muricy nesta quarta-feira, como pode dar uma baita chance do SPFC matar o jogo.

Aí fica a dúvida: E se você fosse o Muricy?

Eu tenho meu palpite do que ele fará. Vai tirar o Éder Luis, meter o F. Santos e anular as duas surpresas do Renato de uma só vez.

Como?

Ele entra com Rogério, Alex Silva, Miranda, Zé Luis, F. Santos. Hernanes, Richarlyson e Jancarlos. Hugo, Adriano e Dagoberto (Borges).

Aí o Flu vem com Dodô, ele enfia o Zé na zaga e fixa 2 volantes.

O Flu vem com Arouca, ele enfia o Zé de volante e adianta o Hernanes.

Ou seja, essa formação daria ao Muricy a opção de moldar o time, sem mexer, ao que o Renato fizer.

Aposto nisso. Três volantes, o Éder fora e o Jancarlos na direita. E se fizer, na teoria, Muricy terá acertado em cheio.

Agora, se o Renato tirar o Cícero e meter o Arouca... aí são outros 500.

abs,
RicaPerrone

Perguntas


Lembra daquele esquema de vocês mandarem perguntas por e-mail e no final do dia eu responder umas aqui?

Então, podem voltar a fazer. Já melhorei daquela maldita gripe de 15 dias...

ricaperrone@terra.com.br

abs,
RicaPerrone

Será sensacional

Ronaldo foi na Ana Maria Braga hoje e afirmou com todas as letras que quer jogar no Flamengo e que deve fazer isso em breve. Depois de ouvir isso, de ver o cara sem vontade de voltar pra Europa, ele indo ao Maracanã e tal... me parece iminente a negociação.

Alguém já parou pra pensar no tamanho do ganho que o futebol brasileiro tem com isso?

Um Ronaldo jogando no Maracanã lotado, toda rodada?

Todo santo dia eu penso, pelo menos por 2 minutos, como seria o Brasileirão se todos os jogadores brasileiros jogassem aqui. Acredito que não haveria Jornal Nacional, mas sim Globo Esporte as 20h30. O torcedor seria alucinado, esse país viveria futebol o dia todo.

E eu ficaria rico, claro. aahahahahahaha

abs,
RicaPerrone

Coluna ET
 
Na próxima quarta-feira o Tricolor encara o Fluminense na partida de ida pelas quartas de final da Libertadores. Muita gente ouve falar do “super time” do Fluzão mas não viu jogar ainda em 2008. E se viu, tem que apagar os primeiros meses, porque o time mudou radicalmente a forma de jogar e não dá nem pista do que deve vir fazer no Morumbi.

Quando formado, Renato optou por um esquema mais simples e direto. Colocou os reforços, deixou 2 volantes porque o Conca não podia jogar e apostou no trio de ataque. Não deu muito certo, e a entrada do Conca foi fundamental.

Só que ela foi tranqüila, porque Leandro Amaral saiu do time, depois Dodô, contundido, e com isso o Cicero foi jogar lá na frente e o Conca na meia ao lado do Thiago Neves.

Agora, com a volta de Dodô, Renato teve um teste muito parecido com o jogo de quarta-feira diante do Nacional-COL. E o que ele fez? Deixou o Ygor sozinho de volante e o Cicero como um segundo volante que mais ataca do que defende. Manteve o quarteto ofensivo e sacou Arouca do time, deixando a equipe aberta demais pelo meio, mas ao mesmo tempo pouco produtiva.

E ficou assim porque o Flu tem 5 jogadores de alto nível técnico, mas que pela formação tática eles precisam marcar.Quando você manda nego bom de bola marcar, normalmente, ele se confunde todo e não consegue saber a hora de apoiar. Foi o resultado do time de quarta passada.

Renato pode vir ao Morumbi com Arouca e Ygor, fechando o meio do SPFC, e liberando o Junior Cesar, que é um lateral rápido e perigoso. Sabe que Dodô e Washington não participam muito da marcação, e que o Thiago Neves também tem lá sua dificuldade neste sentido. Com isso ele ganha técnica na frente, mais liberdade pro Thiago e pro Conca, que além de tudo batem bem de fora da área.

Muricy terá problemas, porque as peças dão ao Renato a chance de surpreender o rival. De que forma?

Simples: Ele tem como deixar 2 meias que batem bem pro gol de fora da área mais soltos. Se isso acontecer, o Hernanes fica preso, e se ficar, sabemos, o meio-campo do SPFC não cria. Se não cria, o Renato pode sim ficar com um volante só lá atrás, porque as jogadas do Tricolor são todas pelas laterais e cruzamentos.

Sem Thiago Silva o Flu perde força na zaga, sorte de Adriano. O Muricy, se não tiver Jorge Wagner, vai enfiar o Hugo em cima do Gabriel e tentar isolar o Thiago Neves, podem ter certeza. Imagino um jogo muito fechado dos dois lados, porque infelizmente, mesmo com a qualidade que tem em mãos, os dois treinadores andam jogando mais pra não perder do que pra ganhar. E até entendo, pois Libertadores é assim mesmo.

Mas, voltando ao Flu, é bom registrar duas jogadas das mais relevantes deles. A primeira é o apoio dos laterais, que cruzam o campo na diagonal e entram na área pra receber e até chutar a gol. Essa jogada costuma sair exatamente da puxada de marcação que Conca e Thiago geram quando volta pra marcar.

A outra é bem mais simples. Bola no Washington, ele de costas e os dois meias chegando de frente pro gol. Eles batem bem, repito, é um perigo relevante este lance.

Por outro lado, o Renato também tem que marcar o SPFC. E é aí que, pra mim, o jogo se define. Ele pode optar por marcar o ataque do SPFC ou por fazer com que o SPFC não saia para marcar o Fluminense, que tem um talento individual muito mais forte que o time pragmático e brigador do Tricolor paulista.

Imagine você, torcedor, que o Arouca joga pelo lado do J. Wagner e Richarlyson. Ygor fica com o Éder na direita, enquanto os meias cercam os volantes do SP. Ou seja, o marcador mais técnico deles (e menos pegador) ficará no setor de criação do São Paulo. Isso prende o Gabriel, isola o Thiago, mas por outro lado joga toda criação do Flu pra cima de Conca e Junior Cesar, que são muito rápidos.

Os dois lados direitos defensivos vão ter trabalho forte. E imagino que quem adiantar o seu e forçar o rival a não se adiantar leva mais vantagem do que aquele que ficar tentando parar as investidas do adversário e deixando de usar os laterais como arma ofensiva.

Resumindo, o Flu deve ser: F. Henrique, Gabriel, Roger, Luiz Alberto e J. Cesar. Ygor, Cicero (Arouca), Thiago Neves, Conca, Dodô e Washington. Não sairá muito disso não, aposto.

E o SPFC tem 2 opções: Jogar com o Zé na zaga e 3 zagueiros, ou usa-lo de volante e manter 2 zagueiros. Pela força dos meias do Flu, usaria o Zé de volante pra evitar o arremate. Mas, a outra formação tem a vantagem de fazer com que os laterais do SPFC virem problema pro Flu pela liberdade e não o contrário.


Não esperem um rival fraco, mas também não descartem uma grande vitória. O Fluminense é tão imprevisível quanto o SPFC é previsível. Pode vir aqui e levar um chocolate em virtude da sua falta de “formação” como pode usá-la para surpreender e sair com um resultado favorável.


Abs,
RicaPerrone

Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2345941
e-mail: ricaperrone@terra.com.br
Blog: http://ricaperrone.zip.net/
Tudo que não vi


- A Lusa é sempre a Lusa. Faz 5x2 nos caras e deixa empatar. A bruxa tá solta, e o Figueira ganha moral com o que conseguiu.

- O Inter, reserva, venceu o Vasco, que pra mim não disputa nada neste brasileiro pela fragilidade do elenco. Talvez uma Sulamericana. Some estes 3 pontos a um time fortíssimo que vem aí no restante do campeonato e siga minha teoria: Tremei! O Inter vem aí, forte pra caramba.

- Flu x Galo... 0x0, sem comentários.

- O Cruzeiro conseguiu grande vitória sobre o campeão baiano. Começou bem e vai usar, assim como Flamengo, este começo pra tentar abrir dos que disputam outros campeonatos. É um candidato forte.

- O Fogão fez o dele e venceu o Sport. 2x0, sem novidades.

- O Furacão venceu o Ipatinga em Minas, 1x0. Depois nego me pergunta porque eu não gosto de time pequeno e acho que eles não acrescentam quase nada. Os caras estréiam na série A e levam 3 mil pessoas no estádio. Ou seja, com Ipatinga ou sem, não mudou porra nenhuma no domingo e nem no Brasileirão.  Não que eles sejam culpados, mas... entendeu minha teoria? Bom pro futebol é ganhar os 12 grandes, os 3 do Paraná talvez e mais nada. O resto é ator coadjuvante. E atualmente, ator ruim!

E me surpreende apenas o fato da rodada ter tido alguns bons públicos logo de cara. Muito bom, o torcedor começa a ver que pontos corridos vale desde cedo. Porem, queiram ou não, o que acontecer nas primeiras 5 rodadas não deve ser base pra muita coisa. Depois disso, aí sim, dá pra começar a imaginar um panorama.

abs,
RicaPerrone

Surpresa?


Se para muitos a vitória do Coxa sobre o Palmeiras pareceu uma "surpresa", posso dizer que não me surpreendeu em nada. Imaginei que seria um jogo duro, que o Palmeiras teria condições de brigar, talvez, por um empate. Mas, o Coxa era favorito e venceu jogando uma belíssima partida.

Porque não me surpreende?

Simples: Se um time é campeão estadual, tem 3 jogadores na lista dos grandes de Sampa e uma torcida que adota o time e empurra igual a do Coxa, não há motivos pra achar que o time não tem condições.

O Pedro Ken é bom, o Keirrison dá pinta de craque. Mas o Paraíba, aquele que interessaria ao SPFC, é muito bom jogador também e merece destaque. Corre muito, participa, tem boa técnica, enfim, um belo jogador.

E a armação do Coxa melhor ainda. Se prepara para dar o bote e sair rápido, muito bem montado, uma zaga bem fechadinha... vai longe esse time, se não for desmontado do dia pra noite.

O Palmeiras? Bom, esse aí é favorito ao título junto com SPFC, Inter, Flamengo, Fluminense e Cruzeiro. Não vai mudar sua avaliação por uma partida.

abs,
RicaPerrone

O mínimo


O Flamengo recebeu o Santos reserva e fez o basicão: Mandou no jogo e fez 3x1, o placar mais elástico da primeira rodada, o que lhe dá a liderança do campeonato, aquela que não significa nada até a décima rodada.

Era fatal. Não havia nada que o Santos pudesse fazer com um time totalmente reserva diante do bom time do Flamengo, que precisava disso pra ter paz para trabalhar depois do surto de quarta-feira.

O time não foi apático, o que já é um bom sinal. Parece ter engolido uns 80% da derrota já.

Gostei muito do Juan e da melhora do Ibson, atuando mais à frente hoje. Souza segue pressionado. Talvez seja o caso de sacá-lo por alguns jogos para que ele recupere a calma. Mas, continuo o considerando um jogador muito importante e muito mais útil do que os reservas dele.

Enfim, resultado previsível... se é que essa palavra ainda existe na Gávea depois de quarta-feira...

abs,
RicaPerrone

Sem Adriano, não funciona


O SPFC não pode dizer que entrou com um time sequer misto. Entrou sem Adriano e J. Wagner, que está machucado, logo, não foi poupado, mas sim desfalque.

E pra quem assiste aos jogos do Tricolor em 2008 não precisa muito pra imaginar porque a bola não entrou. Simples, sem o J.Wagner e o Adriano o time perde a sua única jogada ofensiva na temporada, logo, não faz gols.

O Grêmio veio bem montado, armado pra não perder e achou um gol. O time não é forte, depende muito de uma bola enfiada do Roger ou de um contra-ataque no Perea. Mas, foi melhor do que eu esperava.

Joguinho feio que dói. E absulutamente justificável o empenho do SPFC, já que a cabeça está na Libertadores.

Pro SPFC o resultado não muda nada. Pro Grêmio, 3 pontos que não estavam nas contas iniciais da temporada, tenho certeza.

abs,
RicaPerrone

Coisas que só acontecem com o Perrone


Terça-feira, 11h da manhã. Há cerca de 10 dias estou doente e ninguém descobre exatamente o que é. Primeiro disseram ser gripe, depois, já sem saber, usam o termo "virose". Falaram em Dengue, stress, só faltou dizer que eu tava morto. Mas saber mesmo o que era, nada.

Enfim, cansado disso, voltei ao médico.

Lá chegando me tiraram a pressão, e deu 9/5. Eu sou hipertenso, o que significa que estava beeeem abaixo do normal. Até aí, dane-se.

Fui lá na salinha e a médica disse pra eu fazer um hemograma. Porra, me pede pra fazer até pirueta, mas exame de sangue eu odeio!!! Não suporto que enfiem nada em mim, seja pra tirar ou por. Mas, já que não tinha jeito e eu tava de jejum mesmo... fui fazer.

Sentei lá e a mocinha disse:
- O senhor tem medo?
- Medo não, mas não gosto...
- Não vai desmaiar né?
- Então, eu to com pressão baixa... dizem que não é bom fazer exame de sangue com pressão baixa, né...
- Ah, é verdade. E agora?
- Agora faz essa merda que eu não aguento mais olhar pra essa seringa na sua mão.

Fez, e tudo na boa. Levantei e fui pra sala de espera.

No que eu entrei na sala de espera, afinal de contas todo vexame requer público, eu comecei a ver tudo torto, escuro, e fui caindo. Quando cai na cadeira eu não via nada além da minha calça, porque eu olhava pra baixo. Num rápido momento de lucidez eu vi uma maquina de Coca-Cola do lado e dois médicos chegando desesperados.

- Rápido! Traga uma cadeira de rodas pra ele
- Me dá sal, porra!
- Uma cadeira, rápido!
- Sal, caralho!!!
- Calma, senhor..
- To calmo, mas me dá sal!!!

Enfim, quando o rapaz chegava com a cadeira de rodas correndo eu puxei uma nota de 2 reais que tava saindo do meu bolso e estendi a mão.

- Pega uma Coca na maquina!
- Não senhor, vem pra cadeira de rodas.
- Pega a Coca porra!!!
- Mas senhor, como assim?
- Pega uma Coca ali caralho!!! (aos berros)

Ele ficou assustado e fez. Me deu a Coca, caindo, me sujando todo... eu dei um gole e levantei.  O dr. que me desculpe, mas não dava pra pensar em ter educação desmaiando...

- Senhor, aqui, vamos para a cadeira!
- Não, to bão já.
- Onde o senhor vai? Pelo amor de Deus, volte aqui.
- Vo ali fumar e ja volto...

E a galera da sala de espera ficou toda em pé desesperada achando que eu ia morrer. Tudo isso durou 2 minutos, mas parecia 1 mes.  Santa Coca-Cola!

Depois a médica veio perguntar se eu tava bem, e eu ali tomando Coca e comendo pão de queijo...  Era pressão, se eu tomo Coca, ela sobe! Óbvio!

Mas, para meu desespero, lá se vão 15 dias e nada de eu ficar bom...  Quem sabe se eu for ali na geladeira e tomar mais uma Coca, né?

abs,
RicaPerrone

As quartas


Enfim, as quartas de final.

O Santos venceu lá, e diga-se, mesmo detestando o Leão, faz um belo trabalho com um time limitado.

Zebra das boas mesmo só o Flamengo. E os confrontos são:

Atlas x Boca
SPFC x Flu
Santos x America
San Lorenzo x LDU

Dá pra imaginar, sem muito esforço, um brasileiro na final.

E, incrível, imaginar que os tricolores são os dois times mais fortes do campeonato agora.

Sim, porque o Boca perdeu La Bambonera, logo, não é a mesma coisa NA TEORIA. 

O Santos tem tudo pra passar. O San Lorenzo idem. E o Boca, acreditem, não terá vida fácil. Pelo contrário, se querem saber, acho que samba pro Atlas, que joga um futebol dos mais fortes dessa Libertadores até aqui.

Considerando que o SPFC tem algum favoritismo contra o Flu, não fico mais nem um pouco "temeroso" em afirmar que, jogando mal, o SPFC é o favorito na Libertadores 2008. Longe de ser fácil, mas é o time com mais camisa e tradição dos que sobraram, considerando que o Boca não tem La Bambonera, o que tira muito de sua força. Considerando que o River saiu, que o Flamengo saiu, que o Santos não tem time... 

Esperava uma Libertadores de maior nível técnico, confesso. Mas... não esperava que Santos, Atlas, San Lorenzo chegariam, assim como não acreditava que o SPFC jogaria tão mal e também estaria lá, menos ainda pra eliminação do River e do Flamengo antes das quartas.  (isso antes de começar, claro)

Final Brasileira não dá mais. Então, vamos torcer pra que pelo menos o Santos faça o dele contra o América e garanta um brasileiro na final, já que desta forma uma semifinal seria alterada para o confronto de 2 times do mesmo país, o que colocaria um deles na final inevitavelmente.

abs,
RicaPerrone

Lembra disso?

Se for assim classifica o Galo, hein!

abs,
RicaPerrone

Os incríveis


Botafogo e Atlético MG, em virtude das finais dos estaduais, não são times confiáveis.

O zero a zero em Minas dá ao Bota alguma vantagem? Sei lá. O Galo jogou melhor, teve diversas chances de gol, e tem um surpreendente Petkovic, que mesmo idoso consegue jogar mais bola do que 90% dos demais em campo.

0x0 não é ruim, mas também não dá pra sair vibrando. Até porque, os dois mostraram não estar muito bem em decisões, que é o caso na próxima semana.

Ficaria feliz em ver o Cuca campeão de alguma coisa. Mas, por outro lado, seria muito bacana o Galo ganhar algo grandioso no ano do centenário.

Tá difícil escolher um pra torcer neste duelo.

Gostei do jogo, foi uma guerra tática bacana, onde o Galo brincou de perder gols. Aliás, não que o Botafogo seja um time prático, mas... não sei se perderá tantos gols assim no Engenhão.

O Botafogo se tornou favorito por resolver em casa, o que imediatamente torna o Galo favorito, já que a palavra "decidir" surgiu, e automaticamente o Botafogo se enfraqueceu.

Bela tese, não? Tá mais do que na hora do Bota conseguir ganhar algo quando precisa.  E o Galo, no centenário, não pode passar em branco. 

Jogaço pra semana que vem!

abs,
RicaPerrone

A bruxa tá solta

 
Não bastasse o Flamengo na quarta-feira, o River Plate conseguiu ser quase tão bizarro quanto.

Não, não pelo placar e pela eliminação. São normais.

Mas, fazendo 2x0, em casa, contra o San Lorenzo com 9 jogadores e deixar empatar por 2x2, é brincadeira e daquelas de deixar qualquer torcedor maluco.

Será que estão brincando de jogar bola ou a bruxa está animada essa semana?

Tô vendo o Santos aqui... 1x0, intervalo. Nem a pau que eu arrisco dizer que "já era". rs

E essa Libertadores tá ficando cada dia mais tricolor...

abs,
RicaPerrone

Menos, nação...


Hoje cedo abri meu e-mail e vi dezenas de rubro-negros dizendo que o mundo acabou, que não quer mais ver futebol, que tem que vender o time todo, que ninguém presta mais, etc, etc, etc.

Aí fui no orkut, e meu deus... parece que o Flamengo foi rebaixado pra série C.

Calma lá gente. Calma lá!

Eu sei que minha base "torcedora" é mais calma que a de vocês porque meu time tá ganhando tudo há anos. Mas, se voces considerarem que o Flamengo vivia brigando pra não cair, de repente ganha Copa do Brasil, vai pra 2 Libertadores, chega em terceiro no Brasileiro, ganha 2 estaduais, monta um baita time e perde um jogo absurdo, não é motivo pra tanto.

Claro, foi absurdo e ridículo! Mas, o que vai adiantar agora ir contra, protestar, achar culpados, etc? Nada! Vai desestruturar tudo, começar a onda de trocar time e treinador a cada 2 meses e volta tudo como era antes.

Eu sei que dói. Eu adoro o Flamengo, é um time que eu "torço" muito, todos sabem. Mas pô... calma lá.

Uma coisa é ficar puto, esperar que o time arrume a merda feita, que a diretoria chegue junto, etc. Outra coisa é transformar um paraíso num inferno por causa de um jogo infeliz. Aquele Flamengo forte de domingo, que todo mundo via como um dos favoritos, um bom elenco, etc, segue ali. Não muda nada!  Só que vai ser pro Brasileiro agora, porque o principal objetivo já era.

Em 2007 o SPFC perdeu o Paulista e a Libertadores de forma ridícula, jogando mal pra cacete, e só foi campeão porque não entrou em pânico de mudar tudo por isso. Tem que haver mudanças, mas cautelosas e cerebrais, não em forma de sangria desatada.

Menos, nação! Menos... Este mesmo time ainda é competente e mais forte do que a maioria dos outros no país. Dá pra brigar pelo Brasileiro, desde que haja calma.

abs,
RicaPerrone

Tá ficando "bão"


A Copa do Brasil, enfim, se torna chamativa.

O Inter venceu o Sport por 1x0 e, claro, é favorito. O Vasco se classificou (depois do Flamengo hoje dá até medo...), o Corinthians deve passar e o jogaço da rodada será nesta quinta-feira: Bota x Galo.

Dentro de uma normalidade, Corinthians x Galo ou Bota, que já dá jogo bom seja qual for o adversário. Inter x Vasco idem, dois grandes.

Campeonato gostoso de acompanhar é assim: Você nunca sabe quem vai pra final. E nesta Copa do Brasil, convenhamos, não dá pra arriscar.

abs,
RicaPerrone

Pra que?


Pode me explicar porque um time que precisa fazer 1x0 vai pra cima e dá o contra-ataque para Riquelme, Palermo e Palacios?

Porque não foi mais seguro no primeiro tempo enquanto tentava o gol cautelosamente no começo?

Pra que dar esse campo todo pro Boca?

Tomou 2x0 numa puta bobagem, e depois não dava mais pra buscar.

Uma pena, o Cruzeiro tinha condições de passar. Mas, era o Boca, aquele time que a camisa joga mais que os jogadores...

E quando se dá espaço pra camisa e pros jogadores, pede-se pra perder.

Vacilou o Cruzeiro.  Dava pra ganhar.

abs,
RicaPerrone

A vaga e o favoritismo


Se o SPFC não consegue jogar bem, por outro lado, consegue crescer com resultados práticos e objetivos.

Muricy deixa claro sua filosofia de jogo: Marco, tenho uma puta zaga, meto a bola no Adriano e ele se vira.

Senhores, "ponto final". O SPFC é isso e continuará sendo. Não adianta mais ficar esperando que este time jogue um futebol bonito, ofensivo, alegre, etc. Tá mais do que provado, é isso que ele está propondo, e o time está se adaptando a isso. Portanto, antes do chororô por não jogar "bem", lembrem-se de que o objetivo parece não ser este.

Entre momentos bons e ruins no jogo, o SPFC se reafirma nas quartas-de-final com favoritismo ampliado. Sim, pois dos que sobraram, ele não tem menos time que ninguém, vai "zerado" pra esta fase, encara um time de enorme talento mas em queda de rendimento.  Tem tudo pra ir às semi, e a partir dali, assim como serve pro Boca, serve pro SPFC: Camisa e tradição jogam.

Hoje era um jogo complicadíssimo, e foi mesmo. O SPFc se comportou como vai se comportar em todos os jogos da Libertadores: Vai se defender muito bem e jogar a bola no Adriano. Fez hoje, funcionou de novo, e assim vai, porque a Libertadores permite que o 1x0 seja goleada e te leve ao mesmo lugar de quem faz 8x0.

Serão 2 grandes jogos entre SPFC x Flu. O time que tenta jogar bonito contra o que faz de tudo pra não jogar bonito, mas pra vencer o jogo.

E que baita defesa tem o SPFC... Alex Silva e Miranda não são brincadeira! Amarelinha nos dois já!

abs,
RicaPerrone

Não há explicação


Você pode justificar a derrota do Cruzeiro hoje.

Pode até achar motivos pro São Caetano ter sido finalista da Libertadores.

Mas, juro por Deus... de todas as surpresas que o futebol já me fez, nada se compara ao que aconteceu hoje no Maracanã.

Não porque eram 11 cones x Seleção do mundo. Não por isso.  O Flamengo podia ter perdido em 2 jogos, sem problemas. Mas, depois de fazer 4x2 lá, com um time muito melhor, no seu melhor momento nos últimos, sei lá, 15 anos... não existe o que aconteceu!

E, sinceramente, além de ter uma dose grande de "aberração" no resultado, também não dá pra ficar achando culpados individuais.   Todos erraram, todos foram péssimos, todos entraram em campo achando que já tinha resolvido e, brincando, levaram uma cacetada histórica.

Os gols foram saindo e o desespero batendo.  Depois do 2x0, podia enfiar 12 atacantes que não ia entrar. O Flamengo ficou de frente com a possibilidade de transformar 2 anos de glórias e evolução numa tragédia. E transformou.

Não haverá Cristo que tire esse resultado da cabeça do torcedor. Pode ganhar as próximas 15. Só o título Brasileiro apaga isso.  Título que, pelo time, é bem possível. Mas, pelo novo treinador e a reaçào da torcida após este jogo, dúvido que seja tão possível assim.

Lamentável, trágico e absurdo! O Flamengo não precisa se desesperar e mandar o elenco todo embora, óbvio que não. Foi um dia horrível, mas existem 2 anos de bons resultados a serem somados na hora de achar cabeças pra cortar. A questão é:  Caio Jr. foi contratado pelo paraíso e já era duvida. E no inferno? Será que aguenta?

Sinceramente, não dá pra explicar, entender ou aceitar.

O glorioso Clube de Regatas Flamengo, nesta noite, foi ridículo.

Porém, espero, que não confundam a perda de uma vaga com a soma de 2 anos de trabalho. Ou seja, o caminho não tá errado. São detalhes a serem repensados, não uma projeto inteiro que vai pro lixo em virtude de uma noite infeliz.  Afinal de contas, um título da Copa do Brasil, 2 cariocas e uma terceira posição no Brasileirão não podem ser atirados pela janela por causa de um resultado, por mais absurdo que ele tenha sido.

abs,
RicaPerrone

Um tempinho


Pessoal, eu não atualizei o blog ontem direito e não o farei hoje nem amanhã, acho eu.

Tô doente, acabei de chegar do hospital, já desmaiei, já tomei 400 remedios, enfim...

Quando voltar eu teho uma "coisa que só acontecem com o Perrone" pra contar.

Mas, to fora de combate esses dias até melhorar. E que meu pé quente não faça falta no Morumbi amanhã.

Abs,
RicaPerrone

Música nova, e linda

Mais uma música da série: "Torcidas cariocas conseguem dar show sem falar em bater nos outros".

Que o exemplo seja seguido.

abs,
RicaPerrone

Não gostei


Para registro: Não gosto muito do trabalho do Caio Jr.  Se o Flamengo confirmar a escolha, entendo ser um engano da diretoria meter um treinador sem "gordura" numa puta roubada dessas.

Caio é bom treinador, mas não sou fã do seu estilo de trabalho.  Acho aberto demais, pouco firme, bonzinho demais para ser treinador de um time de massa.

Em mais de 1 ano de Palmeiras jamais deu uma cara pro time. Quem sabe agora, com um time que já tem cara, consiga algo melhor.

Mas, não gostei da escolha. Acho que o novo treinador tinha que ter crédito suficiente pra, eventualmente, mexer e errar. O Caio não terá. Ainda sou da tese que time grande não é lugar pra se testar iniciantes. Mas... to esperando queimar a lingua.

Agora, vale registro também: Eu vi o Caio trabalhar por um ano de perto. Ou seja, minha base de avaliação não é a mesma dos que já vejo há 20 anos por aí. Posso estar enganado, e torço pra que esteja.

abs,
RicaPerrone

Atenção pra quem merece


Mais atenção  ao Inter, campeão de tudo em 2006, campeão estadual em 2008.

Mais atenção ao Flamengo, campeão da Copa do Brasil 2006, bicampeão estadual em 07/08, melhor campanha da primeira fase da Libertadores em 07 e segunda melhor em 08. Alem da terceira posicao do Brasileirão 07.

Mais atenção ao Flu, que ganhou a Copa do Brasil em 2007, que fez a melhor campanha da Libertadores 2008 e que chegou bem no Brasileirão 07.

Mais atençao ao Palmeiras, que depois de anos monta um time forte, tem o melhor treinador, conquista o Paulistão e se reforça para o Brasileiro.

Mais atenção ao Botafogo, campeão estadual em 2006, vice em 07 e 08, que chegou em diversas competições e que vive um nível muito superior a de anos atrás.

Mais atenção pro Cruzeiro, que vem ganhando tudo na base há 2 anos, agora viraram profissionais e já levaram o estadual.

Mesma atenção de sempre ao SPFC, que é o mais forte clube brasileiro desde 2005.

O Brasileirão 2008 vai ser um espetáculo!!!

abs,
RicaPerrone

Triste fim


Moro pertinho do Palestra. Ao fim do jogo, assisto a torcida do Palmeiras passar na Sumaré comemorando.

Mas, infelizmente, vejo algumas pessoas subindo correndo, sangrando, e dizendo que a polícia está batendo em todos lá em baixo.

A festa não poderá ser feita nas redondezas.  Infelizmente meia dúzia de idiotas sempre estraga a alegria dos que sabem que futebol é só futebol.

Dois carros da polícia estão passando aqui e recebem vaias dos torcedores que estão nas calçadas. Alguns correm, outros apenas voltam pra casa como se nada fosse.

A briga não é exatamente aqui, mas... dá pra sentir a gravidade da coisa e ver o quanto murchou a comemoração.

Uma pena...

abs,
RicaPerrone

Tremei!

Tremam cariocas, paulistas e mineiros! Aí vem, cheio de moral, o Inter de Abelão.

Aquele que, no papel, destoa da maioria dos clubes do país. Mas, no campo, mostra força quando precisa.

Assim como o SPFC dos últimos anos, o Inter tem o incrível poder de se agigantar quando se faz necessário.

Oito a um? Puta que pariu ...

Com gol do Clêmer? Só pode ser pra meter medo.

Tremei! Tremei!  O Inter vem pra ser um dos favoritos ao melhor Brasileirão dos últimos anos.

Parabéns pra torcida do Inter!

abs,
RicaPerrone

Gigantes do Maracanã

 
Sabe, as vezes a gente pára pra pensar e tentar entender de onde vem a fama dos clubes, jogadores, etc. Algumas são lendas, outras são tão repetidas que se tornam verdades.

Outras, são construídas.

Neste domingo a lenda de que o Botafogo não consegue ganhar as coisas se tornou fato, de novo. Porque é ruim? Porque o treinador é burro? Porque o time é fraco? Porque a torcida é pequena?

Não, não, nada disso! Apenas porque o Botafogo acredita nessa merda toda e faz disso um fato. Não sabe ganhar, porque acredita que "não ganha nunca". 

Merecia? Talvez! Não pelo jogo, mas pela campanha. Ano passado merecia alguma coisa? Sim, claro! A Sul-Americana pelo menos. Mas... por acreditar nas frases feitas, na tese que o inferioriza, o Botafogo perde.

Tese esta que, ao contrário, faz do Flamengo um gigante dentro do Maracanã.

Ora sem um grande time, ora sem um grande treinador. Mas, sempre que chega, e isso é um dado estatístico, ele cresce e se torna um adversário grandioso. Gigante, eu diria.

Lenda que a torcida joga junto, lenda esta que fica na cabeça do torcedor e vira fato quando precisa. Idem pra diversos clubes, que de tanto ouvirem lendas acreditam nelas e fazem uso positivo ou negativo disso.

O Flamengo tem feito positivamente. É, sem dúvida, um gigante do Maracanã.

abs,
RicaPerrone

Vai com Deus!

 
Joel não é um treinador "top" na lista da imprensa.

Neste domingo foi ousado. Tirou 2 volantes e meteu 2 atacantes em jogo que ele não perdia! Levava para os penaltis.

Confesso, quando mexeu, eu disse: "Maluco do cacete...".

Não é maluco, é competente sim senhor.

Alguns o questionam, porque no futebol assim tem que ser.

E ele responde, porque deve ser duro ser motivo de piadinhas quando se trabalha sério e tem talento.

Joel Santana vai embora. Vai jogar Copa do mundo, vai ser feliz, vai ficar rico.

Vai com Deus, Joel! E pode ir com a certeza: Leva na bagagem um carinho e uma gratidão da maior torcida do mundo, coisa para poucos.

abs,
RicaPerrone

O xodó do Maracanã

 
A qualidade é discutível. A regularidade não.

Irregular ao extremo, mas com uma estrela que beira o impossível.

Obina nào é um grande jogador, mas conheço uns 200 com o dobro da qualidade dele que não terão nem 10% do que ele terá pra contar pros netos.

Obina é brilhante, mas não pelo que joga, simplesmente pelo quanto brilha.

Quando se machuca, é fazendo o gol que elimina o maior rival.

Quando entra jogando, some. Quando aparece na hora do aperto, resolve.

Uma boa dose de estrela, sem duvida. Mas, e quem não precisa dela na vida?

Cabe aos grandes saber usá-la.

Entre as deficiencias técnicas, a simplicidade humana, a gozaçào saudável e inteligente da torcida, o mito criado e os gols perdidos, destaca-se um jogador notável.

Repito: Não pelo futebol que apresenta, mas pela presença e pela humildade de se tornar história sem que lhe tenha sido dado um dom sobrenatural com a bola nos pés.

Obina é, de alguma forma, melhor que Eto`o.

abs,
RicaPerrone

O futebol premiado


Durante o Paulistão 2008, de formato insistente e falido, vimos um time jogar futebol e muitos outros evitarem que o rival jogasse.

Vimos apenas uma equipe ousar a vitória quase todo jogo, seja em casa ou fora. Equipe esta que, diga-se, está em formaçào ainda. Novas peças chegaram e, nas mãos de quem sabe tudo, se ajustaram rapidamente.

Da recuperação de Denílson e Léo Lima a confirmação do talento de Valdívia, o Palmeiras fez um campeonato de protagonista, enquanto os outros grandes aceitaram a condição de coadjuvantes.

Longe de ser um time igual o de 96, como alguns ousaram comparar, este Palmeiras não é brilhante, mas é o time que desafogou o clube da incomoda situação de "fila".

Méritos, méritos e mais méritos. Indiscutível o título alvi-verde. Assim como a competência de seu comandante, a qualidade do camisa 10 e a volta de um goleiro absolutamente fora dos padrões.

Pena que o campeonato não ajudou a ser chamativo, emocionante e popular. Está mais do que na hora de rever as estúpidas 19 rodadas para se chegar a 6 jogos que realmente chamam a atenção do torcedor.

Parabéns!

abs,
RicaPerrone

Fla divulga nota oficial sobre camisa do bi

Globo.com

O lançamento da camisa comemorativa do bicampeonato carioca do Flamengo continua gerando polêmica. Em nota oficial, o vice-presidente de marketing do clube, Ricardo Hinrichsen, declarou que o modelo foi posto à venda nas lojas sem que o Rubro-Negro fosse consultado por sua fornecedora de material esportivo.

Na nota, o dirigente fez questão ainda de destacar que o Flamengo jamais comemorou títulos ainda não conquistados. Logo, o lançamento da camisa teria sido de total e exclusiva responsabilidade da empresa que fornece material ao clube.

Internamente, o acontecimento gerou um tremendo mal-estar na diretoria rubro-negra. A assessoria de comunicação chegou a entrar em contato com os alvinegros para explicar o ocorrido e isentar o clube de culpa no caso, que deve ser um dos últimos atos da Nike no Flamengo.


É Nike, se a verdade for essa... melhor pagar a multa e sumir. Péssima atitude, prejudicando o seu parceiro.

abs,
RicaPerrone

Ridículo


O Blog do Birner mostra camisas de campeão carioca 2008, que segundo ele já sào vendidas nas lojas do Rio antes da final do campeonato.

Lamento profundamente a atitude da direção do Flamengo. Não se faz isso, seja por motivação ou arrogancia.  Faltou respeito ao Botafogo e eu espero que, caso o Flamengo perca o jogo, devolva o dinheiro de quem comprou a camiseta.

Péssima atitude. E conhecendo o Cuca, o Flamengo ajudou e muito na motivação do adversário.

Agora ganha! Porque se perder vai ficar muito feio...

blog do birner

abs,
RicaPerrone

Os campeões

Neste domingo conheceremos os campeões estaduais. Convenhamos, alguns nós já conhecemos. Eu, particularmente, só imagino não conhecer um deles: o carioca.

Em São Paulo o Palmeiras tem a faca, o queijo, o prato, o ralador, o Valdívia, a torcida e 98% do título nas mãos. Futebol é futebol, um vermelho muda tudo! Mas... dentro de um jogo normal, não dá pra imaginar outra coisa que não o título merecidíssimo do Palmeiras.

No Sul, dá Inter. Apesar do fantasminha verde viver tirando pontos do Colorado, ainda acho que uma vitória simples é, de fato, bem simples.

Em Minas, acabou faz tempo.

Na Bahia, palpite puro, de quem não sabe nem o que está acontecendo lá: Dá Vitória. E torço pelo Renan.

No Rio... ah, o Rio! Vai ser de arrepiar. Se eu disser que o Botafogo foi o melhor time do campeonato eu estarei dando meia-verdade. O Flamengo venceu o primeiro turno, chegou no segundo e disputa um campeonato muito mais difícil, onde vai muito bem. Os dois se equivalem, com o Flamengo tendo mais time, mas o Bota jogando um futebol mais organizado, porém, com menos força em decisões.

Um jogaço! Não dá pra palpitar. Seja quem for o derrotado, não dá pra abaixar a cabeça e sair achando que se meteu em crise.  Os dois tiveram méritos e mais méritos ao chegar, tanto que fizeram a final da Guabanara e agora se encontram de novo.

E o mais interessante: O perdedor não terá muito o que se lamentar, pois dentro de mais 3 dias algo muito mais relevante acontece para ambos, que é a disputa de um mata-mata em torneios de maior porte. Ou seja, além de resolver um título ainda embala um deles num campeonato paralelo.

Um ótimo domingo pra quem gosta de futebol!

abs,
RicaPerrone

Não seria uma boa?


Jardel contou seu problema com as drogas na Rede Globo. Revelou o que fez sua carreira impressionante despencar e, aos 34 anos, quer uma nova chance.

Vejamos... Jardel sabe fazer gols como poucos. No Brasil hoje, qualquer jogador nota 6,5 joga de titular na maioria dos grandes, já que isso aqui virou a divisão de base da Europa.

Será que Jardel não cabe, por exemplo, no Corinthians? No Grêmio?

A torcida tricolor já andou gritando seu nome num amistoso. Eu investiria... e você?

abs,
RicaPerrone

Não sei, sei lá!


Se me perguntarem o que acho de Geninho no Flamengo, fatalmente direi: "Não sei".

O que penso sobre a competência do treinador? "Sei lá".

Geninho é um daqueles casos que não tenho sequer opinião formada a respeito. Pelas suas idas e vindas, não consigo imaginar que seja um treinador top. Mas, por alguns trabalhos de destaque, consigo achar que tem qualidade.

Dirigir o Flamengo é diferente. Ainda mais numa rara ocasião onde o clube vive expectativa de títulos grandiosos, não de rebaixamento como nos últimos anos. A cara do Flamengo é outra, a torcida quer outra coisa, não cabe mais fazer uma campanha razoável e culpar a falta de jogadores. Não é o caso, o elenco é muito forte.

Se me perguntar: O Geninho tem pinta de campeão da Libertadores? Direi: Não, nunca. Assim como Joel não tem perfil.

Então não vai dar certo? Sei lá, o Atlético PR não tinha perfil e levou,  com Geninho, diga-se.

Entre dezenas de perguntas e possibilidades surgirão "sei lá" e "não sei" na maioria delas.  Geninho tem a chance de sua vida de pegar um time bem montado, dar sequencia e colocar seu nome na história do Flamengo. E terá também a chance de assinar um fracasso e fazer de Joel uma estrela eterna na gávea.

Se fizer o que fez Autuori em 2005, ou seja, se colocar abaixo do clube, respeitar o que vinha sendo feito, mexer em detalhes e manter a base, vai conseguir. Se tentar mexer em tudo, tenho certeza, não terá a confiança do elenco rubro-negro.

abs,
RicaPerrone

Sem o craque


La Bambonera não será usado até o final da Libertadores.

Pior do que tirar Riquelme do Boca, tirou o que lhe dá mais de 50% de seu poder.

Não sei até que ponto acho justo que um clube de futebol pague pelas açòes de sua torcida, afinal de contas, qualquer um pode se dizer torcedor e fazer o que bem entende. Mas, se o pau bateu em chico, espero que francisco fique no aguardo. Ou seja, que seja igual a pena caso aconteça com outros.

E na Libertadores, sabemos, acontecerá.

abs,
RicaPerrone

Nota oficial - AJ TV / Sempre Tricolor


Publicado hoje no site Sempre Tricolor:

Caros amigos do ST.

Em relação ao ocorrido aqui na última 4ª feira, gostaria de esclarecer o que disse, que ao que parece, foi extremamente mal interpretado por muitos internautas.

Na última 5ª feira, deveríamos ter levado ao ar o programa AJ TV Debate aqui na nossa webtv...não o fizemos e o site ficou apenas atualizado com notícias e jogos, graças a Jhony Espíndola que como sempre, segura as pontas quando estou ausente por problemas de saúde, que já expus para vocês aqui. Algo muito particular mas que não faz mais sentido esconder. Muitas vezes só apareço no site para as transmissões porque vou me resguardando fisicamente para consguir faze-lo.

Então este comunicado e o programa não foram ao ar na 5ª feira, simplesmente porque não tinha condições de fazê-lo e não por ser negligente ou não estar nem aí.

Quero esclarecer que fiquei surpreso com relação às pessoas terem interpretado que o Ricardo Perrone teria sido o responsável por nós tirarmos a AJ TV do ar. Ele não foi, e eu não disse isso em momento nenhum. O que fiz foi contar desde a idéia de se criar o ST e dizer que dentre tantas opiniões contrárias à nossa iniciativa, a do Perrone, que eu repito como já disse à ele e a vocês aqui no ar, inúmeras vezes, é alguém a quem admiro pelo pioneirismo, foi a que me deixou mais chateado, mas só. Portanto, não poderia atribuir a ele a interrupção da AJ TV. Tiramos do ar por iniciativa própria, por estarmos cansados de tentar, sem conseguir, legalizar nossas atividades. Quantos e quantos e-mails e ligações para o setor de comunicação do São Paulo F. C. nós fizemos, quantas tentativas de nos reunir. Mostrando que o SPFC não teria nenhum custo de implementação, apenas de melhorias. Nem cogitamos fazer uma eventual TV oficial, mas mostrar que isso poderia ser rapidamente implementado para atender ao torcedor. Quantos contatos tentamos com o setor de imprensa, tentamos trazer atletas para participar de nossos programas. Não deitamos em cima do que fazíamos e ponto final. Tentamos oficializar tudo, sempre tentamos, desde julho do ano passado.

Sempre encontramos promessas que depois mostraram-se vazias. Essas tentativas e decepções foi o que fez com que decidíssemos parar de transmitir e não o Ricardo Perrone. Simplesmente externei, exercendo minha liberdade de expressão o meu abatimento com a discussão que tive com ele. Só. Repudio veementemente as acusações que outros fizeram contra ele, e-mails e ameaças que de forma alguma, partiram ou foram incitadas por nós aqui.

Espero que tudo esteja esclarecido e que aqueles que injustamente o ameaçaram, se retratem com ele.

Obs.: Obrigado ao Jhony por colocar no ar essa nota explicativa para mim.
AJ
asoliveiraj@gmail.com language=JavaScript type=text/javascript>

Esclarecimentos - AJ/Sempre Tricolor


Na noite de quarta-feira, antes de começar SPFC x Nacional pela Libertadores, me deparei com centenas de e-mails, scraps, ofensas e ameaças.  Invasão nas comunidades do Orkut que me citam e até invasão em meu Messenger pessoal.   Não entendi de onde vieram, mas ao juntar a maioria delas ficou muito fácil ver que partiu do site Sempre Tricolor, mais especificamente do “AJ”, responsável pelo site.

Para que os tricolores entendam a verdade, é necessário que voltemos no tempo e que algumas coisas sejam esclarecidas:

Função do Perrone – Não é por ter um site voltado para o SPFC que sou um torcedor do clube e ponto final. Sou jornalista, como todos os demais que vocês conhecem e vivem criticando quando usam de parcialidade ou falta de ética. Minha função é exatamente a mesma, por exemplo, do Juca Kfouri, do Mauro Naves, de qualquer um que você prefira. A única diferença é que UMA DAS minhas atividades é voltada para o clube que não escondo amar. Mas, nem lá, deixo de ser jornalista.  Portanto, antes de qualquer julgamento é necessário que se separe  a postura que teria um torcedor e a de quem tem responsabilidade de uma profissão no meio da situação.

AJ / Perrone – Eu nunca vi o AJ pessoalmente, mas há cerca de 2 anos mantenho algum contato com ele via MSN e telefone. Eramos, posso dizer, “colegas”.  Mantínhamos relação civilizada, mas desde que saiu da GDM Tricolor para criar um site onde se transmite imagens de forma ilegal, não pude mais manter parcerias com ele, apesar de ter mantido a amizade.

O contato – Há cerca de 2 meses o AJ me procurou para tentar unir forças, ou ser parte da Estação Tricolor.  Expliquei a ele que não poderia fazer isso pois o seu conteúdo era fora da lei, era crime, e que por freqüentar o SPFC, por ser jornalista e por respeitar meus colegas de outras emissoras, não poderia fazer algo junto com ele. Ele entendeu, inclusive oferecendo tirar seu conteúdo ilegal do ar para juntar forças com a ET. Não aceitei por motivos diversos, e mesmo não tendo sido a conversa mais amistosa do mundo, mantivemos relação normal desde então, cada um do seu lado. (Não vou expor o teor destas conversas pois isso também é algo contra a ética e, talvez, a lei. Não fui autorizado por ele a publicar conversas particulares, e ao contrário do que fez, manterei o respeito expondo apenas o que se faz necessário para me defender)

A teoria – De forma muito resumida: Eu jamais denunciei o que faz o AJ, jamais movi uma palha contra o seu site ou conteúdo.  Porém, em conversas informais entre nós, sempre fui honesto e deixei claro que EU não aprovava o que era feito, mas... que o risco era dele, ele sabia que a qualquer momento poderia ser severamente punido pelo que fazia, afinal, piratear sinal é crime,  não minha opinião.

O torcedor – Entendo, juro que entendo, o lado do cara que mora longe e precisa desta alternativa para acompanhar os jogos. Adoraria poder levar os jogos à vocês, mas faço o que posso dentro da Estação Tricolor. Não concordo em passar por cima da ética e da lei para fazer algo que EU considero bacana.  Cabe ao SPFC providenciar isso, não a nós. Seria como fazer justiça com as proprias mãos num caso igual ao da menina Isabella. Caso a justiça não prenda os pais, não será correto que alguém os agrida. A situação é a mesma. Não é porque entendo ser injusto que alguém de longe não tenha acesso aos jogos que vou passar por cima dos direitos das emissoras e do clube, que vende estas imagens para sobreviver, e repassa-las de forma ilegal.

O problema criado – Talvez chateado por termos recusado a parceria, AJ passou a questionar minha forma de pensar. Mas, isso feito em particular, via msn, como dois amigos, jamais em aberto.  Em momento algum qualquer opinião minha sobre o que ele fazia foi a publico ou deixou de ser algo entre eu e ele via MSN ou telefone. Ou seja, jamais usei minha mídia para prejudicá-lo, nem mesmo meus contatos no clube ou na mídia, já que nunca o denunciei.

Nesta quarta-feira, numa conversa boba sobre direitos de transmissão de rádio, AJ e eu nos desentendemos via MSN.  Nos ofendemos, discutimos e ponto final.  Em momento algum deixou de ser uma discussão entre dois colegas que discordam sobre ética, lei e amor pelo clube. Na minha modesta opinião, quem ama o clube não o lesa. E, segundo o SPFC, piratear imagens via web é prejudicá-lo. Para que isso fique claro, prometo buscar a palavra da diretoria sobre isso e publicar, para que todos vejam que esta é a postura do clube, não do Perrone.

Minutos depois da nossa discussão AJ parece ter justificado o fim do Sempre Tricolor pelo que eu disse a ele.  Ou seja, de uma pessoa de opinião equivocada passei a ser referencia suficiente para que ele tirasse seu site do ar.  Para vocês, leitores, alegou que ficou chateado comigo e que foi ameaçado, mas em momento algum assumiu estar tirando o seu conteúdo do ar para não ser processado, pois cometia um crime.

Repito: Piratear um sinal de Tv é um crime que eu não determinei. Foi a lei que fez isso, eu não estou OPINANDO ser crime ou não, estou RELATANDO isso. E, insisto, jamais movi uma palha contra isso, mesmo não concordando. Logo, não tenho participaçao alguma na decisão disso sair do ar.  Os tais 5 minutos jornalisticos ainda são um mistério na web,  mas a transmissão integral de um evento, com geracão de imagens de outro veículo, é incontestavelmente incorreta.

Eu  não denunciei a Sempre Tricolor e não tive uma virgula de participação na decisão dele em retirar o site do ar.  Em meio a uma conversa, repeti a ele que achava um erro da parte dele fazer isso, e ponto final.  

Não sou e não serei o responsável pelo fim da AJ TV.  Ao notar o que havia sido feito, telefonei para o AJ e lhe informei que não gostei do que houve. Que eu tomaria medidas, pois minha imagem perante o torcedor do SPFC estava sendo denegrida com uma mentira que se espalhou via Orkut.  Ele me atendeu, se desculpou, disse ter “se enganado”  sobre a ameaça de denunciá-lo  e que iria arrumar o que fez rapidamente.  Eu acreditei nele, porque parto do principio que as pessoas não agem de má fé.

Não fez. Telefonei novamente, (tudo isso ainda com o jogo em andamento) e dei a ele nova oportunidade. Fui claro: "AJ, arruma o que você fez. Eu não quero processá-lo. Tô te ligando por consideração a você e te dando a chance de corrigir você mesmo sem maiores problemas". Discutimos novamente, mas ele prometeu se redimir no site e esclarecer que eu não tive nada com isso. Não fez novamente, e em virtude disso, meu advogado tomará as medidas necessárias sobre o enorme dano causado pela mania de se dizer o que quer publicamente de forma irresponsável.

Para que se caracterize ainda mais a omissão, em sua comunidade no orkut dezenas de leitores linkaram meu profile, e-mail e iniciaram um "complô". O responsável pelo site e pela comunidade, AJ, estando lá e vendo tudo isso não vetou nenhuma destas ações. Apenas "pediu" que não fizessem, tendo em mãos a chance de esclarecer ou até de deletar os "posts" que linkavam meus contatos para o tal "complô".  Este que aqui escreve, por exemplo, já teve problemas como dezenas de internautas em nossa comunidade por não permitir que partisse de lá um complô contra outra comunidade, tendo expulsado quase todos os usuários envolvidos na ocasião.

Portanto, caros amigos, a verdade é essa.  E ainda, dada a chance de corrigir o erro, se omitiu por mais de 24 horas, prejudicando a imagem de uma pessoa séria, que jamais foi acusado de nada em 10 anos de carreira.

Não culpo os torcedores usuários deste conteúdo pela ira. É natural que se revoltem de acordo com o que ouviram, assim como é natural que recusem a aceitar que o serviço prestado era ilegal e criminoso, como diz a lei, não o Perrone.

Não é natural, no entanto, as ameaças de agressão e morte que recebi de alguns deles, mais exaltados. Estes serão igualmente cobrados perante a lei, porque ameaças não são direito de ninguém.

Além de tudo isso, ainda incluo o fato de que AJ usou de conversas particulares para expor a publico e jogar pessoas contra alguém que, publicamente, jamais expressou sua opinião contraria ao site e ao conteúdo.

Me calei por 24 horas, dando a chance do AJ corrigir o que fez, conforme ele havia me prometido que faria.  Hoje, sexta-feira, uma notificação judicial será entregue ao site sempre tricolor e ao seu responsável. Em seguida, caso os danos não sejam devidamente corrigidos,  as medidas legais serão tomadas.

Deixo esta nota na expectativa de que os torcedores leiam, se dêem o direito de não gostar do jornalista pelo que ele diz ou pensa sobre futebol, mas jamais extrapolar isso através de ofensas, ameaças e acusações infundadas.  Aceito e sempre aceitarei que não gostem do meu trabalho, é natural da profissão. Mas, em relação ao meu caráter não aceitarei qualquer tipo de acusação por saber exatamente o que sou, o que faço e o  quanto procuro levar a ética nas costas no meu dia-a-dia. 

Não sou uma vítima indefesa de alguém cruel. Pelo contrário, acredito na ótima intenção do AJ em relação ao seu site e a transmissão dos jogos. Mas, para minha surpresa, este mesmo "amigo" que causou todo este problema para mim, repetiu diversas vezes ao telefone que "admirava muito meu trabalho".  Não consigo entender que admiração e respeito é esse que extrapola o aceitável e que expoe pessoas a furia de outros por algo que não cometeu. 

Qualquer ação judicial, caso se faça realmente necessária, colocará um ponto final na história até que haja um resultado final por parte da justiça. Ou seja, caso haja o processo, me calarei novamente e deixarei que a lei decida. Por hora, mesmo não querendo fazer isso, me sinto forçado a me defender publicamente em virtude do enorme número de ameaças e ofensas que tenho recebido sendo acusado de ter "acabado com a AJ TV".

Tenho todas as ameaças, e-mails e scraps guardados e devidamente impressos. Não quero prejudicar o AJ, pois como disse, ainda assim acredito na boa intenção dele. Mas, diante da omissão nas últimas 24h em corrigir um erro, não me resta alternativa a não ser me defender e tentar esclarecer um, na versão do AJ, "mal entendido", onde ele alega ter interpretado a frase "me aguarde" como uma ameaça de denúncia sobre seu site e conteúdo, quando na realidade a frase apenas encerrava uma discussão cheia de ofensas dos dois lados.  Versão esta que, mesmo assim, vou acreditar até que não seja mais possível.  

Atenciosamente,

RicaPerrone

Qualquer esclarecimento, meu e-mail é ricaperrone@terra.com.br

 

Todo o resto


Não vi os jogos das 21h50, por isso, vou me limitar a comentar resultados, gols e alguma coisa de melhores momentos que eu tenha acompanhado.

- O que fez a torcida do Corinthians ontem é digno de aplausos. Venceu o Goiás. Sim, ela! Com 10 mil o time não reverteria nunca o placar. 50 mil pessoas, 22h, Copa do Brasil, time rebaixado... não tem o que dizer que não seja parabens! E mais uma vez a história registra que torcida ganha jogo também.

- E o Palmeiras? Não vi, não imagino como foi. Mas, assim como o Botafogo, é um time que precisa ganhar um  título desesperadamente, e por isso até imaginei que a  Copa do Brasil pudesse ser meio deixada de lado. Não por abrir mão dela, mas por ter focado tudo no estadual.  Mas que é uma baita zebra, isso é.

- O SPFC fez um puta resultado. Vi o time perdendo alguns gols, mas não acho que seja problema. A vaga virá, ficou bem mais fácil agora.

- O Fluzão já pode preparar o time pra encarar o SPFC. A vaga é iminente. Belíssimo resultado.

-E o Galo salvou o semestre, pelo menos por enquanto. E o Pet hein? Quem diria...

abs,
RicaPerrone




[ ver mensagens anteriores ]